Portal do Espirito

A sua referencia em Doutrina Espirita na Internet
Bem-vindo: Seg, 18/Mar/2019 18:57
Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos


Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 303 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 21  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: Qui, 10/Dez/2009 21:15 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande e fraternal abraço.
O nosso irmão Iron Law abriu no Fórum, que substituiu o tópico anterior do Portal do Espírito, um tópico com esse nome: "Doutrina rosareana". Foi pena que eu só estava arquivando os endereços do tópico, como esse a seguir:
http://www.espirito.webzuca.com....
E também comentei sobre o assunto nesse endereço do Portal:
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=115463#p115463
Mas depois tudo foi para o espaço.
E em função disso resolvi reabrir o tópico aqui.
De início digo que tudo o que sei hoje é um somatório do que me foi sendo ensinado por todos durante estes meus 64 anos de vida.
Digo ainda que só tive liberdade para raciocinar em função das Religiões e da Teologia quando tive o meu afloramento público da minha mediunidade a partir do dia 10/01/1980 e depois de ter conhecido a Doutrina Espírita na prática e logo em seguida na teoria.
Eu aprendi que nossas vidas eram únicas, mas no dia 05/01/1980 eu aceitei a reencarnação como verdade, então passei a defender as vidas sucessivas dos espíritos criados, que estão sempre em busca da felicidade e da perfeição.
Eu aprendi que Deus era Uno e Trino, um Espírito Bom, Sábio e Perfeito, mas que condenava os pecadores ao Inferno Eterno e dava o Céu para aqueles, que obedeciam aos seus mandamentos. Tudo resumido no Mistério da Santíssima Trinadade, que nada conseguia explicar. Mas logo que comecei a viver a mediunidade e a estudar a Doutrina Espírita, passe a entender que os teólogos cristãos confundiram a Deus com a Espiritualidade ou com o conjunto de todos os espíritos, incluindo os encarnados na terra em todos os níveis evolutivos.
Eu aprendi que a Bíblia era a palavra de Deus e passei a entender que a Bíblia não é a palavra de Deus, mas um conjuntos de livros cheios de bons ensinamentos, mas também com acontecimentos, que nos apresentavam um Deus tirânico, ciumento, vingador e destruidos dos inimigos de quem o adoravam.
Eu aprendi que Deus tinha expulsado Adão e Eva do Paraíso para sofrerem como errantes na terra só porque eles não obedeceram a primeira ordem de Deus: "Não coma da árvore do Bem e do Mal" e eles comeram do fruto da tal árvore. E como aceitei que a Bíblia
não era a palavra de Deus, então entendi que não foi Deus que expulsou Adão e Eva do Paraíso, mas um outro ser e queira se passar por Deus.
Em função destas primeiras mudanças no meu modo de pensar e como fiquei livre dos princípios dogmáticos, então me transformei num perscrutador da Verdade, que liberta (João 8,32).
E assim fui criando, até sem querer a "Doutrina Rosareana", pois queria falar para os outros das minhas descobertas e naqueles primeiros anos não encontrei ninguém que se dispôs a dialogar comigo para me orientar sobre as novas experiências de vidas, que estava tendo.
Passei sempre a usar da MATEMÁTICA para falar e até demonstrar o que eu estava descobrindo diretametne e por meio de revelações, pois a primeiras revelações foram escritas nos dias 7 a 10 de Janeiro de 1980.
O primeiro psiquiatra que procurei em Fevereiro de 1980 tentou me convencer de que eu estava doente e precisava tomar remédios e fazer análise. E aceite ter com ele três consultas e no final ele me disse: "O meu diagnóstico continua o mesmo, mas como você não o aceita, então preciso de contar tudo isso para um parente seu, pois sou um profissional da área".

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Compartilhar no Facebook
Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 11/Dez/2009 07:05 
Offline
S.O.M.

Registrado em: Ter, 21/Dez/2004 16:01
Mensagens: 421
Localização: Não faço idéia
Rosário gostaria de lhe fazer uma pergunta.

Porque você repete,repete e repete sempre os mesmos relatos?
Na maior parte dos seus posts vc relata sempre o mesmo. Não há necessidade disso a meu ver. Não acha?

Já é tempo de virar o disco :P


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 11/Dez/2009 09:08 
Offline

Registrado em: Sáb, 22/Nov/2008 15:53
Mensagens: 1824
Concordo.

Rosario traga-nos coisas novas, e nao essas que voce vive repetindo aqui no forum.Eu praticamente ja decorei, sem querer, as datas, o episodio do coraçao parado, o ataque na igreja durante a missa, que ha espiritos criadores de espiritos (senhora heresia essa).
Cuidado com esse negocio de chamar suas narrativas de doutrina, o ultimo que fez isso, nao mais esta aqui.

No forum so é permitida a DE e sinceramente nao me pergunte porque criaram outros, contras, e outros topicos menos votados, porque nao sei te dizer. E coisa antiga.

_________________
A questao nao é ver para Crer, a questao é Crer para entao ver!!!


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 11/Dez/2009 21:20 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Chariots_of_Fire, um grande abraço.
Citação:
Rosário gostaria de lhe fazer uma pergunta.
Porque você repete,repete e repete sempre os mesmos relatos?
É porque eu falo do que sei e não do que outros dizem que sabe.
Por que então você me convidou para divulgar os meus conhecimentos no Fórum Português se não gosta do que eu divulgo?
Citação:
Na maior parte dos seus posts vc relata sempre o mesmo. Não há necessidade disso a meu ver. Não acha?
Respeito a sua posição e o seu direito de achar, mas eu não acho como você acha.
Citação:
Já é tempo de virar o disco :P
Eu descobri uma forma de dizer a VERDADE, fazendo uma síntese da Teologia, Filosofia e Bíblia com a MATEMÁTICA, mas pelo jeito, parece que esses trabalhos meus você nem os leu.
Mas respeito sempre o local onde estou e se os responsáveis pelo Portal julgarem que eu devo me omitir, então me omitirei e irei para outros ambientes, pois sei que é difícil falar da VERDADE principalmente para os líderes religiosos.
Antigamente quem fazia isso tinha o final na cruz ou nas fogueiras da inquisição.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 11/Dez/2009 21:48 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Virgilio, um grande e fraternal abraço.
Citação:
Concordo.
Rosario traga-nos coisas novas, e nao essas que voce vive repetindo aqui no forum.
Você já leu essas minhas cartas:
Luis Carlos (3ª) – Inconsciente Humano (22/04/1998) –
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=96018#p96018

O inconsciente religioso (10ª carta Basílio)
http://www.fardesign.com.br/pazplena/cartas7.html

Basílio (15ª) O Eterno Presente - 12ª ST
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=92374#p92374
Citação:
Eu praticamente ja decorei, sem querer, as datas, o episodio do coraçao parado, o ataque na igreja durante a missa,
Na igreja não foi ataque, mas um belo fenômeno mediúnico, veja que você está misturando as coisas. Releia bem e veja que nunca disse que o acontecemento na igreja foi um ataque.
Citação:
que ha espiritos criadores de espiritos (senhora heresia essa).
Por que você defende que isso é heresia?
Citação:
Cuidado com esse negocio de chamar suas narrativas de doutrina, o ultimo que fez isso, nao mais esta aqui.
Bom, cada um diz o que sabe e se alguém não me quiser aqui não tem nenhum problema, pois isso aqui nunca será eterno. Agora eu fiz isso, porque queria reviver o que fez o nosso irmãos Iron Law em no 2º Fórum e tudo foi para o espaço. Agora se alguém julgar ou pensar que o meu afastamento seja necessário, saberei entender a situação e continuarei o meu caminho tranquilmente. Tenho que ter a minha mente tranquila que eu tentei divulgar a PAZ PLENA e a VERDADE, mesmo que poucas pessoas entendam o que tento explicar e comprovar pela MATEMÁTICA.
Citação:
No forum so é permitida a DE e sinceramente nao me pergunte porque criaram outros, contras, e outros topicos menos votados, porque nao sei te dizer. E coisa antiga.
Eu sempre procuro relatar fielmente os fatos, sempre disse o que aprendi e até não gosto de comentar alguns fatos, pois existem coisas que só podemos falar por MP e você sabe disso.
Eu afastei do Centro Espírita Irmão Mateus por 3 vezes (1ª - de 1984 a 1988; 2ª - de Janeiro de 1994 a Maio de 1994 e 3ª - de 12/01/2000 a 1º quadrimestre de 2003). A última foi no início de 2003, pois me falaram que eu era muito útil à reunião desde que eu ficasse calado lá (não podia falar nada). Então decidi a sair.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Editado pela última vez por Rosário em Sáb, 19/Ago/2017 22:24, em um total de 4 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 11/Dez/2009 22:25 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande e fraternal abraço.
Estou acabando de ler o livro: "A Escada de Jacó", do Carlos A. Baccelli, Espírito Inácio Ferreira.
Existem alguns relatos no livro, que encaixam muito bem com o que vivi mediúnicamente em 1983, com relação a continuação dos governos da terra no plano espiritual e também dos grupos religiosos, o que vivi durante a Guerra do Golfo.
Agora quando decidi a abrir esse tópico aqui foi para comentar alguns aspectos, que ficam difíceis para provar para quem defende que Deus não é BOM e nem PERFEITO. Como já aconteceu no Fórum anterior no tópico aberto pelo Iron com relação ao início da Criação.
Eu parto da necessidade de entender bem o PASSADO no PRESENETE, para sabermos como iremos agir no PRESENTE e assim estaremos construindo um FUTURO melhor e isso é EVOLUÇÃO.
Existem espíritas que querem separar a Doutrina Espíritoa do Evangelho e de Jesus, eu respeito a quem assim pensa, mas eu já digo que temos de fazer uma perfeita correlação entre a Bíblia e a Codificação de Kardec. Se algum espírita me exigir que tenho que ficar só com o Kardec e esquecer o Evangelho ou a Bíblia, então não iremos nos combinar e será melhor a separação; como também se alguém me exigir que terei de ficar só com a Bíblia, não irei aceitar.
Digo só com relação a Bíblia porque não vou perder muito tempo em ficar estudando outros livros, considerados como Sagrados, mesmo sabendo que tudo seja necessário e bom para a EVOLUÇÃO do todo.
Hoje defendo que DEUS é um ESPÍRITO BOM, PERFEITO, SÁBIO, DIRIGE tudo, mas sempre RESPEITA plenamente a LIBERDADE (ou o livre arbítiro) de todos. DEUS não julga e nem condena a ninguém, quem faz isso são os espíritos criados, que criaram leis e vão lentamente modificando as leis criadas, eliminando muitas e criando novas.
DEUS não é onipresente, mas pode ir onde bem entender e for necessária e útil a presença dEle. Veja que em nenhum momento da Codificação está escrito que DEUS é onipresente, isso é fruto da Doutrina Cristã em seus diversos seguimentos, como a defesa do Deus Uno e Trino.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Editado pela última vez por Rosário em Sáb, 10/Dez/2011 21:49, em um total de 1 vez.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb, 12/Dez/2009 08:00 
Offline

Registrado em: Sáb, 22/Nov/2008 15:53
Mensagens: 1824
Voce sabe que com essa repetiçao toda o que vai acontecer e que voce nao mais sera lido, pois todo mundo ja sabe do que voce vai falar.

_________________
A questao nao é ver para Crer, a questao é Crer para entao ver!!!


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb, 12/Dez/2009 19:30 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Virgílio, um grande e fraternal abraço.
Bom, eu indiquei três das minhas cartas já escritas e você já as leu tudo bem, senão, então você não pode falar que simplesmente estou repetindo.
Veja algumas frases citadas nas três cartas:
Citação:
Belo Horizonte, 22 de Abril de 1998.
Luís, amigo e companheiro, um grande abraço e muita paz para você e para todos os seus familiares.
Realmente estou gostando desse nosso diálogo. Não sei até onde iremos chegar. Também não temo o desconhecido, o futuro, o infinito, a morte e o “nada absoluto”. Para mim é gostoso viver bem o presente e estar bem em qualquer lugar em que estivermos.
Um diálogo aberto, claro, pesquisador, inquisidor e profundo sempre me atrai. Melhor ainda quando o “debatedor” possui profundas e seguras posições, como também conceitos bem diferentes das minhas convicções. Isto me obriga e até a força a expor tudo o mais claro possível, principalmente para mim mesmo. Veja as nossas divergências sobre o "sublime sentimento do amor". Realmente a minha posição é o inverso da sua, pois não tenho nenhuma dúvida que, num tempo não muito distante, o sentimento do amor será a regra maior no direcionamento das sociedades humanas. Os humanos serão realmente humanos.
Na carta anterior deixei expresso o que iria comentar nesta: “A minha compreensão e explicação do inconsciente” e você pediu-me para falar mais sobre “tempo e espaço”. Vejo uma inter-relação (ou mesmo uma correlação ou relatividade) muito grande entre: “tempo, espaço, dimensão e inconsciente”.
Cada ser humano tem o seu inconsciente e desde 1980 dediquei muito esforço para entender o que realmente é o “inconsciente” e a mim mesmo. O inconsciente se subdivide em individual e coletivo, como também em passado, presente e futuro. O homem é aquilo que ele pensa.
Cada ser humano tem a sua mente, que é o somatório do consciente com o seu inconsciente individual. Também o consciente pode ser dividido em individual e coletivo.
O consciente individual é aquilo, que temos em nossa mente e que monitora ou dirige o nosso comportamento ou nossos atos, sem captar influências do meio ou do ambiente em que vivemos ou estamos. Podemos estar no meio de uma multidão e sentirmos isolados de todos e de tudo, vivendo tranqüilamente a nossa vida no nosso tempo e espaço bem delimitados.
Citação:
Quando ocorre um “estado alterado de consciência ou uma expansão de uma mente” ela sai do conceito padrão de tempo, espaço e dimensão, que comumente entendemos. Nestas ocasiões pode-se falar que a mente atingiu o hiperespaço, o hipertempo e a hiperdimensão.
Diz-se hipertempo porque a mente vive concomitantemente o passado, presente e futuro. Quem atinge esta situação e não a guarda muito bem só para si mesmo, não é compreendido pelos outros e é taxado de “desequilibrado, de doente mental ou mesmo de ruim da cabeça”. Neste caso passa a existir uma alteração tão grande de consciência, que tal mente vive como se estivesse alheia ao presente e com pontos de referência no passado ou mesmo no futuro.
Com relação ao espaço tudo se modifica também e a gente passa a “ver coisas”, que os outros não vêem. É como se fossem derrubadas todas as barreiras e passa a ver um hiperespaço, que só a mente envolvida entende e conhece.

Citação:
Belo Horizonte, 21 de Julho de 1998.
Frei Basílio, muita a paz e amor para o seu coração, muita luz e liberdade para o seu espírito.
Nossa meta primeira é a de “sermos perfeitos, como o nosso Pai celeste é perfeito”. Só atingiremos este objetivo com o nosso próprio esforço, muita força de vontade e ajuda gratuita de Deus.
Tenho também como missão divulgar tudo aquilo que julgo ser útil à compreensão da “VERDADE MAIOR” e possa colaborar para a “PAZ PLENA” no Planeta Terra. Quanto mais pudermos agir e pensar livremente, mais fácil ficará o nosso encontro conosco e com Deus, pois Deus que é supremo em tudo, respeita plenamente a nossa liberdade e, só quando estamos com “as portas do nosso ser ou do nosso coração abertas” é que Ele aproxima, entra e nos transforma em instrumentos dEle para o aperfeiçoamento nosso e de toda a humanidade. Deus necessita do nosso “sim” para que possa concretizar a realização da plenitude da criação, que é a vivência do “AMOR PLENO” por todas as criaturas.
Após o início de 1980 interessei muito mesmo pelo estudo do “inconsciente”. Passei a ler e estudar tudo sobre a mente humana, que é ainda um complexo labirinto para a ciência materialista e por isso muitos estudiosos estão ainda engatinhando no conhecimento real e verdadeiro daquilo que é uma mente humana ou o ser humano: uma unidade perfeita entre corpo e espírito. Isto é o unitarismo defendido pela Teologia da Libertação.
Cada ser humano possui uma mente, que é a soma do consciente com o inconsciente individual. O que complica a muitos estudiosos da mente humana é o “inconsciente coletivo”, que é facilmente confundido com o “inconsciente individual”, por isso a grande dificuldade para entender àqueles, que tiveram suas mentes expandidas.
Quando me refiro ao inconsciente coletivo dou também sobrenomes para ele, como o “inconsciente familiar, religioso, pátrio, racial, grupal, continental, sexual, terráqueo, do sistema solar, galáctico e até mesmo cósmico”. Então fica apenas a interrogação final: “Com qual inconsciente coletivo estamos em sintonia ou qual o nível do nosso inconsciente coletivo?”. Dependendo da sintonia do inconsciente podemos tirar nossas conclusões, já que “falamos daquilo que está cheio o nosso coração” e os semelhantes se aproximam.
(Continua)

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Editado pela última vez por Rosário em Sáb, 10/Dez/2011 21:51, em um total de 1 vez.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb, 12/Dez/2009 19:37 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Virgílio, um grande e fraternal abraço.
(Continuação)
Citação:
Após o almoço jogamos 4 partidas de xadrez e depois iniciamos um diálogo, que muito me ajudou a compreender mais ainda os fenômenos misteriosos e belos do “inconsciente individual e coletivo”. Nesse nosso diálogo, após contar alguns fatos recentes ocorridos nos meus relacionamentos no trabalho e em outros lugares, falamos dos acontecimentos ocorridos comigo em 1980 e referimos também ao nosso encontro na CCPR, por volta de 1977, quando conversamos sobre meus problemas familiares; isto é: sobre o relacionamento da Sílvia com a Conceição. Você considerou-me o culpado por tudo, já que não tinha agido com rigor e como o dono do dinheiro, tinha que ter sido durão. Discordei de você, pois Deus é AMOR e quer que também nos amamos mutuamente.
Para mim foi uma agradável surpresa quando você referiu-se às frases latinas, ditas por mim. Você considerou que elas foram ditas porque nunca tinha aceitado a minha saída do convento. Não concordei e nem concordo com a sua consideração, pois sinto-me plenamente feliz com minha vida e sei que nunca chegaria, espiritualmente falando, onde cheguei se tivesse continuado no convento, mas fiquei calado já que queria ouvi-lo mais ainda e foi muito bom ter ouvido o que ouvi. Fiquei sabendo de algo muito importante para mim.

Citação:
Belo Horizonte, 15 de Novembro de 2004.
Meu querido e amado irmão, frei Basílio, que a paz esteja com você e que a luz do Espírito Santo nos ajude a ajudar.
Sei do seu silêncio, mas eu não posso cruzar os braços e também silenciar-me, pois isso seria infidelidade para com a verdade e para com Deus. Eu tenho como principal responsabilidade o cumprimento e a execução daquilo que foi planejado antes da existência do meu ser. Realmente, sei que era difícil e até quase impossível receber a compreensão e o auxílio daqueles que conviveram comigo, desde a minha vinda para esta vida em 1945. Agora já estamos vivendo no 3º milênio da Era Cristã, e o momento é outro. Fui sendo educado e aprendendo a viver a vida no caminho do bem, e sempre buscando o BEM MAIOR, que é DEUS.
Aprendi que não poderia trair nem pelo pensamento, então pensava, que se eu pensasse algo que não fosse conforme o meu aprendizado, já estava pecando. Se alguém comentasse comigo isso ou aquilo, que agrediam aos princípios e normas que ia aprendendo como verdades absolutas, eu julgava que estava pecando ou cometendo heresias.
Essa foi a minha escolha, escola e o meu caminho. Sempre fazia perguntas de uma forma pública ou secreta, e, para muitas recebia respostas amarelas, quadradas ou até mesmo assim: “Isso é mistério de Deus e não é possível ao homem entender os desígnios de Deus ou que Deus terá solução para tudo”.
Citação:
Muitos destes profissionais são ateus e falar de Deus no consultório deles já é uma pista de desequilíbrio, ou até ignorância sobre o sentido e a razão da vida. Procure lembrar bem sobre aquela nossa conversa com o Dr. Roberto Ferreira do Amaral no consultório dele em março de 1980. Só quando fiz uma prece mental pedindo auxílio espiritual e depois de falar que só aceitaria que estava doente se tudo o que tinha aprendido sobre Deus e sobre religião fosse mentira. Se isso fosse verdade, então eu estava doente e tinha sido enganado a minha vida toda. Após aquela minha fala, você parou de dar apoio ao psiquiatra e passou para o meu lado, ele foi vencido e saímos do consultório dele.
O que me assustou ou decepcionou muito foi que fui abandonado pelos meus professores do seminário. Eles consideraram-me como se eu realmente fosse um doente mental e lavaram as mãos. No fundo, foram todos omissos e não podemos pecar por omissão, isso também aprendi. Eles me conheciam muito bem desde a minha juventude, já que convivi com eles por 9 anos, quando sempre procurei seguir o caminho do bem ou, se quiser, as leis de Deus, da Igreja e do seminário. Os meus queridos e amados professores me entregaram de bandeja para os profissionais da mente e entre os quais dificilmente se encontra um que conheça bem e respeita a Deus, como também as coisas do Reino dos Céus.
Citação:
Basílio, quero expor uma nova idéia para apresentar e até explicar um novo método para a compreensão sobre o infinito, que pode ser longe e perto ao mesmo tempo. Quando alguém consegue entender isso, então desvendam-se todos os mistérios, retiram-se todos os selos, abrem-se todas as portas internas e externas. Este novo método expõe uma nova visão ou um novo paradigma onde consegue-se entender a necessidade da união dos conhecimentos religiosos com os científicos, pois a religião sem a ciência é cega e a ciência sem a religião é perneta e caolha. Quando conseguimos unir religião e ciência, eliminamos o “mal da ignorância científica e do fanatismo religioso”, explicamos a sabedoria do BEM, que só quer a defesa e a busca da felicidade para todos.
Se você leu estas cartas e não aceitou nada do que expus, então tudo bem. Aceito a sua forma de comentar, que estou apenas repetindo.
Se não leu, então não pode falar que estou apenas fazendo repetição, pois não é fácil fazer mudanças de formas de pensar ou de aceitar aquilo que ainda não pôde ser explicado ou compreendido antes.
Antigamente todo aquele que fazia isso era sumariamente eliminado do meio dos vivos pelos líderes religiosos. Mas o TEMPO hoje é outro e no meio em que vivemos não se mata mais simplesmente por divergências da forma de crer ou de saber: uns sabem e outros crêem.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 15/Dez/2009 20:45 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Na minha atual forma de pensar digo que não existe as penas eternas (Inferno Eterno) e nem pode existir o perdão, pois toda dívida tem que ser paga.
O perdão só beneficia a quem perdoa, pois ele fica livre do problema e deixa tudo sob a responsabilidade daqueles que têm a obrigação de exigir o cumprimento das leis em vigor.
Vide o e.mail que enviei no dia 08/12/2009 para 240 membros da ICAR. Não sei se eles estão lendo, mas estou fazendo a miha parte.
Citação:
Paz plena... Irmãos em Cristo, um grande e fraternal abraço.
Estou anexando aqui quatro itens do meu trabalho relacionado com o DIÁRIO da Santa Maria Faustina Kowalska, que considero como um auxílio divino ao meu trabalho em torno da Teologia da Libertação, da busca e compreensão da VERDADE, que liberta (João 8,32).
Dois itens são referentes ao Inferno Eterno e dois são com relação ao Perdão.
Se existisse o Inferno Eterno e o Perdão como aprendi no Catecismo da Igreja e nos meus anos de seminarista, então Deus não seria perfeito, bom, bondoso e sábio.
Por maior que seja um crime, as "Penas Eternas" seriam uma forma de castigo e condenação superior, pois a condenação seria para a eternidade. Isso não seria justo e nem perfeito.
Já por outro lado digo que o Perdão de todos os pecados, como aprendi, também seria uma forma bem injusta, imperfeita e inadequada para com a PERFEIÇÃO, BONDADE e SABEDORIA DIVINAS.
Quando era menino ouvi o meu pai falar por algumas vezes que o processo do perdão pela confissão não era algo bem perfeito, pois, ele ainda citava, um caso semelhante a Parábola do Filho Pródigo, mas com algumas diferenças. Ele falava assim: "Se dois seres humanos nascem na mesma e são tratados igualmente pelos pais, mas um deles escolheu o caminho do BEM e o outro não.
O que escolheu o caminho agiu sempre conforme os princípios da Lei de Deus e da Lei da Igreja, ele sempre respeitou o direito alheio e procurou ajudar a todos aqueles que tivessem necessidade, que eram encontrados pela frente. É justo e aceitável, que ao morrer, vá para o Céu.
Já o outro, desde que começou a agir por conta própria, esqueceu da Lei de Deus e da Lei da Igreja. Fez tudo para prejudicar aos outros: matou, estuprou, roubou, caluniou como pode para o próprio benefício, enfim fez tudo como um agente do mal. E assim foi até aos 70 anos de sua vida. Quando chegou aos 70 anos, ele começou a sentir a aproximação da morte e arrependeu-se de tudo o que tinha feito e decidiu fazer uma ótimo confissão para receber o perdão de tudo. E após ter confessado e feito a penitência indicado para padre, ele ficou em paz de consciência, pois estava perdoado e, após uns 3 anos morreu.
Se os dois forem para o mesmo lugar, então para que agir como agiu o que trabalhou em torno do BEM sempre, pois no final, após uma ótima confissão, ambos foram para o CÉU. Isso não é justo, então não pode ser como ensinam, os padres".
Hoje dou toda razão ao que dizia o meu pai.
DEUS não acepção de pessoas, então todos irão sim alcançar a perfeição e todos irão ser salvos um dia no futuro, mas não podemos esquecer que, primeiro, todas as dívidas terão que serem pagas (Mateus 5,26 e 18,34).
Paz plena... O amigo, companheiro e irmão em Cristo, Rosário.
P. S.: Eis os quatro itens:
(anexei ao e.mail os itens: 23; 25; 59/176 e 59/178).
Os itens 23 e 25 estão nestes endereços:
Faustina – (23º comentário sobre o D. da S MFK) – Confessores e Inferno Temperal.
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=128480#p128480
Faustina – (25º comentário) - Inferno
viewtopic.php?f=12&t=4946&p=126575#p126575
Faustina – (59/176º comentário sobre o D. da SMFK) – Perdão para o pecador (não).
viewtopic.php?f=12&t=5628&p=129079#p129079
Faustina – (59/178º comentário sobre o D. da SMFK) – Fenômeno mediúnico.
viewtopic.php?f=12&t=5628&p=129079#p129079

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Editado pela última vez por Rosário em Ter, 09/Fev/2010 21:55, em um total de 2 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 15/Dez/2009 20:55 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmaõs foristas, um grande abraço.
Eis os itens 59/176 e 59/178 relacionados ao DIÁRIO da S. M. Fausttina:
Citação:
59/176 - Pág. 430 e 431. Perdão para o pecador: “Caso o perdão fosse como ensina a ICAR, então Deus não seria perfeito como dizem. Deus é bom para todos e todos irão se salvar pela conquista da perfeição. O perdão propriamente dito não existe para a justiça espiritual, pois todas as dívidas têm que ser pagas até ao último ceitil (Mt 5,26). O perdão só beneficia a quem perdoa, pois ele fica livre de todo o problema surgido e deixa tudo entregue aos responsáveis pela justiça (07/10/09). (D.1698 – “A alma, iluminada pelo raio da forte graça de Deus extrema, dirige-se a Deus no último instante com tanta força de amor que imediatamente recebe de Deus o perdão das culpas e dos castigos, e exteriormente não nos dá nenhum sinal nem de arrependimento nem de contrição, visto que já não reage a coisas exteriores”). Preparação para a desencarnação (08/10/09). (D. 1700).
Essa orientação é típica de membros fundamentalistas da hierarquia da ICAR. As almas eleitas não estão somente nos conventos. Não foi Jesus (08/10/09). (D. 1702 – Falando sobre os conventos). Esse comportamento não é próprio de Jesus (08/10/09). (D. 1703).
Citação:
59/178 - Pág. 436 a 438. Fenômeno mediúnico! Por que a maioria dos padres e da hierarquia da ICAR só aceita isso depois que o santo (ou o médium) morre? (08/10/09). (D. 1723 – “Quando veio me visitar a noite, a lama de uma mocinha me fez sentir sua presença dando-me a conhecer que necessitava da minha oração. Rezei por um momento, mas o seu espírito não se afastava de mim. Então, eu disse no meu pensamento: “Se és bom espírito, deixa-me em paz e as indulgências de amanhã serão por ti”. No mesmo instante, esse espírito saiu do meu quarto; reconheci que estava no Purgatório”).
Elogios ao sacerdote ou confessor, isso é próprio da hierarquia da ICAR (08/10/09). (D. 1725).
Isso é próprio de um espírito que foi membro da ICAR (08/10/09). (D. 1728).
A missão do espírito na terra inicia-se no nascimento e termina na morte. Deus respeita plenamente a nossa liberdade e então tudo pode ser feito (08/10/09). (D. 1729).
Miséria. O perdão não é justo. (08/10/09). (D. 1730).
Isso é incrível. Quem é que causa a tempestade? (D. 1731 – O Espírito fez parar uma tempestade).
Isso é incrível. Hoje já sabemos do que fez o papa João Paulo II (08/10/09). (D. 1732 – “Quando estava rezando pela Polônia, ouvi estas palavras: - Amo a Polônia de maneira especial e, se ela for obediente à Minha Vontade, Eu a elevarei em poder e santidade. Dela sairá a centelha que preparará o mundo para a Minha Vinda derradeira”).
Toda virgem por princípio age contra o que foi pedido no início do Gênesis, pois uma virgem renuncia a missão de ser mãe (08/10/09). ( D. 1735 – “Ó virgem, linda flor”).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 15/Dez/2009 21:10 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Eis o e.mail, que enviei para 37 arcebispos da CNBB, pois é assim que vou divulgando como entendo hoje a Verdade, que liberta, juntamente com o meu artigo de núemro 233, que foi publicado no jornal O TEMPO:
Citação:
Paz plena... (Belo Horizonte, 15/12/2009). Irmãos e companheiros de caminhada evangélica, um grande abraço.
Que a LUZ possa iluminar e libertar a mente de todos e que a PAZ possa habitar o coração de cada um.
Estou divulgando o meu artigo, que foi publicado hoje (15/12/2009) no jornal O TEMPO.
Escrevi esse artigo no dia 13/11/2009 e foi em função do artigo publicado no mesmo dia do teólogo Leonardo Boff, mas não fiz referência ao artigo do Boff, pois muitos dos artigos, que já escrevi fazendo indicação do artigo do Boff não foram publicados.
Enquanto lia o artigo do Boff fiz várias observações, que irei divulgar aqui e entre parênteses vou citar o texto do artigo do Boff:
1ª) Visão inadequada de Deus. (“A imago Deu ou arquétipo Deus ocupam o centro do Self - aquela energia poderosa que atrai todos os arquétipos e os ordena ao seu redor”).
2ª) Os dramas foram porque os ensinamentos religiosos são infantis, irracionais e até inadequados para os adultos: dogmas. (“Todos estavam doentes por terem perdido aquilo que uma religião viva sempre deu a seus seguidores”).
3ª) A conquista da Verdade: Teologia da Libertação. (“Não depende absolutamente de uma adesão a um credo particular, nem de torna-se membro de uma igreja, mas da necessidade integrar a dimensão espiritual”).
4ª) Idem 1ª. (“A função da religião, melhor, da espiritualidade, é nos religar a todas as coisas e à fonte donde promana todo o ser – Deus”).
5ª) Quando tudo era um (1º dia da criação), então só existia Deus e ninguém mais. ((“Nele se trata de realizar a conjunção do ser humano integral com o mundo unificado - o mundo do primeiro dia da criação, quando tudo era um e não havia ainda divisão e diferenciação”).
6ª) Os seres criados ainda não existiam. (“Era a situação plenamente urobórica do ser. Esclarecendo: uroboros era a serpente primigênia, enrolada sobre si mesma e engolindo a própria extremidade, arquétipo que representa a unidade originária antes das diferenciações”).
7ª) Que burrice: nunca se perde aquilo que ainda não tem. (“O drama do ser humano é ter perdido a espiritualidade”).
8ª) O espírito não tem sexo. A sexualidade então é física e existe para a reprodução ou perpetuação da espécie. (“das diferenciações entre masculino e feminino, corpo e espírito” - continuação do 6ª).
9ª) Busque a Teologia da Libertação e se liberte. (“Essa fusão é o anseio mais secreto e radical do ser humano e o permanente chamado do Self”).
10ª) Enquanto existir a busca é porque ainda não encontrou o que busca: o autoconhecimento. (“Espiritualidade significa vivenciar essa situação na medida em que é permanentemente buscada, mesmo que não se deixe apreender e se desloque sempre um passo à frente”).
11ª) Ainda não ter conquistado a espiritualidade ou o autoconhecimento. (“O que se opõe à espiritualidade não é a irreligião ou o ateísmo, mas a incapacidade de ligar-se e religar com todas as coisas”).
12ª) Temos que conviver com todos os seres e todas as coisas sem estar presos ou ligados, pois somos um SER ÚNICO. (“mas a incapacidade de ligar-se e religar-se com todas as coisas”).
13ª) Vida João 3, 12 e 13. (“Hoje, as pessoas estão desconectadas da Terra, da anima e por isso sem espiritualidade”).
14ª) Não existem doentes, existem ignorantes: religiosos com falta vivência e compreensão da Teologia da Libertação. (“A Terra está doente porque nós estamos doentes”).
Paz plena... Rosário.
Citação:
P. S.: Eis o artigo: 233 – Religião e ciência. - publicado em 15/12/2009.
Lentamente os seres humanos, que são espíritos em evolução, vão compreendendo o que Jesus nos ensinou: “A boca fala daquilo de que está cheio o coração (Lc 6,45). “Mas o que sai da boca procede do coração e é isto que torna o homem impuro” (Mt 15,18). “Em verdade, te digo: quem não nascer do alto não pode ver o Reino de Deus; falamos do que sabemos e damos testemunho do que vimos e ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu (Jo 3, 3, 11 e 13). “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10).
Carl Gustav Jung foi um cientista que aceitou e mostrou o caminho da espiritualidade e muitos teólogos não querem saber o que a Ciência descobre e ensina. O que prejudicou e ainda complica a compreensão de muitos ensinamentos do Mestre foi a ignorância sobre Deus dos primeiros teólogos cristãos e a imposição dos dogmas, que nada explicaram e ainda bitolam a liberdade de muitos para a busca da verdade.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 13/11/2009.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg, 21/Dez/2009 17:32 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Virgílio, um grande e fraternal abraço.
Citação:
Voce sabe que com essa repetiçao toda o que vai acontecer e que voce nao mais sera lido, pois todo mundo ja sabe do que voce vai falar.
Bom, eu estou fazendo a minha parte e quem não quiser ler está pondo em prática a liberdade e o livre arbítrio dele, mas depois nunca poderá dizer que não sabia.
Li num livro que o Emmanuel se arrepende de não ter dado uma ajuda ao Mestre Jesus há dois mil anos atrás e eu não quero que alguém venha me cobrar que não fui sincero e nem honesto, pois escondi o que fiquei sabendo.
A carta que escrevi para o psiquiatra espírita foi com esse objetivo, pois eu fui paciente dele do final de 1981 até Julho de 1983, mas não contei para ele alguns segredos, que fiquei sabendo. Mas contei pessoamente para ele depois de 1995 no Centro Espírta Oriente e ele disse que queria conversar mais comigo, mas essas conversas não foram possíveis, então escrevi a carta e encerrei o caso.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Editado pela última vez por Rosário em Sex, 18/Ago/2017 21:27, em um total de 1 vez.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg, 21/Dez/2009 17:41 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmaõs foristas, um grande abraço.
Eis os itens 59/17º e 59/23º relacionados ao DIÁRIO da S. M. Fausttina:
Citação:
59/17 - Pág. 23: Essa voz não foi de Jesus (17/04/2009). Resposta típica de um bom sacerdote (18/04/2009). (Escrevi isso em função do que foi dito à Santa Faustina por um espírito: “E logo ouvi uma voz que me dizia: Eu te aceito, tu estás no Meu Coração.”).
Que coisa bela e fantástica. Eu senti algo tão semelhante em Janeiro de 1980, que passei a sentir intensamente a presença de Deus dentro e fora de mim. Queria viver só para Deus, mas já tinha esposa e três filhos para cuidar. E Deus quer que cada SER ame a todos. O AMOR de Deus me deu forças para vencer tudo e a todos.
Agora a decepção veio do frei Patrício, que me conhecia muito e que me disse: “Você precisa é de psiquiatra e não de padre”. E isso resultou na minha ida para a Clinica Pinel, no dia seguinte (18/04). (Escrevi estes textos logo após ter lido no Diário: “16 Isto ocorreu durante a oitava de Corpus Christi. Deus encheu a minha alma de luz interior e de um melhor conhecimento d’Ele como sumo bem e suam beleza. Compreendi quanto Deus me amava. É eterno o Seu amor para comigo”).
Citação:
59/23 - Pág. 34 e 35: Quando fui conversar com um padre (frei) em 1984, ele me disse assim: “É melhor que não conversemos, pois eu pesquiso para um lado e você para o outro”. Isso é (foi) muito duro de ouvir (06/05/2009).
Quem fez isso? Pois não foi Jesus. Mas o espírito de um bom padre.
As mulheres são mais aceptíveis do que os homens para com as intervenções dos espíritos.
Isso não foi de Jesus.
Ótimo conselho. Procurei isso e até hoje nenhum padre aceitou cumprir essa função comigo (06/05/2009). (Escrevi após ler: “Certa vez, cansada dessas diversas dificuldades que tinha por causa de Jesus falar-me e exigir a pintura da Imagem, decidi firmemente, antes dos votos perpétuos, pedir a Frei Andrasz que me dispensasse daquelas inspirações interiores e da obrigação de pintar a Imagem. Depois de me ouvir em confissão, Frei Andrasz deu-me esta resposta: “Não dispenso a Irmã de nada e a Irmã não pode esquivar-se dessas inspirações interiores, mas a Irmã deve, necessariamente, relatar tudo ao confessor, sem falta, porque de outra forma a Irmã incorrerá em erro apesar dessas grandes graças de Deus. Neste momento, a Irmã está se confessando comigo, mas saiba que devia ter um confessor permanente, isto é, um diretor espiritual”).
De quem terá sido essa voz? Como o ouvir uma voz é realmente envolvente, lindo e fantástico (06/05/2009).
??????????? (Escrevi esses pontos de interrogações logo após ler isso: “Segundo: Se essas inspirações não estiverem de acordo com a fé e com o espírito da Igreja, devem ser imediatamente afastadas, porque são do espírito maligno”).
Belo conselho do confessor.
Belo conselho do confessor. Confessor: 1º: Até hoje ninguém (nenhum padre) teve a coragem ou a humildade de me dar auxílio. 2º: Conselho bitolado e errado. 3º Ótimo conselho (06/05/2009). (Minhas observações sobre os 3 conselhos do confessor que estão no item 55).
“Rosário, você conseguiu salvar, melhor livrar o mundo do poder das trevas e seus agentes (joio) estão indo para outras moradas em outras regiões do Cosmo”. Deus (06/05/2009). (Essa mensagem foi recebida diretamente de Deus e escrita no alto da página 35 e foi escrito com 27 palavras, incluindo o nome de Deus).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 29/Dez/2009 22:02 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6577
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande e fraternal abraço.
Quem quiser entender um pouco mais do objetivo ou da razão que abri esse tópico, terá que ler um pouco do trabalho que já fiz e continuo fazendo.
Veja esses dois endereços, que postei no tópico: "Revelações do forista Rosário":
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=129201#p129201
Este foi enviado para 257 membros da CNBB
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=129342#p129342
E este foi enviado para 250 membros da CNBB.
Todos os dois tiveram como objetvivo comentar o caso da canonização da Santa Joana D'Arc e por isso vou citar os dois destaques que fiz:
Na 1ª postagem:
"O maior orgulho de um homem foi realizado em 1870, quando o Papa Pio IX conseguiu a aprovação, imposta por ele, do dogma da Infalibilidade Papal. Este foi o maior orgulho e o maior pecado do Papado em Roma, assim o Papa pode agora impor e abusar da vontade dele. Se os atuais Papas são infalíveis, então todos os outros também o foram. Então como justificar que “homens papas e infalíveis” durante quase 700 anos (7 séculos) aceitaram e até defenderam a “famigerada santa inquisição”, que agiu como agem na atualidade as terríveis e temíveis polícias secretas (KGB, Gestapo, FBI, CIA, SNI e outras), que torturaram, prenderam, mataram e fizeram desaparecer todas as provas do crime, até com os cadáveres! Como justificar a pregação e total defesa de Papas em favor das guerras das cruzadas, comportamento idêntico, hoje na atualidade, aos de alguns líderes muçulmanos, que defendem “as guerras santas”? Estas orientações, vindas de Papas infalíveis, completamente contrárias a estes ensinamentos de Jesus: “Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei” e “Amai aos vossos inimigos”, estavam certas ou erradas? Será que os “infalíveis” não sabiam nem compreender estes ensinamentos de Jesus? Será que muitos Papas poderiam ter chegado ao cúmulo de terem tido atitudes anticristãs? Onde está então a infalibilidade aprovada em Concílio? A infalibilidade foi aprovada como foi imposta a “ortodoxia católica” contra as idéias de Ario, o fundador do arianismo, no Concílio de Nicéia com a pressão do imperador Constantino. Finalmente, pergunto: Quais Papas que acertaram e ou erraram no caso de Santa Joana d’Arc? Enquanto ela estava viva o Papa Martinho V nada fez para protegê-la, apesar da grande fé dela nas vozes, depois o Papa Calisto III a reabilitou em 1456, o Papa Pio X a beatificou em 1909 e, finalmente o Papa Bento XV a canonizou em 1920. Como pode acontecer que alguém que foi condenada como bruxa ser no futuro canonizada como santa? Alguém errou ou todos agiram certos em nome da prudência da fé? Mas uma jovem sofreu as dores da injustiça, do abandono e da fogueira!!!"
E na 2ª postagem:
"Aprendemos que “Jesus morreu na cruz para nos salvar”. Mas, como os líderes religiosos e civis continuaram e continuam dando as cartas, pode-se concluir que Jesus foi crucificado por inveja, ciúme e despeito dos líderes religiosos. Estes envolveram por traição um dos discípulos de Jesus e, cometendo muitas injustiças e tramóias, entregaram-no a Pôncio Pilatos e ainda o obrigaram por estratagema para que Pilatos condenasse Jesus a morrer na cruz (vide Mt 27,20 e Jo 19,12 e 15).
Esse costume e modo de agir dos líderes religiosos são muito bem conhecidos de todos os que estudam a história das religiões, principalmente no trevoso período do “Reinado Sanguinário da Nossa Igreja Católica Apostólica Romana”. Período este conhecido como: “O Tempo da Inquisição”, sobressaindo o caso da jovem francesa Joana d’Arc, condenada a morrer na fogueira, após ter sido traída pelos líderes civis e, quase 5 séculos depois, foi canonizada em 09/05/1920. Como pode uma pessoa ser condenada como bruxa em 30/05/1431 e depois ser considerada santa? Quem errou? Será que a canonização acabou com as injustiças dos homens e as dores, que a jovem sofreu na fogueira e antes dela, nas prisões e torturas? Ou foi apenas uma canonização política para abafar a vitória de outra crença religiosa? Allan Kardec é francês. O Papa já era infalível e era fácil enganar ao povo francês!!!"

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 303 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 21  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 9 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB