Portal do Espirito

A sua referencia em Doutrina Espirita na Internet
Bem-vindo: Qua, 16/Jan/2019 13:27
Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos


Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 429 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 29  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: Sex, 28/Dez/2007 20:13 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço...
Todos nós, que estamos aqui no Portal, estamos em busca da VERDADE, que liberta, mas primeiro temos que descobrir qual é a nossa verdade individual; isto é:
Quem é que somos?
E o que estamos fazendo aqui?
Por que viemos para cá?

E o que iremos fazer depois de cumprirmos o nosso tempo aqui?
O primeiro passo a ser dado é não ter medo de nada e nunca acreditar em nada que lhe for dito sem ver com os próprios olhos e analisar tudo com o seu conhecimento já adquirido. Temos que eliminar a "fé cega" e até irracional.
Você é o primeiro que tem de confiar em você, pois só você sabe o que você viveu, viu e aprendeu.

Teologia da VERDADE:
http://www.espirito.org.br/forum/viewto ... 3502#93502

Eis os índices das minhas apostilas (1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª, mas esta não está completa):

Índice da minha 1ª Apostila:
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=108797#p108797

Índice da minha 2ª Apostila:
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=111125#p111125

Índice da minha 3ª Apostila:
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=111323#p111323

Índice da minha 4ª Apostila:
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=112335#p112335

Índice da minha 5ª Apostila (do que já foi divulgado no Portal):
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=110498#p110498

Paz plena... Rosário.


Editado pela última vez por Rosário em Qui, 01/Jan/2009 21:26, em um total de 6 vezes.

Compartilhar no Facebook
Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 29/Dez/2007 07:27 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Que a PAZ habite o coração de cada um e que todos tenham a mente livre para ir em busca da Verdade, que nos liberta de todos os princípios e ensinamentos bitoladores da nossa liberdade até de pensar...
Está escrito:
"... e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8,32).
"Quando vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à verdade plena, pois não falara de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas futuras" (João 16, 13).
"Pilatos lhe disse: "Então, tu és re?" Respondeu Jesus: "Tu o dizes: eu sou rei. Para isso nasci e para isto vim ao mundo: para dar testemunho da verdade. Quem é da vedade escuta a minha voz".
Disse-lhe Pilatos: "Que é a verdade?" (João 18, 37 e 38.).
Nesta hora Jesus nada respondeu.

Quando Kardec fazia todo o trabalho da codificação, um espírito aproximou para ajudá-lo em tudo e se identificou apenas como o "Espírito de Verdade".

Em Fevereiro ou Março de 1980, logo depois de eu ter aceito a reencarnação como verdade (05/01/1980), recebi a visita do meu irmão padre no meu local de trabalho. Quando estávamos nos despedindo e já na rua, ele me falou assim:
"Rosário, se você quiser mudar de religião, eu serei a primeira pessoa a defendê-lo perante a nossa família" (tínhamos uma família com radical orientação católica).
"Não é isso que eu quero!".
"Então o que você quer?".
"Eu quero é a Verdade!".
Ele nada respondeu e foi embora.
Eu só comecei a conhecer da Doutrina Espírita em Fevereiro de 1981.

Veja o que escrevi em 1995, quando tentei explicar o que aocntecia comigo:
REVELAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO
Eu muito medo senti, muito receio também tive,
Quando conhecimento tomei, que tinha um outro oculto,
Bem escondido dentro de mim.
Com mais medo fiquei e um amedrontado me tornei, somente,
Quando eu soube realmente, que dentro de mim,
Bem no fundo da minha mente,
Estava escondido não um só outro, mas muitos outros “eus”.
Eu não era mais só eu, mas um conjunto de outros “eus”,
Um conjunto de outros de outras eras, eu era,
Com a minha identidade ou o meu eu dessa era.
Todos os outros, em mim, estavam ocultos,
Fazendo-me viver sem a minha identidade:
Assim diziam os sábios com muita sinceridade.
Mas houve uma transformação:
O que me causava medo, hoje me dá coragem.
Pois hoje eu sei quem eu sou realmente:
A soma dos outros “eus” de outras eras
Com a minha identidade dessa era.
Esse conjunto de muitos “eus”
Forma o meu grande EU... Um ser cósmico.
Então quem me vê, não vê totalmente a mim,
Mas vê apenas uma fração de mim.
O que muito medo me fez,
Pois julgava-me sem a minha identidade
E eu ainda tinha pouca idade na eternidade,
Hoje causa medo em outros personalidades,
Que querem continuar na inverdade,
Falsidade, clandestinidade e desonestidade.
E isso hoje me dá muita força, confiança e fé,
Pois tomei conhecimento, depois de muitos tormentos,
Que o erro estava com os sábios desta era,
Por causa de uma pseuda verdade,
Que os conduz a medíocres conhecimentos.
Eu sou realmente um EU SOU,
Que é a soma dos meus “eus” de todas as eras.
Hoje eu enfrento, com muita coragem,
Tudo na atual era, mesmo que venha vestido de fera
Ou como a Besta Fera,
Pois não estou com uma falsa imagem
E tenho a minha identidade...
E muita responsabilidade.
Eu também sou fera...
E para muitos serei o representante da Besta Fera.
Rosário Américo de Resende. Belo Horizonte (08/03/1995).
..........Paz plena... Rosário.


Editado pela última vez por Rosário em Qui, 01/Jan/2009 21:30, em um total de 4 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 29/Dez/2007 13:36 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Todos aqui estamos em busca da VERDADE. Eis a minha contribuição:
128 - Verdade III - publicado em 25/01/2006.
Parabéns ao colunista José Reis Chaves pelo esclarecedor artigo: “Descrer para crer”, pois realmente a missão salvífica de Jesus foi a de nos ensinar a perdoar e a amar uns aos outros. Jesus também nos ensinou a só falar o que sabemos e a testemunhar só o que vimos (Jo 3,11) e que conhecendo a verdade seremos livres (Jo 8,32). Jesus foi condenado à morte por Caifás porque disse ser Filho de Deus (Mt 26,64 a 66) e o drama vivido por Jesus até a morte na cruz foi uma vileza semelhante às vividas por milhares de pessoas torturadas e condenadas a morrer na fogueira pela inquisição do catolicismo romano.
Realmente a ‘teologia de sangue’ foi e ainda é resultado da ignorância de muitos, pois nos apresenta uma visão muito imperfeita sobre Deus, que é plenamente perfeito. Qualquer sacrifício de sangue no nosso tempo está errado, então nos tempos da Bíblia todos os sacrifícios de sangue também estavam e foram feitos para aplacar a ira de algum espírito revoltado ou de um falso deus.
Parabéns também ao Paulo de Silva Neto pelo ótimo comentário de 20/01/2006 sobre o artigo: “Falso profeta” e faço apenas este complemento: “Os pais não serão mortos em lugar dos filhos, nem os filhos em lugar dos pais. Cada um será executado por seu próprio crime” (Dt 24,16).
Ao nosso irmão Dario Alves da Silva, que escreveu o artigo: “Falso profeta” (19/01/2006), cito apenas este trecho bíblico: “porque a boca fala daquilo de que está cheio o coração” (Lc 6,45) e a boca do escritor é a pena. Também está escrito que temos que respeitar e amar a todos os nossos irmãos (Mt 5,21 a 26).
Rosário Américo de Resende. Ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 23/01/2006.

129 - Verdade IV (Religiões) - publicado em 27/02/2006.
Agradeço imensamente ao irmão Dario Alves da Silva pelo artigo de 01/02/2006: “Falso e verdadeiro”. Dario seu artigo nos deu mais uma chance para que se possa iluminar mais o caminho que nos leva a pureza da verdade.
Caso o inferno eterno existisse, então Deus não seria perfeito, pois uma parte dos filhos de Deus seria condenada para sempre. Deus não condena ninguém, pois ele é bom e nos compreende com uma infinita bondade, com um ilimitado amor e uma imensa sabedoria.
O grande problema foi e ainda é que o grande labirinto, que a humanidade criou, agora começa a ser esclarecido e muito poucos seres humanos estão em condições de compreender os acontecimentos da atualidade e todos sabem que só podemos falar daquilo que sabemos (Jo 3,11).
Alguns espertalhões criaram e ainda criam novas denominações religiosas para apossar das coisas de César e até vendem tudo aquilo que é de Deus.
Peço-lhe, irmão Dario, apenas esta explicação: Por que o mandamento “Não Matarás” (Êxodo 20,13) e sua contradição com uma ordem, que nos é apresentada como se fosse do próprio Deus: “Vai, pois, agora, e investe contra Amalec, condena-o ao anátema com tudo o que lhe pertence, não tenhas piedade dele, mata homens e mulheres, crianças e recém-nascidos, bois e ovelhas, camelos e jumentos” (1Samuel, 15,3)? Pergunto: foi Deus, que aperfeiçoou ou foram os seres humanos, que evoluíram e tornaram-se mais humanos? Paz plena.
Rosário Américo de Resende. Ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 06/02/2006.

135 - Jesus e a verdade (Fé cega) - publicado em 26/04/2006.
Agradeço ao leitor Jethro Mourão da Cunha em citar o meu nome no artigo: “Cristianismo de Jesus” de 21/04/2006, pois continuo afirmando que é necessário compreender o fenômeno da fé. Todos aqueles que têm uma fé cega tornam-se presas fáceis do fundamentalismo religioso e dos lobos vestidos com peles de ovelhas, que só querem extorquir dinheiro dos incautos fiéis. Os que têm uma fé raciocinada vão em busca da verdade, que liberta, passando pelos caminhos do perdão e do amor, e, vivendo e convivendo bem com todos.
Parabéns para o leitor Túllio Marcos Soares de Carvalho pelo ótimo artigo: “Irã” de 22/04/2006. O Túllio apresenta a verdadeira razão do ódio do Bush, um protestante cristão fundamentalista, orgulhoso e com muito poder, para com o Irã, um país de maioria absoluta muçulmana.
Todo seguidor de alguma religião deveria promover a paz, o amor e a boa convivência, mas agentes das trevas utilizam de pessoas como o Bush para a manutenção do estado de guerra em nome de Deus. Toda guerra gera ódio, desejo de vingança e isso agrada aos trevosos, analisem os exemplos da história das guerras das cruzadas, quando seguidores fanáticos do catolicismo e cegos da fé só aumentaram a festança sanguinária dos contrários ao amor e à paz. Rosário A. Resende, ex-professor da UFMG. B.Hte. 22/04/2006.

139 - A busca da Verdade - publicado em 24/06/2006.
Estou gostando muito do debate em torno do artigo: “Papa põe Deus na berlinda”, 12/06, escrito pelo colunista José Reis Chaves. No fundo, o que acontece é a busca da Verdade, que realmente nos liberta de tudo.
Parabenizo O TEMPO pela oportunidade dada a todos para escreveram sobre religião e parabéns ao leitor Eustáquio Duarte pelo artigo: “Religiões” de 23/06. Realmente o artigo do Chaves mexeu com muita gente e parabéns a todos que escreveram sobre o assunto: “O silêncio de Deus”. Na realidade o que está em jogo é a busca da Verdade.
Muitos negam a existência de Deus e da espiritualidade, como o irmão e leitor Eustáquio, outros não sabem o que falar ou escrever sobre Deus. A ignorância e o mistério ainda imperam entre os teólogos e nas religiões. A maioria confunde o Espírito de Deus com a espiritualidade, como apresenta muito bem o leitor Eustáquio, quando comenta sobre o Deus dos judeus, católicos e muçulmanos. Outros ainda confundem Deus com o único e imenso conjunto cósmico, ficando perdidos no imenso labirinto mental que recebemos dos nossos antepassados, pois muitos sabem que vivem, mas não sabem por que e para que vivem.
Ainda existem os que usam o nome de Deus em vão para enganar, explorar e extorquir dinheiro dos incautos fiéis, vivendo das religiões e ou até criando novas religiões. Estes são os lobos vestidos com peles de ovelhas.
“Deus é espírito e aqueles que o adoram devem adorá-lo em espírito e verdade” (Jo 4,24), também temos que amá-lo e amar a todos. Analisem bem esta frase: “Aqui é preciso muito discernimento! Quem é inteligente calcule o número da Besta, pois é um número de homem: seu número é 666!” (Ap13,18). RAR.BH. 23/06/06.
.... Paz plena... Rosário.


Editado pela última vez por Rosário em Ter, 09/Dez/2008 19:26, em um total de 2 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 29/Dez/2007 13:56 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Todos aqui buscam a VERDADE, eis a minha contribuição:

viewtopic.php?f=12&t=3650&p=93502#p93502

viewtopic.php?f=12&t=4615&p=94354#p94354

147- Verdade e dogmas - publicado em 16/08/2006.
Quero agradecer ao leitor Flávio Edson Batista pelo seu artigo: “Dogmas”, de 15/08. Realmente a verdade só passa a ser esclarecida e compreendida quando nos tornamos livres para pensar: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8,32).
Qualquer dogma religioso é apresentado como incontestável e indiscutível, mas como também é inexplicável, então dizem que é mistério. Por causa do mistério são aceitos princípios irracionais e nem lógicos. Para mim, a saída de quem ainda não sabe é dizer que é mistério e milagre, como dogma é o meio de quem manda impor a vontade dele.
Ouvi de um padre jesuíta esses ensinamentos: ‘O Deus de muitos cristãos não é cristão’ e ‘o medo de pensar no já pensado’. Veja a resposta dele para essa minha pergunta: “Como o senhor, padre, explica o momento da morte? O corpo fica aqui e o espírito volta para Deus. Isso não é a prova do dualismo?” Ele respondeu: “Jesus não explicou isso, então eu também não vou explicar”. Ele também não permitiu um debate sobre a transfiguração de Jesus, quando apareceram ao lado de Jesus os espíritos de Moisés e Elias, e eu disse que era uma autêntica reunião de materialização.
Escrevi para um bispo a explicação do mistério do ‘Deus Trino’ e ele não me respondeu nada, nem para dizer que eu estava errado, simplesmente silenciou. Será o medo de entender que não aprendeu certo? Rosário Américo de Resende. Ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 15/08/2006.

163 - Deus (e a verdade) - publicado em 08/02/2007.
Agradeço ao jornalista Oswaldo Antunes pelo artigo: “O tormento de Deus” (Opinião 07/02), pois assim posso comentar mais sobre o assunto.
Muitos falam de Deus e sobre Deus, mas não sabem quem é Deus. Muitos falam do e sobre o Espírito Santo, mas não sabem explicar e nem entender a origem do Mistério da Trindade. Muitos escrevem sobre o inconsciente, mas nem sonham sobre o que estão comentando. Muitos falam sobre a e da verdade, mas cada um tem a sua verdade e por isso necessitam aprender sobre a Verdade Absoluta.
A Verdade Absoluta é Deus e só Deus pode nos revelar a nossa verdade, que nos explicará os meios para entender a Verdade Absoluta.
Muitos falam sobre o infinito sem saberem nada daquilo que falam. O termo infinito possui uma abrangência tão ampla, cuja amplitude torna-se impossível de ser descrita. A reta, que possui uma definição perfeita, é infinita. Cada reta só pode ter em comum com qualquer uma outra reta apenas um ponto, desde que não sejam justapostas. Por isso utilizo dos princípios da matemática para falar e dar explicações sobre a verdade.
E para falar ou fazer referências sobre Deus, que é bom, uno e perfeito, utilizo da figura da reta, que não tem início e nem fim, mas tem sua definição e é infinita. Para falar ou comentar sobre nós, seres ou espíritos criados, utilizo da figura da semi-reta, que também é infinita, mas tem início, como nós tivemos início.
Rosário Américo de Resende. Ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 07/02/2007.
............Paz plena... Rosário.


Editado pela última vez por Rosário em Dom, 14/Dez/2008 18:30, em um total de 3 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 29/Dez/2007 16:38 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
No meu ponto de vista todos os que estão buscando uma melhor compreensão da VERDADE não pode nunca deixar ou abandonar a Bíblia. Eis aqui alguns artigos meus, que já foram publicaldos no jornal sobre a Bíblia, que não é a palavra de DEUS:

1 - BÍBLIA E SEXO - Publicado em 23/08/2003.
A Bíblia mostra o caminho do nosso aperfeiçoamento, até no aspecto sexual. Siga-o quem quiser pois temos o livre arbítrio. Jesus veio dar pleno cumprimento à Lei e até que passem o céu e a terra, não será omitido um só i, uma só vírgula da Lei. Lei é Lei e Lei é cega (Mt 5,17 a 19). “Portanto, deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito” (Mt 5,48).
Eis o resumo dos ensinamentos bíblicos para a nossa evolução no campo sexual:
“Deus os abençoou e lhes disse: “Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a (Gn 1,28). Por isso um homem deixa seu pai e sua mãe, se une à sua mulher, e eles se tornam uma só carne. Ora, os dois estavam nus, o homem e sua mulher, e não se envergonhavam” (Gn 2,24 e 25).
“Não cometerás adultério. Não cobiçarás a mulher do teu próximo (Dt, 5,18 e 21). Quem tiver coito com um animal será morto (Ex 22,18). Maldito seja aquele que se deita com um animal (Dt 27,21). Não darás o teu leito conjugal à mulher do teu compatriota, para que não te tornes impuro com ela (Lv 18,20). O homem que se deita com outro homem como se fosse uma mulher, ambos cometeram uma abominação deverão morrer, e o seu sangue cairá sobre eles” (Lv 20,13).
Susana gemeu, dizendo: “Estou cercada por todos os lados: se eu fizer isso, aguarda-me a morte; e se eu não o fizer, não escaparei de vossas mãos. Mas é melhor para mim, não o tendo feito, cair em vossas mãos, do que pecar diante do Senhor” (Dn 13,22 e 23).
“Eu, porém, vos digo: todo aquele que olha para uma mulher com desejo libidinoso já cometeu adultério com ela em seu coração, todo aquele que repudia sua mulher, faz com que ela adultere e aquele que se casa com a repudiada comete adultério” (Mt 5,28 e 32). Ele disse: “Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres, mas desde o princípio não era assim. E eu vos digo que todo aquele que repudiar a sua mulher e desposar uma outra, comete adultério” (Mt 19,8 e 9). Com efeito, há eunucos que nasceram assim, desde o ventre materno. E há eunucos que foram feitos eunucos pelos homens. E há eunucos que se fizeram eunucos por causa do Reino dos Céus” (Mt 19,12).
Cada um ponha a mão na sua consciência e viva tranquilamente a vida. Colhemos aquilo que plantamos. Temos que estudar e compreender o passado, viver e entender o presente e planejar a construção do futuro. A plena felicidade é fruto da fidelidade e confiança plenas.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. B.Hte. 21/08/2003.

2 - BÍBLIA é BÍBLIA - Publicado em 01/09/2003.
Lendo os recentes artigos sobre a Bíblia escritos nos últimos dias em O TEMPO digo que para comentar algo sobre a Bíblia é necessário conhecimento, honestidade, clareza, sabedoria e ter uma mente aberta e lúcida. A Bíblia é uma obra prima da humanidade e é um manual completo de magia, que é plena de segredos. A magia possui os seus segredos quase indecifráveis e quando alguém os decifra e não tem a defesa necessária torna-se um alvo fácil para a própria magia.
Bíblia é uma palavra grega, que não foi traduzida e é o plural de “biblion” (livro) em grego e é o livro sagrado para judeus e cristãos. A Bíblia sempre tem razão e os erros, que parecem que estão nela, não são dela, mas daqueles que não a entenderam e disseram, como ainda dizem que ela é a palavra de Deus. Muitos espertalhões utilizaram e utilizam da Bíblia para enganar e explorar os próprios irmãos. Existem muitos falsos Cristos e profetas que tentaram, tentam e tentarão enganar até aos eleitos (Mt 24,24) e muitos espíritos agiram como ainda agem de uma maneira não correta e nem para o BEM, usurpando o lugar de DEUS. A Bíblia revela toda a verdade. Para entender e compreender a verdade, temos que estudar, pesquisar e perscrutar as Escrituras. Também é necessário nos silenciar para que possamos ouvir e sentir a espiritualidade, neste ato de silêncio podemos até ouvir a Deus. Ninguém é dono de Deus.
A verdade é como uma espada fulminante e flamejante, que assusta e amedronta a qualquer falso profeta ou lobo vestido com peles de ovelhas, e até faz com que os verdadeiros, sábios e humildes discípulos de Jesus se calam, refugiando-se na inexpugnável fortaleza do silêncio. A verdade absoluta é Deus. É Deus mesmo que escolhe e aprova os seus profetas ou representantes e não o ritualismo criado e desenvolvido pelos homens, processo esse que cassa a nossa liberdade de pensar e de amar, anuviando a perfeição divina.
Hoje gosto de falar assim: “Apaga tudo o que aprendeste sobre a Bíblia Sagrada, mas não a jogue fora, guarde-a muito bem mesmo, pois ela é uma fonte inesgotável de ensinamentos e sabedoria”.
Rosário Américo de Resende. BH, 29/08/2003.

3 - A Bíblia e a Verdade - Publicado em 09/09/2003.
A meta de cada ser criado é a felicidade e para ser feliz é necessário ter vida em abundância (Jo 10,10). Os pilares da felicidade são a fidelidade, confiança, liberdade, sabedoria e a verdade: “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (Jo 8,32).
Quem perscruta as Escrituras e tem a mente aberta entenderá que não nos ensinaram a verdade sobre a própria Bíblia. Pode-se ver grandes contrastes nos ensinamentos bíblicos e por causa destes qualquer espertalhão ou lobo vestido com peles de ovelha passa a utilizar dos escritos bíblicos para enganar, dominar e explorar aos próprios irmãos.
Ensinaram-nos que a Bíblia é a palavra de Deus e isso não pode ser verdadeiro, pois Deus é sábio e perfeito em tudo, então nunca poderia agir ou criar algo errado e ou contraditório: “Não matarás” (Ex 20,13) e “Vai, pois, agora, e investe contra Amalec, condena-o ao anátema com tudo o que lhe pertence não tenha piedade dele, mata homens e mulheres, crianças e recém-nascidos, bois e ovelhas, camelos e jumentos” (1Sm 15,3). O perdão irrestrito: “Não te digo até sete, mas até setenta e sete vezes” (Mt 18,22) e “da ira do Cordeiro, pois chegou o Grande Dia da sua ira, e quem poderá ficar de pé?” (Ap 6,16 e 17), como também: “Ele é quem pisa o lagar do vinho do furor da ira de Deus, o Todo-poderoso” (Ap 19,15). “De graça recebestes, de graça daí” e “pois o operário é digno de seu sustento” (Mt 10,8 e 10).
Deus é Deus e ele não dança conforme a música, então a Bíblia não é a sua palavra, mas, em muitos casos, são as palavras daqueles que agiram de acordo com interesses próprios e egoístas.
Encontramos na Bíblia o caminho da busca e compreensão da verdade, mas é necessário o esforço e interesse pessoal: “Pedi e vos será dado; buscai e achareis; batei e vos será aberto” (Mt 7,7). Devemos orar em segredo: “E quando orardes, não sejais como os hipócritas, porque eles gostam de fazer oração pondo-se em pé nas sinagogas e nas esquinas. Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechando tua porta, ora ao teu Pai que está lá, no segredo. Nas vossas orações não useis de vãs repetições, como os gentios, porque imaginam que é pelo palavreado excessivo que serão ouvidos” (Mt 6,5 a 7).
Os pastores de hoje, que ficam orando pelos alto-falantes e televisões, deveriam rever suas atitudes e por em prática os ensinamentos do Mestre Jesus. Os “donos” dos Templos e Igrejas transformaram-se em exigentes e opressivos cobradores do dízimo e caçadores vorazes das ofertas. Esses deveriam ler e entender o óbolo da viúva (Mt 12,41 a 44), deixando de ser aves de rapinas e lobos esfomeados na exploração dos irmãos. Tais pregadores só estão atrás das coisas de César (Mt 22,15 a 22) e continuam explorando e enganando às humildes, obedientes e incautas ovelhas.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 08/09/2003.
Paz plena... Rosário. (Continua)


Editado pela última vez por Rosário em Ter, 09/Dez/2008 19:31, em um total de 2 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 29/Dez/2007 16:43 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço (Continuação).
No meu ponto de vista todos os que estão buscando uma melhor compreensão da VERDADE não pode nunca deixar ou abandonar a Bíblia. Eis aqui alguns artigos meus, que já foram publicaldos no jornal sobre a Bíblia, que não é a palavra de DEUS:

4 - A Bíblia e a Paz - Publicado em 01/10/2003.
Deus, realmente dirige tudo, mas Ele respeita plenamente a liberdade de todos. Deus só se revela à humanidade, quando aparece alguém preparado e capacitado para receber as próprias revelações dEle, já que respeita, até nos mínimos detalhes, o livre-arbítrio de todos: então temos que nos entregar, abrindo as portas do nosso ser e querer participar, recebendo as suas revelações.
Perscrutando as páginas da Bíblia encontramos profecias sobre o estabelecimento da paz entre os homens: “Ele julgará as nações, ele corrigirá a muitos povos. Estes quebrarão as suas espadas, transformando-as em relhas, e as suas lanças, a fim de fazerem podadeiras. Uma nação não levantará a espada contra a outra, e nem se aprenderá mais a fazer guerra. Para que se multiplique o poder, assegurando o estabelecimento de uma paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, firmando-o, consolidando-o sobre o direito e sobre a justiça” (Is 2,4 e 9,6). “A justiça será o cinto dos seus lombos e a fidelidade, o cinto dos seus rins. Então o lobo morará com o cordeiro e o leopardo se deitará com o cabrito. O bezerro, o leãozinho e o gordo novilho andarão juntos e um menino pequeno os guiará. A vaca e o urso pastarão juntos, juntas se deitarão as suas crias. O leão se alimentará de forragem como o boi. A criança de peito poderá brincar junto à cova da áspide, a criança pequena porá a mão na cova da víbora. Ninguém fará o mal nem destruição nenhuma em todo o meu santo monte, porque a terra ficará cheia do conhecimento de Iahweh, como as águas enchem o mar” (Is 11,5 a 9). “Está decidido: tu manterás a paz, sim, a paz, porque a ti foi ela confiada. O fruto da justiça será a paz, e a obra da justiça consistirá na tranquilidade e na segurança para sempre. O meu povo habitará em moradas de paz, em mansões seguras e em lugares tranquilos” (Is 26,3 e 32,15 a 18). “Também te estabeleci como luz das nações, a fim de que a minha salvação chegue até as extremidades da terra. Como são belos, sobre os montes, os pés do mensageiro que anuncia a paz, do que proclama boas novas e anuncia a salvação, do que diz a Sião: “O teu Deus reina”. Farei brotar o louvor dos seus lábios: “Paz! Paz ao que está longe e ao que está perto, diz Iahweh, eu o curarei”” (Is 49,6; 52,7 e 57,19). “Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra. Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus. Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. Venha o teu Reino” (Mt 5,4,8 e 9; 6,10). “Glória a Deus no mais alto dos céus e paz na terra aos que ele ama” (Lc 2,14). “Um fruto de justiça é semeado pacificamente para aqueles que promovem a paz” (Tg 3,18).
Nós temos que interpretar e analisar tudo o que acontece no presente, em seus mínimos detalhes, com análises e comparações com tudo o que sabemos e já aconteceu no passado, para que possamos projetar da melhor maneira possível o futuro. Nós construímos o nosso futuro e formamos o nosso ser, já que somos aquilo que pensamos. Aquele que promove a paz encontrará em paz.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. B.Hte, 29/09/2003.

5 - A Bíblia e o Divórcio - Publicado em 12/10/2003.
Na liturgia da Missa de 05/10/2003 pôde-se ver ensinamentos e orientações contrários ao divórcio. Tanto na 1ª Leitura como no Evangelho ficou claro que biblicamente o caminho da perfeição é o do: “Até que a morte os separe”. Exemplos: “Por isso um homem deixa seu pai e sua mãe, se une à sua mulher, e eles se tornam uma só carne” (Gn 2,24) e “Jesus, então, lhes disse: “Por causa da dureza dos vossos corações ele escreveu para vós esse mandamento. Mas desde o princípio da criação ele os fez homem e mulher. Por isso o homem deixará o seu pai e a sua mãe, e os dois serão uma só carne. Portanto, o que Deus uniu o homem não separe”. E ele disse: “Todo aquele que repudiar a sua mulher e desposar outra, comete adultério contra a primeira e se essa repudiar o seu marido e desposar outro, comete adultério”” (Mc 10,5 a 7,9,11 e 12).
Como todo casamento se completa com a relação sexual, então quando existe um ato sexual entre um homem e uma mulher houve também um casamento rápido. Em todo relacionamento íntimo existe uma grande troca de energias entre os parceiros, também gera-se uma imensa energia, que envolve profundamente o casal e que o acompanha para sempre. Todos somos livres, mas temos que ser responsáveis por todos os nossos atos. Nunca podemos confundir libertinagem, anarquia e irresponsabilidade com amor e evolução. Todos querem a felicidade e para isso necessitam da confiança e fidelidade plenas. RAR. Belo Horizonte, 06/10/2003.

6 - A Bíblia e a Magia - Publicado em 06/04/2004.
Magia é a arte ou ciência oculta com que se pretende produzir, por meio de certos atos, palavras e por interferência de espíritos, efeitos e fenômenos extraordinários, contrários às leis naturais. Quando os conhecimentos sobre a magia são utilizados para o BEM temos a magia branca e caso contrário temos a magia negra.
Em toda a Bíblia Sagrada vemos a prática da magia. Abraão saiu de Hur por orientação de um espírito e por toda a sua vida ele foi dirigido por espíritos. Sodoma e Gomorra foram destruídas por enxofre e fogo, sendo que a família de Ló foi protegida e salva pela intervenção de 2 anjos (Gn 19). O patriarca Jacó lutou com um espírito até o surgimento da aurora sem vencê-lo e ser vencido pelo mesmo (Gn 32, 23 a 30).
Todos os acontecimentos da vida de José do Egito estiveram envolvidos com sonhos até a indicação do mesmo para ocupar o 2º posto no Egito. Teve dois sonhos premonitórios enquanto jovem, interpretou e acertou com relação aos 2 sonhos dos 2 empregados do Faraó e finalmente fez a interpretação dos 2 sonhos do Faraó.
Toda a vida de Moisés foi envolvida com fatos não normais. O nascimento e a missão de Moisés colocaram-no numa condição privilegiada. As pragas contra o Egito, sobressaindo a 10ª praga, que foi a morte de todos os primogênitos do Egito, exceto os dos israelitas, foi uma prova clara da utilização de magia negra contra o povo egípcio. Em Números, 16, vemos outra prova do uso da magia por intermédio de Moisés para eliminar seus inimigos internos: Coré, Datã e Abiram, quando a terra abriu sob seus pés e os engoliu com todos os familiares.
Na tomada de Jericó os israelitas foram orientados por Iahweh para darem um volta em torno das muralhas por 6 dias seguidos, tocando trombetas e no 7º dia deveriam dar 7 voltas, só na última volta tocariam as trombetas e o povo gritaria. Assim fizeram e as muralhas ruíram (Js 6).
O profeta Elias também adquiriu muito poder, com todo o conhecimento adquirido sobre a magia, ele enfrentou e venceu os 450 sacerdotes de Baal (1Rs 18) e por duas vezes ele invocou fogo do céu, que devorou 2 destacamentos com 51 homens (2Rs1).
No livro de Tobias pode-se ver um trabalho de libertação da perseguição de um espírito, que já tinha matado 7 noivos da jovem Sara. Esse fato aconteceu quando Tobias colocou o fígado e o coração de um peixe sobre as brasas de um perfumador. O cheiro do peixe expulsou o espírito, que após fugir para o Egito, foi aprisionado pelo anjo Rafael. Em Tobias foi empregada a magia branca. É pena que esse livro não foi aceito pela reforma protestante.
Outras intervenções espirituais no nosso plano podem ser vistas nas libertações dos apóstolos da prisão pública em Atos 5,17 a 21 e de Pedro, da cadeia de Herodes, em atos 12, pois em ambos os casos temos intervenções de anjos. Todas religiões possuem seus fundamentos na magia, só que os seguidores não compreenderam os Mestres e criaram os rituais, que bitolam toda a liberdade de ação. RAR. Belo Horizonte, 15/09/2003.
Paz plena... Rosário. (Continua)


Editado pela última vez por Rosário em Ter, 09/Dez/2008 19:34, em um total de 2 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 29/Dez/2007 16:50 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço (Continuação).
No meu ponto de vista todos os que estão buscando uma melhor compreensão da VERDADE não pode nunca deixar ou abandonar a Bíblia. Eis aqui alguns artigos meus, que já foram publicaldos no jornal sobre a Bíblia, que não é a palavra de DEUS:

7 - A Bíblia e o Dízimo - Publicado em 16/05/2004.
O dízimo é uma referência à décima parte. O dízimo é bíblico e isso ninguém pode negar, pois está escrito: “Todos os dízimos da terra, tanto dos produtos da terra como dos frutos das árvores, pertencem a Iahweh; é coisa consagrada a Iahweh” (Lv 27,30) e “Voltai a mim e eu voltarei a vós! Disse Iahweh dos Exércitos. Trazei o dízimo integral para o Tesouro, a fim de que haja alimento em minha casa. Provai-me com isto, disse Iahweh dos Exércitos, para ver se eu não abrirei as janelas do céu e não derramarei sobre vós bênção em abundância” (Ml 3,7 e 10).
Além destas duas referências bíblicas existem muitas outras, nas quais também fica muito claro o dever e a obrigação da contribuição do dízimo. Tudo o que é um dever ou uma obrigação não é divino, pois deixa de existir a liberdade e Deus respeita plenamente o livre-arbítrio de todos.
Além do dízimo, que é obrigatório na opinião dos líderes religiosos, existe por parte dos mesmos uma indução aos fiéis para a doação de ofertas. Todos os caçadores de dízimos e ofertas devem saber muito bem que a revolta do monge alemão, Martinho Lutero, contra a hierarquia do catolicismo em Roma, foi por causa da enganosa exploração financeira dos príncipes da Igreja século XVI para manter suas mordomias e construções de templo suntuosos. Então foi por causa da ganância dos líderes.
É bom também que se diga que quem escreveu os trechos bíblicos sobre os dízimos e ofertas foram os que se beneficiavam dos mesmos. Tudo continua na mesmice, pois quem defende a obrigação da contribuição do dízimo (10%) e da doação de ofertas são os que vivem deles e ainda dizem que tudo é para Deus. Existem hoje construções caríssimas de templos suntuosos, nas quais se gastam milhões de reais sem matar a fome de ninguém, mas servem para imporem uma poderosa e até temerosa presença da Divindade. O que se vê são pactos com falsos deuses, os quais são apresentados como se fossem o verdadeiro Deus.
A vileza de alguns pregadores tornou-se tão enganadora e envolvente, quando dizem que eles recebem fisicamente os dízimos e as ofertas no Altar físico, mas do outro lado Jesus, em pessoa, toma nota de tudo no Livro da Vida; e, quando chegar a hora do julgamento não adianta reclamar, pois Jesus só poderá registrar o seu nome no Livro se você cumpriu fielmente as suas obrigações para com Deus e sua Igreja. Também dizem que só querem colaboradores para o programa se eles se sentirem chamados por Deus. Caso não sejam tocados por Deus, eles também não os querem como patrocinadores, pois não foram escolhidos por Deus e eles só querem os eleitos de Deus.
Nunca se pode usar o nome de Deus em vão. Existem muitos fundadores de religiões que são lobos rapaces, que estão construindo fossos e abismos, dos quais terão muito dificuldade para sair. Cuidado com as pessoas que utilizam das religiões para se enriquecerem e terem mordomias!
Rosário Américo de Resende. Belo Horizonte, 13/05/2004.

8 - Bíblia - publicado em 04/01/2006.
Parabéns ao irmão Edson Martins pelo artigo: “Bíblia” de 02/01/2006. Irmão, não podemos ficar presos às traduções e até a algumas palavras encontradas hoje na Bíblia. Digo que para comentar algo sobre a Bíblia é necessário conhecimento, honestidade, clareza e sabedoria como faz um verdadeiro profeta. Não se podem distorcer os fatos como fazem alguns interesseiros, que só estão atrás das coisas de César.
A Bíblia é uma obra prima sobre a própria magia, que é plena de segredos. A magia tem os seus segredos quase indecifráveis e quando alguém os decifra e não possui a defesa necessária torna-se um alvo fácil para a própria magia, por isso o medo de muitos até de falarem o nome de Deus. Existem na Bíblia ensinamentos de magia pata todos os interesses. A Bíblia está cheia de sacrifícios de sangue e isso não pode ser agradável a Deus, o eternamente bom e perfeito. Quem evoluiu não foi Deus, mas nós, espíritos criados encarnados ou desencarnados, já que não aceitamos mais nenhum tipo de sacrifício de sangue.
Bíblia é uma palavra grega, que não foi traduzida e é o plural de “biblion” (livro) em grego. A Bíblia é o livro sagrado para judeus e cristãos. A Bíblia sempre tem razão. Os erros, que parecem que estão na Bíblia, não são da Bíblia, mas daqueles que não a entenderam e disseram, como ainda dizem que ela é a palavra de Deus. Muitos espertalhões utilizaram e utilizam da Bíblia para enganar e explorar os próprios irmãos. Existem muitos falsos Cristos e falsos profetas que tentaram, tentam e tentarão enganar até aos eleitos (Mt 24,24) e muitos espíritos agiram como ainda agem de uma maneira não correta e nem para o bem, assumindo ou usurpando o lugar de Deus. A Bíblia revela toda a verdade. Para entendermos e compreendermos a verdade temos que estudar, pesquisar e perscrutar as Escrituras. Também é necessário nos silenciar para que possamos ouvir e sentir a espiritualidade, neste ato de silêncio podemos até ouvir a Deus. Ninguém é dono de Deus.
A verdade é como uma espada fulminante e flamejante, que assusta e amedronta a qualquer falso profeta ou lobo vestido com peles de ovelhas, ou faz com que os verdadeiros, sábios e humildes discípulos de Jesus se calam, refugiando-se na inexpugnável fortaleza do silêncio.
A verdade absoluta é Deus. É Deus mesmo que escolhe e aprova os seus profetas ou representantes e não os rituais, as leis, as normas, as liturgias criadas e desenvolvidas por homens, processos estes que, em muitas vezes, cassam até a nossa liberdade de pensar.
Hoje gosto de falar assim: “Apaga tudo o que aprendeste sobre a Bíblia Sagrada, mas não a jogue fora, guarde-a muito bem mesmo, pois a Bíblia Sagrada é uma fonte inesgotável de ensinamentos e sabedoria”. Rosário Américo de Resende. Ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 02/01/2006.
.............
Paz plena... Rosário. (Continua)


Editado pela última vez por Rosário em Ter, 09/Dez/2008 19:36, em um total de 3 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 29/Dez/2007 16:54 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço (Continuação).
No meu ponto de vista todos os que estão buscando uma melhor compreensão da VERDADE não pode nunca deixar ou abandonar a Bíblia. Eis aqui alguns artigos meus, que já foram publicaldos no jornal sobre a Bíblia, que não é a palavra de DEUS:

9 - A Bíblia e a vingança - publicado em 23/07/2006.
Estou enviando novamente este artigo sobre casos de vingança na Bíblia. O pior é que as vinganças são apresentadas como se viessem da parte de Deus.
Temos que mostrar para todos os seres humanos que Deus é bom, é ótimo e quer o melhor para todos. Todas estas guerras atuais e antigas, que foram feitas em nome de Deus, são meios de homens enganarem a outros homens e ainda usam falsamente o nome de Deus.
Não existe a tal de "guerra santa". Isso é a maior ignorância praticada por seres humanos e em muitos casos, os homens que as dirigem são orientados por "espíritos" da mesma categoria deles. Por falta de entendimento e conhecimento, muitos julgam que tais espíritos guerreiros e vingadores eram ou são o próprio Deus.
Temos que dar um fim nas guerras da humanidade, pois se tratam das maiores ignorâncias praticadas pelos seres humanos. Jesus veio nos ensinar o caminho do PERDÃO e do AMOR. Os cristãos ainda nos apresentam um Deus anticristão, pois nos falam de um Deus que vinga. Isso nunca podia ter sido aceito como algo de BOM (e.mail, publicado).
(Artigo, não publicado) Deus é a plenitude da perfeição em todos os aspectos. Ele deu o livre-arbítrio a tudo que foi criado, então respeita a liberdade de todos.
A vingança é um vil e nefando ato praticado só por quem ainda não é perfeito. Então quem vinga ainda não é puro e nem sentiu a presença da Divindade, pois só poderá ver a Deus aquele que tem puro o coração. Toda vez que deparamos com atos de vingança na Bíblia os verdadeiros sábios entendem que esses não são divinos, mas são originados de agentes da discórdia e da confusão tanto do plano físico como do espiritual.
Exemplos de vingança nas páginas da Bíblia: “Iahweh arrependeu-se de ter feito o homem sobre a terra, e afligiu-se o seu coração. E disse Iahweh: “Farei desaparecer da superfície do solo os homens que criei e com os homens os animais, os répteis e as aves do céu, porque me arrependo de os ter feito”” (Gn 6,6 e 7). “Ele (Moisés) lhes disse: “Assim fala Iahweh, o Deus de Israel: Cinja, cada um de vós, a espada sobre o lado, passai e tornai a passar pelo acampamento, de porta em porta, e mate, cada qual, a seu irmão, a seu amigo, a seu parente” (Ex 32,27). “Então Iahweh enviou contra o povo serpentes abrasadoras, cuja mordedura fez perecer muita gente em Israel” (Nm 21,6). “Mas os filhos de Israel tornaram-se culpados de violação do anátema e a ira de Iahweh inflamou-se contra os filhos de Israel” (Js 7,1). “Então o espírito de Iahweh caiu sobre ele e se apossou dele, e ele desceu a Ascalon, matou trinta homens” (Jz 14,19). “Sansão invocou a Iahweh e exclamou: “Senhor Iahweh, eu te suplico, vem em meu auxílio; dá-me forças ainda esta vez, ó Deus, para que, de um só golpe, eu me vingue dos filisteus por causa dos meus olhos”. E disse: “Morra eu com os filisteus!”” (Jz 16,28 e 30). “Então a ira de Iahweh se acendeu contra Oza; e ali mesmo Deus o feriu por causa da sua falta, e ele morreu, ali, ao lado da Arca de Deus” (2Sm 6,7). “É Iahweh que é Deus!”. Elias lhes disse: “Prendei os profetas de Baal; que nenhum deles escape!” e eles os prenderam. Elias fê-los descer para perto da torrente do Quison e lá os degolou” (1Rs 18,39 e 40). “Assim fala Iahweh: “Eis que estou para fazer cair a desgraça sobre esse lugar e sobre seus habitantes. Minha ira se inflamou contra esse lugar e ela não se aplacará””(2Rs 22,16 e 17). “Pois chegou o Grande Dia da sua ira, e quem poderá ficar de pé” (Ap 6,17).
Jesus, que é a prova viva da bondade, sabedoria e perfeição de Deus, nos apresentou um Deus cheio de amor e compreensão, então toda vez que encontrarmos atos de vingança na Bíblia podemos ter toda certeza que eles não são divinos, mas de espíritos enganadores e trevosos. Estes agiram para as trevas e, em vão, fazem de tudo para que o Bem e o Amor não vençam, mas a vitória do Bem e do Amor é coisa mais certa que existe. Paz plena para todos. Rosário A. de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 15/05/2006.

10 - Está na Bíblia - publicado em 08/08/2006.
Parabéns ao leitor Plínio Daniel Lins Brandão pelo artigo: “A Bíblia”, de 29/07, pois você nos dá mais oportunidades de escrever sobre a Bíblia. Concordo com as teses do colunista José Reis Chaves. Já ouvi a frase: “Está na Bíblia” por muitas vezes, mas quem diz isso não entende bem a Bíblia. A Bíblia não é a palavra de Deus, mas um livro de profundos e fantásticos ensinamentos.
A quem utiliza da Bíblia para firmar que Jesus é Deus, digo que também utilizo da Bíblia para provar que não é, como: “Vou para o Pai. O pai é maior do que eu” (Jo 14,12c e 28). A frase: “Quem me enviou”, é repetida 20 vezes, o verbo “enviou” ainda aparece outras 15 vezes, “enviastes” 7 vezes e isso só no Evangelho Segundo São João. Se Jesus fosse Deus, então Deus não podia ser um enviado dele mesmo. Existe ainda muita ignorância sendo dita e ensinada por muitos.
Já a frase: “Eu e o Pai somos um” (Jo 10,30) é uma demonstração clara de que Jesus tinha uma sintonia perfeita com Deus e foi médium de Deus, como o Chico Xavier foi médium do Emmanuel e de muitos outros espíritos.
Mesmo tempo estudado por 9 anos num seminário, de 1957 a 1966, só passei a entender melhor a Bíblia após o meu nascimento do alto (Jo 3,3 e 7) ou o meu afloramento mediúnico. Compreendi que não existem as penas eternas; que muitos espíritos de guerreiros passaram a agir mediunicamente como se fossem o próprio Deus; que não foi o sangue de Jesus derramado na cruz que nos salva, mas os ensinamentos que ele nos trouxe e a prática do perdão e do amor. A perseguição e condenação à morte de Jesus na cruz é algo semelhante às perseguições, torturas e mortes nas fogueiras realizadas pela inquisição da Igreja Católica Apostólica Romana por 7 séculos. Rosário A. Resende. Ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 31/07/2006.

11 - A Bíblia e a paz - publicado em 20/08/2006.
Meu irmão Eustáquio Duarte, muito obrigado pelo seu artigo: “O pacifista” de 16/08, pois me deu mais uma oportunidade de falar sobre a paz. Todos querem viver bem e em paz, mas para isso temos que aprender a conviver bem e em paz.
A partir de 1980 derrubei todos os muros, que dividem os religiosos e passei a ir a qualquer templo religioso para aprender e entender mais sobre o porquê das divisões e divergências dos religiosos. Tive que afastar de muitas casas religiosas só porque defendia a união das religiões e ou a paz.
Fui estudar e pesquisar na Bíblia tudo sobre a paz e encontrei as fantásticas profecias sobre a paz, vi e entendi como quase todos os teólogos de todas as religiões não entendiam os ensinamentos bíblicos sobre a paz e nem viviam conforme os mesmos. Vou citar alguns: “Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra” (Mt 5,4). “Então haverá um só rebanho, um só pastor” (Jo 10,16). “Ele julgará as nações, ele corrigirá a muitos povos. Estes quebrarão as suas espadas, transformando-as em relhas, e as suas lanças, a fim de fazerem podadeiras. Uma nação não levantará a espada contra a outra, e nem se aprenderá mais a fazer guerra” (Is 2,4) e “Como são belos, sobre os montes, os pés do mensageiro que anuncia a paz, do que proclama boas novas e anuncia a salvação, do que diz a Sião: ‘O teu Deus reina’” (Is 52,7). Isaías é o profeta da paz e da era messiânica, que está próxima e todos receberão os frutos da paz plena. RAR-BH. 18/08/2006.
............
Paz plena... Rosário. (Continua)


Editado pela última vez por Rosário em Ter, 09/Dez/2008 19:37, em um total de 2 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 29/Dez/2007 16:57 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço (Continuação).
No meu ponto de vista todos os que estão buscando uma melhor compreensão da VERDADE não pode nunca deixar ou abandonar a Bíblia. Eis aqui alguns artigos meus, que já foram publicaldos no jornal sobre a Bíblia, que não é a palavra de DEUS:

12 - Deus e a Bíblia - publicado em 26/08/2006.
Em função de vários artigos sobre religião, que já saíram nestes conceituado jornal O TEMPO, que nos permitem ir buscando uma compreensão melhor de Deus e da espiritualidade, resolvi escrever mais sobre o assunto, pois no dia 24/08 fiquei até chocado com o artigo: “Deus fracassou” no nosso irmão C. Imbasshy.
Deus realmente dirige tudo em todo o Cosmo e não só na terra, mas também respeita a liberdade de todos nós, porque ele é bom e plenamente sábio. Deus iniciou a criação, que se tornou semi-eterna, mas todo espírito criado também pode ser um criador.
A Bíblia não é a palavra de Deus, mas um conjunto de livros com profundos, fantásticos e esclarecedores ensinamentos, que se forem bem cumpridos, conduzem-nos à perfeição. Os espíritos criados se evoluem e vão se aperfeiçoando, estes sim, encarnados e desencarnados, são os responsáveis pela criação da Bíblia. Muitos deles, por causa da ignorância dos seres humanos, assumiram o lugar de Deus e complicaram tudo, pois criaram um labirinto, quase inexplorável, na vida evolutiva da humanidade.
Ainda pela falta de conhecimento e capacidade de entendimento dos seres humanos, muitos espertalhões vão tirando da Bíblia aquilo que mais os interessa e passam a explorar os seus semelhantes, usando o nome de Deus em vão. Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 24/08/2006.

13 - Bíblia - publicado em 12/12/2006.
Parabéns ao colunista José Reis Chaves pelo artigo: “O que é e o que não é a Bíblia” de 27/11, pois podemos entender um pouco mais sobre a Bíblia quando pessoas possam pensar e comentar livremente sobre a mesma.
Um grande erro teológico, que foi imposto pelos líderes religiosos, é o conceito de que a Bíblia é a palavra de Deus. A Bíblia e as traduções bíblicas são inspiradas por espíritos, como todos os outros livros também o são. O espírito, que inspira, é do mesmo nível evolutivo do autor do livro bíblico ou não. Todo espírito encarnado tem o seu companheiro desencarnado ou o seu anjo de guarda. A vitória do encarnado é também uma vitória do seu anjo de guarda, pois é um trabalho em dupla.
Ninguém reencarnaria livremente se não tivesse uma garantia de uma proteção e de que só tem possibilidade de melhorar. Cada um está num nível evolutivo e só existe a evolução, então não existe a involução.
Deus é uno e não é trino. Dizer que Deus é trino foi e ainda é um dos maiores erros teológicos. A idéia sobre a “trindade divina” originou-se da geração de um ser humano: pai, mãe e filho ou filha. O conhecimento sobre a geração de um novo ser humano foi transferido para o plano invisível e teológico, como se o início da criação fosse um processo semelhante ao do nascimento de um novo ser humano. Assim surgiram-se muitas mitologias sobre o início da vida humana na terra e sobre o início da criação cósmica. RAR. BH. 31/11/2006.

14 - Bíblia - publicado em 07/07/2007.
Parabéns ao colunista José Reis Chaves pelo artigo: “Alterações na Bíblia” (Opinião 25/6), que vem esclarecer com explicações lógicas, racionais e simples o grande enigma que é a Bíblia.
Durante séculos e até milênios foi ensinado pelos teólogos cristãos e judeus que a Bíblia era a palavra de deus. E todo aquele que não aceitava esse princípio imposto e até tirânico era considerado como herege e tinha que eliminado da face da terra. Tudo isso aconteceu em função do medo de perder o poder por aquelas pessoas, que conquistaram o direito de serem os representantes de Deus na terra. Falar contra a Bíblia era um crime imperdoável e uma causa justa para ser condenado à morte.
Mas também está escrito na Bíblia que a hora certa só o Pai sabe. A hora certa os anjos não sabem e nem o filho sabe. Para tudo tem uma hora certa e só entende isso todo aquele que nasce do alto (João 3,7). Jesus foi condenado à morte de cruz porque anunciou que era filho de Deus. Martinho Lutero conseguiu tirar a Bíblia do poder absoluto e tirânico de Roma. Allan Kardec deu um outro grande passo e descobriu as leis que regem as comunicações entre os planos espirituais e físicos ou entre os espíritos desencarnados com os encarnados. E assim foi possível explicar e provar que a Bíblia não é a palavra de Deus, mas um sistema codificado das comunicações entre os espíritos encarnados e desencarnados e que foi decodificado por Allan Kardec.
Rosário Américo de Resende. Ex-professor da UFMG. B. Hte, 25/06/2007.
Outros endereços com trechos sobre a Bíblia:
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=94372#p94372

viewtopic.php?f=12&t=4615&p=94373#p94373

viewtopic.php?f=12&t=4615&p=94375#p94375

viewtopic.php?f=12&t=4615&p=94376#p94376
.............
Paz plena... Rosário.


Editado pela última vez por Rosário em Ter, 09/Dez/2008 19:41, em um total de 3 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Ter, 01/Jan/2008 09:08 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço para todos e que a PAZ habite o coração de cada um.
Na minha busca para entender o que acontecia comigo e ir compreendendo cada vez mais a VERDADE, que liberta escrevi essa carta para o Valdete, um médium que conheci no início de minhas reuniões no Centro Espírita Irmão Mateus em 1984 e com o qual tive alguns diálogos também.
Mas em função do meu pouco conhecimento e como ainda estava desenvolvendo a minha mediunidade os dirigentes do Centro me trocaram de reunião, perdendo assim o contato com o amigo Valdete.
Em 2.002 eu a Malvina, minha esposa, tivemos um encontro casual com ele no Mercado Central e ele nos convidou para ir ao Centro Espírita Irmão Gúbio, do qual ele era o presidente. Fomos e freqüentamos reuniões lá por alguns meses. E afastei no 2º semestre, mas escrevi para ele essa carta, que está no tópico "Revelações do forista Rosário":

Inicio da Carta para o Valdete: Umbanda e início no Kardecismo:
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=94519#p94519

Reuniões do Copo e de Candomblé, Cultura Racional:
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=94520#p94520

TVP e as 7 lâminas(?): um absurdo para mim:
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=94522#p94522

O Marrom e o Centro de Lúcifer:
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=82885#p82885
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=82887#p82887

Irene Zelak, TVP e sexo com espíritos:
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=117400#p117400

Movimento Gnóstico e Grupo Ramatis: 21/08/2002):
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=94523#p94523

Final da carta para o Valdete: Reencontro e Saída do Gúbio:
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=94524#p94524

Cada um é o único e primeiro responsável pela própria evolução e para isso temos que aprender de tudo e a viver conforme os ensinamentos de Jesus: perdoando e amando sempre a todos.
Podemos sim receber auxílio dos outros, mas só iremos ter o conhecimento daquilo que realmente aprendemos e colocamos em prática. Então passamos a SER o que somos.
Paz plena... Rosário.


Editado pela última vez por Rosário em Dom, 14/Dez/2008 18:42, em um total de 2 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sex, 04/Jan/2008 17:20 
Offline
CLONE

Registrado em: Sex, 07/Dez/2007 14:33
Mensagens: 10
Rosario

Leio em seus textos, muitas referencias a "verdade". O que me faz colocar algumas perguntas:

O que é a verdade?
A verdade é absoluta?
Existe verdade relativa?
Quais os critérios para algo ser verdade absoluta?
Verdades pessoais serão verdades?

Por favor responda em no maximo 5 linhas. Se voce sabe o que realmente seja a "verdade" será mais que suficiente. Sem citações bíblicas.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sex, 04/Jan/2008 20:32 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... PPR, um grande abraço.
Vou tentar dar uma resposta bem curta e clara.
Primeiro quero dizer que existem várias características e níveis de verdade: existem as verdades individuais, as verdades com relação aos acontecimentos, as verdades relativas, as verdades absolutas e a Verdade Absoluta.
Citação:
O que é a verdade?
Em princípio é aquilo que realmente aconteceu e então é. Agora cada um tem a verdade dele, que é a verdade individual dele. Também podemos falar da identidade cósmica de cada espírito em sua caminhada evolutiva. E cada um tem a sua identidade.
Citação:
A verdade é absoluta?
As verdades absolutas são verdades até que encontramos outras verdades mais racionais do que as anteriores, que se tornam verdades relativas.
A Verdade Absoluta é DEUS.
Citação:
Existe verdade relativa?
A verdade relativa é quando aprendemos que algo é verdadeiro ou que é a verdade, mas quando passamos a conhecer outras verdades, então podemos falar que as primeiras verdades eram relativas. Pois, à medida que aprendemos mais, deixam de ser verdades.
Citação:
Quais os critérios para algo ser verdade absoluta?
Falar em critérios para entender a verdade absoluta, que é DEUS, julgo que isso se torna complexo, pois sabemos mais o que DEUS não é do que o que DEUS é, como já disseram vários teólogos.
Citação:
Verdades pessoais serão verdades?
As verdades pessoais são verdades sim. Exemplo: a identidade de alguém em uma vida é a verdade dele, mas também existe a identidade cósmica de cada um. A filiação de cada um de nós e etc.
E é quando aprendemos sobre a nossa identidade cósmica que nos sentimos realmente livres e as identidades de cada encarnação passam a ser mini-identidades daquele ser cósmico, que está em constante evolução.
Caso não ficou bem claro pode perguntar mais, que tentarei explicar mais.
Paz plena... Rosário.


Editado pela última vez por Rosário em Sex, 18/Mai/2018 21:57, em um total de 2 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 05/Jan/2008 09:39 
Offline
CLONE

Registrado em: Sex, 07/Dez/2007 14:33
Mensagens: 10
Citação:
existem as verdades individuais, as verdades com relação aos acontecimentos, as verdades relativas, as verdades absolutas e a Verdade Absoluta

Citação:
..... cada um tem a verdade dele, que é a verdade individual dele..... As verdades absolutas são verdades até que encontramos outras verdades mais racionais do que as anteriores, que se tornam verdades relativas.....A verdade relativa é quando aprendemos que algo é verdadeiro ou que é a verdade, mas quando passamos a conhecer outras verdades, então podemos falar que as primeiras verdades eram relativas. Pois, à medida que aprendemos mais, deixam de ser verdades.....

Citação:
....As verdades pessoais são verdades sim.

Rosario, um abraço para voce também

Vejo que para voce não existem inverdades. Tudo são verdades, individuais ou coletivas, relativas ou absolutas, transitorias ou perenes.

Se é assim para voce, tudo bem, esta é a sua verdade. Não sei se individual ou coletiva, relativa ou absoluta, transitoria ou perene, mas será sempre sua.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Sáb, 05/Jan/2008 13:40 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6559
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... PPR, um abraço.
Agora a gente aprende e ouve tantas falsidades ou inverdades que são ensinadas como verdade.
Tudo vai depender de quem conta as falsidades ou as inverdades e qual é o interesse desse alguém.
Exemplo um rabino diz que só a TORÁ foi uma revelação divina, já um padre diz que foi toda a BÍBLIA foi uma revelação divina e por sua vez um pastor diz que foi a Bíblia Judaica e o Novo Testamento da Bíblia.
Aí eu lhe pergunto qual deles está falando a verdade? Ou nenhum deles fala a verdade, mas eles julgam que falam a verdade.
Outro exemplo: Quase todos filhos conhecem as mães deles e um número menor conhecem os pais deles. Mas cada um tem isso como verdade e verdade absoluta. No dia em que alguém descobrir que o pai dele não é aquele que ele julga ser, aquilo que era verdade para ele passa a ser um pesadelo, mas ele só vai ter a certeza se a mãe dele contar para ele em segredo.
E ai a casa pode cair na cabeça dessa pessoa.
A mesma coisa podemos falar de um filho adotivo, que não sabia que era e fica sabendo. E aí a verdade para aquela pessoa passa a ser uma notícia terrível, mas é a verdade e ele viveu muito tempo sob uma inverdade para não dizer mentira.

Quando eu entendi que tinha aprendido muitas coisas como verdadeiras, mas não eram, eu então passei a ser perscrutador da VERDADE.
Hoje eu já sei quem eu sou, sei de onde vim, sei para que e porquê aqui estou. Mas isso não foi aceito ainda por quase ninguém.
E aqueles que passam a entender o que faço, quando têm muito conhecimento então deixam de discutir comigo, já outros, que possuem outros tipos de crenças ou de conhecimentos, dizem que eu estou sendo envolvido pelo demônio, que se transforma em um anjo de luz para enganar a gente.
Agora a VERDADE É e nada pode mudar aquilo que É. E é por isso que podemos também dizer que DEUS É O ETERNO PRESENTE
Paz plena... Rosário.


Editado pela última vez por Rosário em Sex, 18/Mai/2018 22:06, em um total de 4 vezes.

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Dom, 06/Jan/2008 09:27 
Offline
CLONE

Registrado em: Sex, 07/Dez/2007 14:33
Mensagens: 10
Citação:
Agora a gente aprende e ouvi tantas falsidades ou inverdades que são ensinadas como verdade.
Tudo vai depender de quem conta as falsidades ou as inverdades e qual é o interesse desse alguém.

Rosario, um abraço.

Agora voce me confundiu. No post anterior voce afirmou que existem muitas verdades, todas reais e válidas. Agora, no entanto, voce acrescenta que existem inverdades ou falsidades. E então fico sem entender o que seja “verdade” para voce.

A pergunta continua:
O que é “verdade”?
Em no máximo 5 linhas e sem citações, de preferencia.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 429 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 29  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB