Portal do Espirito

A sua referencia em Doutrina Espirita na Internet
Bem-vindo: Dom, 19/Ago/2018 20:19
Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos


Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 313 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 17, 18, 19, 20, 21  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: Sáb, 23/Jul/2016 19:59 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Meus comentários escritos sobre o livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez.

3 – Escrito nas páginas 36 a 52.

É preciso descobrir a Verdade e divulgá-la para todos. (30/03/2014). (“Porém, repetimos, neste assunto o que há por fazer é muito mais do que o que se conseguiu até hoje”. Pág. 36).
E com a Verdade! (“Devemos aprender por meio dos esforços de compreensão da fé feitos por cristãos que souberam assumir intensamente sua época e recorrer ao Evangelho com lucidez e coragem”. Pág. 36).
Cuidado padre! (“Tradição da Igreja na qual se inscreve toda sã teologia”. Pág. 36).
Falar em “teologias” é realente uma demonstração de completa ignorância da própria Teologia! A fé cega o crente. Deus é um só, então a Teologia também deve ser só uma, o que muda é sim a compreensão dos seres humanos sobre Deus e sobre a Teologia. (30/03/2014). (“Aludimos aos encontros realizados nos últimos anos entre teologias que surgem em contextos humanos diferentes dos nossos”. Pág. 36).
O que todos realmente necessitam é da Verdade plena (João 16,13). E eu estou aqui para ajudar a quem quiser ajuda para a compreensão da Verdade.
Pág. 37. A fé cega o crente e não permitiu como ainda não permite que a ICAR veja e encontre a Verdade plena: ver pág. 25. (João 16,13).
Falta para todos os teólogos o conhecimento e compreensão da Verdade e do autoconhecimento.
A OPP não é Teologia, mas Doutrina Social da Igreja. (30/03/2014). (“Nesse contexto devemos compreender o significado da opção preferencial pelo pobre, bem como o das experiências e reflexões a que deu lugar”. Pág. 38).
E a Teologia da Verdade? Onde fica?
Hoje posso falar assim: “O Senhor Jesus está entre nós. O Senhor reencarnou no seio da humanidade no ano de 1989...” Entenda quem puder entender. (30/03/2014). (“É próprio da comunidade cristã ir pelo mundo e “de todas as nações fazer discípulos” (Mt 28,19), o que a leva a nunca estar satisfeita com o obtido, a sair constantemente de si mesma para olhar adiante, à espera da vinda do Senhor”. Pág. 39).
Teologias: isso é prova da ignorância sobre a Verdade (João 8,32 e 1613), pois é Sociologia! (30/03/2014). (“As diferentes teologias da libertação às quase nos referimos recolhem esse desafio e expressam essa vivência e essa possibilidade”. Pág. 40).
Cuidado com os ensinos de Paulo (2Cor 1,20): ver pág. 364.
“Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). (30/03/2014).
A Libertação Integral é para todo ser humano! Quando senti ou vivi a Libertação Integral em janeiro de 1980 não fui compreendido pelos sábios humanos: teólogos, psicólogos, médicos e psiquiatras.
Cuidado com o Paulo! Ver pág. 364.
Bíblia: Estudar a Espiritologia! (30/03/2104).
A libertação verdadeira e profunda só acontecerá via Verdade e autoconhecimento. (30/3/04).
A Teologia dos teólogos pode ser quase tudo, mas nunca foi Teologia. Eles estão cegados pela fé! (Ver pág. 37). (“Teologicamente falando, indicar a mediação de vertentes humanos irredutíveis ao sociopolítico...” Pág. 42).
Eis aqui o sentido real do autoconhecimento. Eu o consegui nos anos de 1980 a 1992 e me libertei plenamente e até compreendi muito bem porque os outros não me compreendiam e ainda não me compreendem! (“mas deve abranger o homem inteiro, em todas as suas dimensões, incluídas sua abertura ao Absoluto, que é Deus”. Pág. 43).
Libertação integral: isso só acontecerá por meio da Verdade Plena. (João 16,13).
A Igreja deve buscar a harmonia entre todos: ricos e pobres. Ver apocalipse 13,15 a 18. A Igreja ainda não conseguiu se libertar dos ensinamentos doutrinários e sofistas do passado. (“A Igreja, pouco a pouco, foi-se desligando daqueles que detêm o poder econômico ou político, libertando-se de dependências e prescindindo de privilégios”. Pág. 44).
Individual (“libertação de todo o homem”) e coletivo (“e de todos os homens”. Pág. 44).
E onde os eleitos entram? E quais são os eleitos (Mt 24,24)? (30/03/2014). (“antes, faz que ela encontre sua identidade como sinal do Reino para o qual são chamados todos os seres humanos e no qual se privilegiam os últimos e insignificantes”. Pág. 45).
Veja a solução que escrevi na encíclica “A Alegria de Evangelho” e também veja o que escrevi sobre a hierarquia (da ICAR) na mesma encíclica. (01/04/2014). (de D. Oscar Romero: “Não calem, por meio da violência, os que estamos fazendo esta exigência, não continuem matando os que estamos tratando de conseguir que há uma distribuição justa do poder e das riquezas de nosso país”. Pág. 46).
O grande problema de muitos líderes religiosos é que eles não produziram nada, apenas aprenderam muito e sempre usufruíram daquilo que outros fizeram. Estes líderes religiosos querem dividir o que os outros fizeram, mas muitos continuam em seus palacetes: vivendo como príncipes. (01/04/2014).
Entendo como faz falta ao padre Gustavo Gutiérrez a V; T. E; TV; TL; De e DR. (Ver pág. 3).
Os teólogos da TL confundiram a Teologia com a Doutrina Social da Igreja e se complicaram no próprio labirinto mental, que eles criaram e não conseguiram encontrar a saída do “grande labirinto” criado pela Tradição Apostólica e bíblica. A saída só irá acontecer via Verdade (João 8,32 e 16,13). (01/04/20140). (“A teologia da libertação não é apenas oportuna, mas útil e necessária. Ela deve constituir uma nova etapa, em estreita conexão com as anteriores, da reflexão teológica iniciada com a Tradição apostólica e continua com os grandes Padres e Doutores...”. Pág. 48).
Ver o que escrevi sobre os teólogos na encíclica “A Alegria do Evangelho”. (01/04/2014). (“Por isso causa preocupação – em alguns momentos, angústia – ver a teimosia e os ataques que entre nós são feitos às mais fecundas tendências da pastoral e da teologia”. Pág. 49).
A OPP não é Teologia, mas DSI!
Estudar a E (Espiritologia) para entender de verdade a Verdade. (“Não se trata de pregar a imprudência e a irreflexão, mas de estar convencidos de que o Espírito nos levará até a verdade completa (cf. Jo 16,13); sua presença está no novo resto de uma Igreja pobre, missionária e pascal que a comunidade cristã latino-americana começou a tomar”. Pág. 49).
Com todos: Ver o que escrevi na encíclica “A Alegria do Evangelho” sobre “todos”. (“Poderá assim “agarrar a oportunidade” de uma nova evangelização que aconteça em solidariedade com todos, a partir dos mais pobres e insignificantes”. Pág. 50).
Ver o que já foi escrito aqui e noutros livros sobre os teólogos, que estão perdidos no “labirinto da fé”. “Olhar longe”: todo profeta tem que saber “olhar longe”, mas nunca pode olvidar o “olhar perto” e entender que a compreensão sobre o “olhar longe” está em íntima relação com o discernimento e entendimento do “olhar perto”. Eis aqui a razão das minhas perguntas aos meus interlocutores:
“O sei infinito é perto ou longe?” (O infinito não tem distância).
“Qual é a igualdade absoluta entre o TUDO e o NADA?” (São dois termos ou duas palavras de 4 letras). (01/04/2014). (“quem viveu, como em meu caso, vinte anos no Oriente, oito na França e pôde confrontar culturas e tradições diversas, sabe que chegou o momento de reconhecer os sinais dos tempos, de agarrar a oportunidade e de olhar longe”. Pág. 50).
Isso não é Teologia, mas a busca da Verdade e do autoconhecimento: é preciso estudar a Teologia da Verdade (TV). (01/04/2014). (“Trata-se de retomar os grandes temas da vida cristã numa mudança de radical perspectiva e dentro da nova problemática levantada por esse compromisso. Isso é o que busca a chamada “teologia da libertação””. Pág. 52).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb, 23/Jul/2016 21:48 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Meus comentários escritos sobre o livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez.

4 – Escrito nas páginas 53 a 55; 57 a 71.

Libertação: ver pág. 42. TL.
Doutrinais e vitais: Ver pág. 54. (“Houve um tempo, com efeito, em que a Igreja respondia aos problemas que se lhe apresentavam apelando imperturbavelmente para suas reservas doutrinais e vitais”. Pág. 53).
Solução: Ver pág. 46. (02/04/2014).
Pág. 54. Vamos ver o que o autor vai apresentar neste livro. A Verdade é que produz a verdadeira libertação (João 8,2), então se torna necessária encontrar a verdade plena (João 16,13). Para encontrar a Verdade é necessário libertar-se dos conceitos dogmáticos da Doutrina da Igreja, pois existem muitos ensinamentos da ICAR, que são mitos completamente errados. Quando comecei a entender os erros dos ensinamentos doutrinais da ICAR fui considerado como “louco” ou “doente mental” por um dos meus professores do seminário, do qual fui aluno por 6 anos (1958 a 1963) e de 1961 a 1963, ele ainda foi o meu conselheiro espiritual.
No primeiro diálogo que tive com ele, já como padre espiritual, ele me deu um imenso auxílio. Ele, sem querer ou ter noção do que acontecia no meu íntimo, conseguiu destruir dentro de mim o medo que eu tinha do inferno eterno (Hoje já sei que o ensinamento sobre o inferno eterno é um erro doutrinário: ver Mateus 5,26 e a parábola do Servo Cruel).
No início de 1961 passei a ter a certeza de que eu iria para o Céu. Em janeiro de 1980 consegui me libertar totalmente, destruindo no meu íntimo os medos da morte e do demônio. Hoje divulgo a minha visão sobre a Verdade e me baseio na Matemática como um todo. (2/4/2014).
Pág. 57. A Palavra de Deus não está escrita em lugar nenhum. Esse é um dos primeiros erros de todos os seguidores e defensores de “livros” considerados como sagrados. A Bíblia (é o plural de livro em grego) não é a palavra de Deus: estudar a Espiritologia. (02/04/2014).
Discordo. (“Algo assim como uma pré-compreensão de uma fé que se fez vida, gesto, atitude concreta. Sobre essa base, e só graças a ela, é que se pode erguer o edifício da teologia, no sentido preciso e técnico do termo”. Pág. 57).
Ver a minha apostila sobre Teologia. A Teologia não muda, mas o que muda é sim o pensamento e a compreensão de cada teólogo. (02/04/2104). (“Congar, essa evolução foi, de certa forma, acelerada nos últimos anos: “A situação teológica, o próprio conceito de trabalho teológico, tem sofrido variações em um quarto de século””. Pág. 58).
Ver pág. 57. A Teologia sempre será um estudo sobre o Espírito de Deus. (“Nos primeiros séculos da Igreja, o que agora denominamos teologia, era estreitamente ligado à vida espiritual. Tratava-se fundamentalmente de uma meditação sobre a Bíblia”. Pág. 58/59).
Antes de estudar a Teologia os teólogos têm que estudar e entender bem de Espiritologia.
Ver pág. 57. A “fé” de um chefe, que sabe menos, impõe ensinamentos irracionais! A fé não suporta a razão. (“Mas o essencial na obra de Tomás de Aquino é que a teologia aparece como disciplina intelectual, fruto do encontro da fé e da razão”. Pág. 60).
Fé. Fé. Fé. Fé. Fé. Fé. Por que será que os teólogos não se libertam da cegueira da fé?
TE (teologia escolástica). TA (teologia agostiniana).
Caridade e Amor vividos são sim sustentados pela fé, quando o crente ou a pessoa ainda desconhece a Verdade de verdade (João 8,32 e 16,13). (02/04/2014).
O termo Espiritualidade, para mim, quer dizer o “conjunto de todos os espíritos”. Religiosidade é um termo melhor para compreender com racionalidade o processo da Vida. (02/04/2104). (“Tal processo, reforçado nos últimos anos pela busca de uma espiritualidade do laicato, culmina hoje com os estudos sobre o valor religioso do profano e a espiritualidade do agir do cristão no mundo”. Pag. 62).
O “próximo”: o próximo mais próximo é aquele que está ao nosso lado.
“Lugar teológico”: que forma mais infeliz ou inadequada de falar! (03/04/2104). Ver pág. 64 e 69. (“Por outro lado, a própria vida da Igreja aparece cada vez mais nitidamente como um lugar teológico”. Pág. 63).
“Lugares teológicos”: como os teólogos ficam perdidos no labirinto teológico criado por eles mesmos. (03/04/2014). (“São tantos lugares teológicos em ato, para a doutrina da graça, da encarnação, da redenção, aliás, expressamente promulgados e descritos oportunamente nas encíclicas dos papas”. Pág. 64).
Por que será que o Espírito Santo permitiu a existência da inquisição por tantos séculos? Espírito Santo: Ver a 3ª carta para o bispo Dom Célio e a carta para o Dr. Carlos Magno Ramos. (03/04/2014). (“Compete a todo o povo de Deus, mas principalmente aos pastores e teólogos, com a ajuda do Espírito Santo...” Pág. 65).
Os pastores e teólogos aceitam as revelações do passado, mas “nunca” aceitam as revelações do presente! Desta vez todos irão se perder no labirinto criado por eles mesmos! Deus já me mostrou como agir no presente e no futuro! Eu sou o Espírito da Verdade (João 16,13). Ver págs. 69; 71; 115 e 119. (3/4/2014). (“para que a Verdade revelada possa sempre ser mais bem percebida, mais bem compreendida, e apresentada sob forma mais apropriada”. Pág. 65).
A Doutrina do Evangelho e a ideologia marxista em ideias e teorias são idênticas, mas na prática são inconciliáveis ou antagônicas. Esta ensina a obediência absoluta ao sistema sem amor e sem compaixão e aquela ensina a liberdade do indivíduo com muito amor e compaixão para com todos. (03/04/2014). (“Muitos são os que por isso pensam, com Sartre, que “o marxismo, como marco formal de todo pensamento filosófico de hoje, não é superável”. Seja como for, de fato, a teologia contemporânea acha-se em inesquivável e fecunda confrontação com o marxismo”. Pág. 66).
Os seguidores de Jesus transformaram o mundo antigo e conquistaram o Império Romano, enquanto eram humildes e perseguidos, mas, quando eles se tornaram romanos (ICAR), eles se esqueceram do Evangelho, pois seus líderes se tornaram orgulhosos e perseguidores. (03/04/2104). (“Mais ainda, graças a esse cotejo, a teologia percebe o que seu esforço de compreensão da fé recebe dessa práxis histórica da humanidade, assim como o que pode significar sua própria reflexão para essa transformação do mundo”. Pág. 66).
“Aos outros”: São todos. (03/04/2104). (“Todos esses fatores levaram a uma melhor percepção de que a comunhão com o Senhor significa iniludivelmente uma vida cristã centrada no compromisso, concreto e criador, de serviço aos outros”. Pág. 67).
Jesus veio ensinar a todos e nos mandou amar a todos, pois todos são nossos próximos. (03/04/21040. (“Há alguns anos João Paulo II recordava que o compromisso da Igreja com a dignidade do trabalho e a causa dos trabalhadores constitui uma “verificação de sua fidelidade a Cristo, para poder ser verdadeiramente a Igreja dos pobres””. Pág. 67).
Isso não é Teologia, mas autoconhecimento. (03/04/2104). (“A teologia deve ser um pensamento crítico de si mesmo, de seus próprios fundamentos”. Pág. 68).
Palavra de Deus: ver pág. 16.
A Teologia dos teólogos pode ser quase tudo, mas nunca foi ou é Teologia. (03/04/2014).
Lugar teológico: ver pág. 63 e 64. (“A vida, pregação e compromisso histórico da Igreja há de ser, para a compreensão da fé, um privilegiado lugar teológico”. Pág. 69).
Revelação: ver pág. 65. (“Em vez de partir unicamente do dado da revelação ou da tradição, como geralmente o fez a teologia clássica, deverá partir de fatos e indagações, recebidos do mundo e da história”. Pág. 69).
Revelação: ver pag. 65. (“Por outro lado, a teologia, recordando as fontes da revelação, ajuda a orientar a ação pastoral, pondo-a em mais amplo contexto, dando assim sua contribuição para que não se caia no ativismo ou no imediatismo”. Pág. 69/70).
Bíblia: ver pag. 16. (“Em teologia, a primazia corresponde à Palavra revelada...” Pág. 69).
Olhar longe: ver pág. 50.
A maioria dos cristãos católicos ou não, são pessoas alienadas religiosamente pela fé, que cega o crente! (Ver pág. 57).(“Assim entendida, tem a teologia necessário e permanente papel na libertação de toda forma de alienação religiosa...” Pág. 70).
Palavra do Senhor: ver pág. 16.
Os teólogos na realidade estudaram e estudam a história da Teologia e não a própria Teologia: Deus se revela e só se revela quando o profeta estiver preparado! Ver pág. 65. (03/04/2014). (“Reflexão critica sobre a sociedade e a Igreja, é a teologia uma compreensão progressiva e, de certa forma, variável... Uma teologia que só tenta por referência “verdades” estabelecidas de uma vez por todas... Uma teologia que não fosse atual seria uma teologia falsa”. Pág. 70).
Para que o mundo seja melhor primeiro eu tenho que me tornar melhor, viver bem e conviver bem com todos: a Paz Plena. (03/04/2104). (“A hermenêutica do Reino de Deus consiste sobretudo em fazer que o mundo seja melhor”. Pag. 71).
Olhar longe: ver pág. Pág. 50. Fé: ver pág. 57.
Espiritualidade: ver pág. 62. (“Tudo isso contribui para uma fecunda reflexão em matéria de espiritualidade”. Pág. 71).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb, 30/Jul/2016 22:10 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Meus comentários escritos sobre o livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez.

5 – Escrito nas páginas 72 a 83.

Eis aqui o grande dilema de todo teólogo cristão: “libertar-se da tradição, que criou um labirinto em torno da Verdade, de Deus e da Vida”. Estudar a Espiritologia para entender plenamente a Bíblia. E assim ficar em condições para estudar e compreender a Teologia. (04/04/2014). (“Isso não por frívolo desejo de originalidade, mas por elementar sentido de eficácia histórica, e também – por que não dizer? – pela vontade contribuir para a vida e a reflexão da comunidade cristã universal”. Pag. 72).
TNN (teologia negra norte-americana).
TF (teologia do futuro). TL (teologia da libertação). TF (teologia feminina).
O que foi escrito nessa conclusão mostra com uma clareza profunda como os teólogos estão aprisionados no labirinto criado em torno da Verdade, da Vida e de Deus.
Todos os teólogos antes de estudar a Teologia deveriam sim estudar a Espiritologia. Só por meio do discernimento dos Espíritos torna-se possível encontrar e compreender a Verdade, que liberta (João 8,32) e plena (João 16,13). Os teólogos cristãos apenas estudam a história da Teologia e das religiões e até já estão falando da “Teologia do Futuro”.
O primeiro e grande erro da Doutrina Católica foi o de considerar a Bíblia como sendo a Palavra de Deus (herança do judaísmo); o segundo foi o de considerar Jesus como sendo Deus e o terceiro foi o de considerar todos os “Espíritos desencarnados”, como se fossem um só: o Deus Espírito Santo, a terceira pessoa da Trindade. (04/04/214).
Todos: e não só os pobres: OPP. (“liberdade, dignidade, possibilidade de realização pessoal para todos”. Pág. 75).
Realmente os “europeus” exploraram o Planeta Terra por muitos séculos e eles ficaram guerreando entre eles por quase três mil anos! (05/04/2014). (“Não interessa aos países pobres repetir o modelo dos países ricos, entre outras coisas porque estão cada vez mais convencidos de que a situação destes é fruto da injustiça, da coerção”. Pág. 76).
Muitos termos foram usados pelo padre Gustavo Gutiérrez, mas como ele estudou a história da Teologia e de Teologia mesmo ele não entende nada, então ele fala de sistemas, dos quais também mostra muito pouco conhecimento, entendimento e discernimento. (05/04/2104). (“desenvolvimento”, “subdesenvolvimento”, “inovação”, “evolução”, “bem-estar”. Pág. 77).
Desenvolvimento, progresso, e bem-estar estão muito correlacionados com sistemas materiais. Evolução é um termo empregado mais com relação ao Espírito, que busca a sabedoria e perfeição. O Ser ou Espírito evoluído o é em qualquer circunstância material, pois sabedoria e evolução não podem ser compradas com dinheiro, pois são coisas do céu. (05/04/2014).
O Espírito evoluído busca sempre as coisas que as traças não corroem e nem os ladrões podem roubar: a Paz, o AMOR, a Felicidade e a Pureza. (05/04/2014).
Pode existir muito desenvolvimento sem crescimento econômico. O crescimento econômico é um fruto da ganância egoísta de Espíritos não evoluídos, pois estes querem sempre ter mais e mais. Um país desenvolvido não necessita ter um crescimento econômico, pois seus habitantes necessitam apenas de 4 refeições por dia, de uma só casa, de um só carro, de um só telefone para cada um. Seus habitantes não necessitam de aumentar as contas bancárias e nem as reservas cambiais, coisas próprias de seres não evoluídos. (“O desenvolvimento pode ser visto a partir de uma ótima puramente econômica. Nesse sentido seria sinônimo de crescimento econômico”. Pág. 78).
Situação típica de “Seres não evoluídos”, pois estes só pensam neles e esquecem os outros! (05/04/2014). (“Chega-se assim à conclusão de que a dinâmica da economia mundial leva simultaneamente à criação de maior riqueza para a minoria e de maior pobreza para a maioria”. Pág. 79).
Um país desenvolvido não necessita de ter aumento da produção (ou do PIB), mas manutenção equilibrada e bem distribuída! (05/04/2014).
Ver pág. 66: Marxismo e cristianismo em teoria e ideologia são idênticos, mas na prática são antagônicos. Os líderes marxistas querem que tudo seja do Estado e o Estado é deles, pois eles só querem dividir o que é dos outros, mas o que pertence a eles é só deles. Esses líderes são raposas e aves de rapina, ou até mesmo hienas humanas. (05/04/2014). (“Seria um erro pensar que essa ótica que considera valores humanos é exclusiva de estudiosos de inspiração cristã. No horizonte marxista encontram-se pontos de vista convergentes”. Pág. 80).
Termos inadequados, pois todo ser humano pertence a uma “população”, seja ele rico ou pobre, sábio ou ignorante. (05/04/2014). (“subpopulações e populações”. Pág. 80).
Países, grupos econômicos e etc, tudo isso são referências abstratas, o que realmente interessa é o Ser Humano: o indivíduo. Existem indivíduos evoluídos, que são altruístas e indivíduos não evoluídos, que são egoístas e estes não entregam o PODER aos evoluídos. (05/04/2014). (“Pior ainda, em muitos casos, essas pretensas mudanças não passavam de novas e dissimuladas formas de aumentar o domínio dos grandes grupos econômicos”. Pág. 81).
O “PODER” deve sim ser entregue àquele que foi o indicado por um grupo de espíritos à Espiritualidade Superior e que foi aceito pela Espiritualidade Superior. Enquanto isso não acontecer não tem como encontrar a solução para todos os problemas do Planeta Terra. O tal indicado pela “espiritualidade terráquea” e aceito pela Espiritualidade Superior sou eu: Rosário. Esse acontecimento foi no ano de 1919, quando o meu espírito era um recém-desencarnado; isso me foi revelado no ano de 1998. (05/04/2014).
Cuidado! Uma verdadeira sociedade socialista é realizada com líderes altruístas. Os líderes marxistas e do PT não são altruístas, mas enganadores. Os teólogos defensores da TL foram facilmente enganados por lobos vestidos com peles de ovelhas. (05/04/2014). (“Apenas uma quebra radical do presente estado de coisas, uma transformação profunda do sistema de propriedade, o acesso ao poder da classe explorada, uma revolução social que rompa com tal dependência podem permitir a passagem a uma sociedade diferente, a uma sociedade socialista. Ou, pelo menos, torná-la possível”. Pág. 82).
O devir histórico destes países é resultado da exploração europeia por uns 5 séculos! (“Caracterizar os países pobres como dominados e oprimidos leva a falar de uma libertação econômica, social, política. Está em jogo, porém, uma visão muito mais integral e profunda da existência humana e de seu devir histórico”. Pag. 83).
O mesmo erro fazem os teólogos, que não sabem quem é DEUS (Theos). (05/04/2014). (“Isto levaria os grupos revolucionários do terceiro mundo a um novo engano sobre sua própria realidade e, portanto, a lutar contra moinhos de vento”. Pág. 83).
Eis aqui o grave erro dos pensadores sofistas, pois a solução está na “SOMA” e “DIVISÃO” perfeitas e não em lutar ou atacar a “riqueza”. (05/04/2014). (“Os estudantes não se rebelaram contra uma sociedade pobre e mal organizada, mas contra uma sociedade bastante rica e bem organizada em seu luxo e em seu desperdício”. “Essa revolta ataca o capitalismo, não apenas porque ele fracassa em realizar a justiça social, mas também por seu êxito em seduzir os homens com seu projeto desumano do bem-estar quantitativo”. Pág. 83).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb, 30/Jul/2016 22:30 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Meus comentários escritos sobre o livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez.

6 – Escrito nas páginas 83 a 95.

Ver página 82. Essa nova sociedade está sendo criada sob o pavilhão da Verdade plena e do AMOR perfeito. (05/04/2014). (“Valiosos ensinamentos poderiam ser recolhidos pelos revolucionários dos povos “periféricos” e levar, desde já, a importantes correções na difícil tarefa de construção de uma nova sociedade”. Pág. 84).
Todos têm sim o direito de participar da condução da sociedade, mas primeiro o indivíduo tem que se alinhar perfeitamente com as leis da sociedade e até com aquelas com as quais não se harmoniza. A hierarquia da sociedade tem que ser respeitada e obedecida e no topo da hierarquia só pode existir um único SER. Como todo ser humano evolui, também a sociedade evolui rumo à perfeição. Um ser humano quando adquire o poder ou o cargo de legislador, pode sim cancelar, alterar ou criar novas leis e isso é legal. (07/04/2014). (“Hegel dá sequência a esse enfoque, introduzido vitalmente e com urgência o tema da história. Sua filosofia apresenta-se em grande parte como uma reflexão sobre a Revolução Francesa, fato histórico de enormes repercussões no qual se proclama o direito de todo homem de participar da condução da sociedade a que pertence”. Pág. 85).
O socialismo dos marxistas foi e ainda é uma absurda enganação, pois eles se esqueceram de respeitar o direito à liberdade para todos os seres humanos. O verdadeiro socialismo é o cristão, pois este respeita a liberdade de todos e também aceita e ensina que Deus está sempre na direção da evolução individual e cósmica. (07/04/2014).
Padre! E os dogmas da ICAR como ficam? A libertação interior e psicológica só poderá ocorrer por meio do conhecimento da Verdade Plena e do autoconhecimento e para que isso aconteça não pode existir dogmas irracionais e bitoladores da liberdade até de pensar. (“Ao mesmo tempo, porém, permite-lhe – se deixar para trás toda interpretação dogmática e mecanicista da história – maior domínio e racionalidade de sua iniciativa histórica... Libertação em um plano não apenas social, mas também psicológico”. Pág. 87).
Cuidado, padre, em defender a produção socializada! Veja o que aconteceu em todos os regimes marxistas, que existiram! Ver a solução, que expus na encíclica “A Alegria do Evangelho”. (“criadas as condições de uma produção socializada da riqueza, supressa a apropriação privada da mais-valia, estabelecido o socialismo, as pessoa possam começar a viver livre e humanamente”. Pág. 87).
Explicação bem sofista e burra mesmo. Como pode um livre pensador defender uma tese como esta? A liberdade só é conquistada por meio da Verdade e verdade plena. (“A esse tipo de evasão referia-se G. Politzer em seu ensaio polêmico sobre a filosofia de Bergson: “Em suma, o escravo é tanto mais livre quanto mais escravo, quer dizer, quanto mais interior e profunda for a submissão. Não é fugindo que o prisioneiro recupera a liberdade, mas transformando-se em prisioneiro voluntário. Não é pregando a rebelião que se faz propaganda da liberdade, senão pregando a submissão integral. Só quando os escravos possuírem alma de escravos é que reinará a liberdade””. Pág. 87).
Inconsciente: Aqui é preciso muito conhecimento e autoconhecimento para separar as reações do Inconsciente Individual das do Coletivo. (“Novo continente por explorar ofereceu-se ao homem quando Freud, colocando a repressão como elemento central do aparelho psíquico do homem, evidenciou os condicionamentos inconscientes do comportamento humano”. Pág. 88).
Libertação psicológica: O mesmo acontece aqui, é necessário libertar-se dos problemas do II (Inconsciente Individual) e do IC (Inconsciente Coletivo). (08/04/2014). (“As exigências de libertação no plano coletivo e histórico nem sempre incluem, e na forma devida, a libertação psicológica”. Pág. 88).
No “macro” está o Inconsciente Coletivo, a coletividade, Deus e todos e no “micro” está o Eu Sou ou o Indivíduo. Microssocial já é coletivo. (“Diz-nos D. Cooper”: “Ao falar de revolução, hoje, nossa reflexão não terá significado se não efetuarmos uma união entre macro e microssocial, entre realidade exterior e realidade interior”. Pág. 88).
“Socialismo real”: Aqui é preciso separar o socialismo cristão, que respeita a liberdade e as necessidades de cada um (Atos 2,42 a 47; 4,34 e 35) do falso socialismo marxista ou comunista, que tira a liberdade de todos e tudo vai ou passar a ser do Estado e o Estado é do Partido Comunista e o Partido é dos líderes: no final é o absolutismo de poucos sobre muitos! (08/04/2104). (“inclusive no seio de uma sociedade socialista... socialismo real”. Pág. 89).
Um teólogo nunca pode se esquecer de Deus, que é si um e que dirige tudo, respeitando plenamente a liberdade de todos. Deus É! Os teólogos estudam muito e de quase tudo, mas não sabem na realidade quem É DEUS. (08/04/2014).
Quando que os regimes marxistas respeitaram as liberdades de quem pensava diferente dos líderes do Partido e único Partido? (“Conceber a história como processo de libertação humana é perceber a liberdade como conquista histórica; é compreender que a passagem de uma liberdade abstrata para uma liberdade real não se realiza sem luta”. Pág. 90).
Não gosto de usar as palavras: luta e revolução, que têm conotação com armas, guerras e matanças. Gosto das palavras: labuta (trabalho diário) e reformas.
A coletividade só existe porque existem muitos indivíduos e por isso o “indivíduo”, que é uma pessoa é superior a coletividade, esta não pode cassar o direito do indivíduo, já o indivíduo pode renunciar seus direitos em prol da comunidade ou de outros indivíduos (Atos 2,42 a 47; 4,32 a 35). (“em vista de uma realização cada vez mais plena e total de si mesmo, solidariamente com toda a coletividade humana”. Pág. 91).
Padre! Não confunda Teologia com Doutrina social da Igreja. (08/04/2014). (“O tema da libertação em perspectiva teológica”. Pág. 91).
Nenhuma forma de ateísmo consegue para o ser humano uma verdadeira libertação, pois lhe nega a presença e a verdade do Espírito. (“Entre as formas do ateísmo contemporâneo, não se deve omitir a que põe a libertação do homem principalmente em sua libertação econômica e social”. Pág. 92).
A verdadeira libertação só acontecerá por meio da Verdade (João 8,32) no nível individual e Verdade plena (João 16,13) no aspecto coletivo, pois a Verdade plena conduzirá todos para a PAZ PLENA. (08/04/2014). (“Resta, portanto, a possibilidade de uma libertação “verdadeira e plena””. Pág. 92).
Isso aconteceu e ainda acontece porque os papas ainda desconhecem a Verdade, pois todos eles foram educados e aprenderam dentro do labirinto criado pelos pensadores cristãos desde o início da Era Cristã. (08/04/2014). (“É uma lástima, no entanto, que essa ideia não tenha sido mais amplamente explicitada na encíclica”. Pág. 93).
É preciso explicar que o “dinheiro” é coisa material, que não tem sentimento e nunca será julgado, e, que o problema está no “HOMEM”, que usa e abusa do dinheiro! (08/04/2014). (“Embora denuncie com energia o “imperialismo internacional do dinheiro” e uma “injustiça que clama aos céus”, assim como uma separação crescente entre países ricos e países pobres, dirige-se, em última instância, aos grandes deste mundo para que tentam realizar as mudanças necessárias”. Pág. 93).
Cuidado com o Paulo! Ver pág. 364. (“Paulo relembra-nos...”. Pág. 94).
Cuidado padre!
Revolução: ver pág. 90 – Reformas!
Os “sumos pontífices” dão pinceladas na busca da libertação e da Verdade, mas todos eles ainda estão aprisionados no labirinto criado pelos pensadores cristãos dos primeiros séculos, que não conseguiram se libertar do labirinto criado pela Bíblia (AT), pois todos os autores bíblicos não entendiam nada sobre a Espiritologia. (08/04/2014).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom, 31/Jul/2016 22:35 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Meus comentários escritos sobre o livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez.

7 – Escrito nas páginas 96 a 105; 107 a 111.

Citar Santo Agostinho é uma prova real da prisão dos teólogos da Igreja no labirinto criado pelos pensadores cristãos dos primeiros séculos em torno da Verdade, de Deus e da Vida. (“Uma velha comparação de Santo Agostinho”. Pág. 96).
Neste texto (Páginas 91 a 96) o autor só citou o nome de Deus algumas vezes, mas não “explicou nada sobre Deus”, então ele não citou nada de Teologia em perspectiva de libertação.
O autor falou sim da Doutrina Social da Igreja, que teve avanços importantíssimos como o texto citado da Populorum progressio, que está nas pág. 92 e 93.
Ver pág. 3 e 5: o autor necessita entender muito bem sobre cada assunto citado.
Pág. 101. O grande drama e problema crucial da Igreja estão sim correlacionados com a Verdade. Ouvi de um padre após uma confissão na Semana Santa de 1987: “Continue nestes estudos e pesquisas para você ter ideias claras, pois a Igreja não sabe o que ensina para a gente”. (08/04/2014). (“É tarefa da teologia contemporânea elucidar a atual problemática, delineando com mais exatidão os termos em que se apresenta. Só assim se poderá fazer frente aos desafios concretos da presente situação”. Pág. 101).
Essas duas revoluções não mostram o caminho para que se tenha a vida e vida em abundância (Jo 10,10), pois muito sangue foi derramado! Esse caminho só será encontrado por meio da Verdade. (“Foram sobretudo as grandes revoluções sociais, francesa e russa – para nos referir apenas a dois grandes padrões --, assim como todo o processo de fermentação revolucionária que delas se deduz, que arrancaram – isto é, começaram a arrancar – as decisões políticas das mãos de uma elite “destinada” a ao governo dos povos”. Pág. 101).
Pág. 101. Ver a solução apresentada na encíclica “A Alegria do Evangelho”, pág. 111 e outras. (“Foram, sobretudo, as grandes revoluções sociais, francesa e russa...”. Pág. 101).
Tudo em torno da “política” tem relação com o PODER, e, por isso muitos seres humanos só buscam a “política” por causa do desejo do PODER. Estes não são “espíritos evoluídos”, que estão reencarnados e por isso não possuem as qualidades próprias para dirigir bem. Estes são ainda seres egoístas. É difícil encontrar um político realmente honesto e puro! (09/04/2014). (“A razão humana se fez razão política”. Pág. 102).
Solução: Ver pág. 101. (“A libertação desses países, classes sociais e pessoas solapa o próprio fundamento da ordem atual, e se apresenta como a grande tarefa de nossa época”. Pág. 103).
Conflito nunca irá resolver nada! Por meio do conhecimento e entendimento da Verdade torna-se possível saber quem cada um é, e com o autoconhecimento será sim possível transformar a Terra em Céu e todos terão uma vida digna e em abundância (Jo 10,10) (09/04/2014). (“Essa radicalidade fez perceber com clareza que o domínio do político é necessariamente conflitual”. Pág. 103).
Isso nunca foi um “pensamento teológico”, mas um pensamento muito humanista mesmo! Os teólogos cristãos não têm pensamento teológico, pois eles não sabem quem É Deus. (09/04/2014). (“Até agora, a preocupação com a práxis social, no pensamento teológico, não deu a devida consideração a esses elementos”. Pág. 104).
Político: ver pág. 102. (“dificuldade para perceber a originalidade, a especificidade do campo do político”. Pág. 104).
Político: ver pág. 102. (“Os traços de totalidade, radicalidade e conflitividade que acreditamos descobrir no político, ultrapassam uma concepção setorial e nos fazem ver suas mais profundas dimensões humanas”. Pág. 104).
Palavra de Deus: ver pág. 19 da encíclica “A Alegria do Evangelho”. (09/04/2014).
O grande problema e drama da Igreja: ver pág. 101. (“como ser Igreja nas condições inéditas que se avizinham?” Pág. 105).
Mas isso os padres sabem fazer muito bem! (“e arriscar-se a tomar o caminho das generalidades, das soluções pouco comprometedoras e, finalmente, das atitudes evasivas”. Pág. 105).
O problema só será solucionado por meio da Verdade, pois só com a Verdade o céu será construído aqui. (09/04/2014). (“O Povo de Deus é aquele que caminha “dando conta de sua esperança” rumo a “novos céus e nova terra””. Pág. 105).
Pág. 107. Por causa da fé, que cega os crentes, os pensadores cristãos, não compreendendo o drama em torno da vida e morte na cruz de Jesus, criaram um labirinto em torno de Jesus, de Deus e da Vida e ficaram perdidos no labirinto criado nos primeiros séculos da Era Cristã. Só no século XX foi que chegou o momento para encontrar a saída e a destruição do tal labirinto e isso só se concretizou porque o Espírito Santo de Deus desceu para revelar a Verdade e assim poder construir na Terra o Céu por meio da união de todos. Deus é de união e não de separação, então o relato da Torre de Babel (Gn 11,1 a 9) não foi algo divino. (09/04/2014).
Eis a prova da existência do labirinto criado pelos teólogos (os pensadores) cristãos. (09/04/2014). (“O projeto em prol do Reino de Deus não deixa lugar a um projeto histórico profano”. “Fora da Igreja não há salvação”. “Trabalhar para o bem direito e imediato da Igreja”. “A política cristã será, portanto, a que contribua para que a Igreja possa realizar sua missão evangelizadora e evitar que seus interesses sejam afetados”. Pág. 108).
Fé: ver pág. 107. (“que se caracteriza pela estreita unidade entre fé e vida social”. Pág. 108).
O grande problema é com relação à Verdade plena (João 16,13). (“Os debates conciliares, sobretudo o pós-Concílio, comprovam-no suficientemente”. Pág. 109).
Fé: ver pág. 107. (“ruptura entre fé e vida social”. Pág. 109).
Uma coisa importantíssima que todos necessitam entender para discernir o joio do trigo: “em ideias e ideologias tudo parece fácil de resolver, mas é necessário ver a prática. Na realidade tudo depende do Ser Humano e da Verdade”. As ideias da Revolução Francesa foram ótimas, mas a prática foi o terror da guilhotina! (09/04/2014). (“Referimo-nos ao chamado “liberalismo católico”, que pretendia levar em conta precisamente a situação criada, havia pouco, pelas ideias da Revolução Francesa”. Pág. 109).
TA (teologia agostiniana) e TT (teologia tomista): eis o labirinto criado. A paz plena. (“A tarefa de construção da cidade temporal será, antes de tudo, a busca de uma sociedade baseada na justiça, no respeito aos direitos de todos e na fraternidade humana”. Pág. 110).
A complexidade está nos “cristãos de fachada” e principalmente se forem políticos. (09/4/2014). (“cristandade profana”. Pág. 110).
É necessário humanizar e evoluir os “políticos”, após os mesmos serem eleitos, pois antes das eleições eles são bem humanos. (09/04/2014).
Tudo está sob a dependência do Ser Humano e de seu “companheiro espiritual”: o anjo de guarda. (09/04/2014).

A solução apresentada na Encíclica: “A Alegria do Evangelho.”, está nesse endereço:
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=142437#p142437

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg, 01/Ago/2016 23:37 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Meus comentários escritos sobre o livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez.

8 – Escrito nas páginas 113 a 124.

Um sério e difícil problema a ser vencido é o diálogo com os membros da hierarquia da Igreja por parte de pessoas, que passaram a ser responsáveis pela Verdade e pela implantação do Reino de Deus na Terra. A hierarquia da ICAR só aceita os profetas da Bíblia do AT e não aceita os profetas, que vieram depois de Jesus. (09/04/2014). (“A unidade será dada pelo reino de Deus: a Igreja e o mundo contribuem, cada um a seu modo, para sua edificação”. Pág. 113).
Palavra de Deus: ver pág. 104. As opções políticas nunca poderiam ter sido correlacionadas com Deus: Deus não age com políticas. (“Os cristãos reúnem-se enquanto tal só para compartilhar e celebrar sua fé e examinar à luz da palavra de Deus suas opções políticas – ou outras – diferentes e mesmo opostas”. Pág. 114).
Págs. 115 e 114. Tudo o que acontece no mundo físico ou corporal realmente foi planejado antes. Existem os planos bons e perfeitos, como também os planos contrários aos bons e perfeitos.
Deus planejou tudo para que todos alcançassem a perfeição antes de iniciar a criação do Tempo, dos Espíritos e da Matéria. Deus em seu plano perfeito (Projeto Perfeito) respeitou plenamente os planos de todos e até daqueles, que iriam agir contra o planejamento dEle. Muitos já agiram e ainda agem contra o Plano Perfeito de Deus.
No ano de 1919 o apóstolo São João Evangelista fez um Projeto para que a Verdade fosse revelada para todos no seio da humanidade (Jo 16,13). Este Projeto foi entregue a Jesus pelo grupo, que foi composto de franciscanos da 1ª e 2ª Ordens, que ajudou ao apóstolo João Evangelista, que reencarnou e viveu na terra como São Francisco de Assis, para que Jesus escolhesse o líder para a realização do Projeto. Jesus, então fez outro Projeto para implantar na Terra o Reino de Deus ou dos Céus e o entregou a Deus-Pai-Mãe para que Ele indicasse os líderes para os dois Projetos. Deus-Pai-Mãe entregou a Jesus a responsabilidade da direção dos dois Projetos, que foram encampados pelo próprio Projeto Perfeito de Deus.
Jesus escolheu o próprio João Evangelista para ser o líder da realização do Projeto do João no plano físico e para o Projeto dele, Jesus escolheu o Espírito do Patriarca Abraão. Tudo caminhou perfeitamente bem até o dia 10/01/1980, quando o Espírito da Abraão, sem saber quem ele realmente era renunciou a reencarnação. Então Jesus no dia 11/01/1980 entregou todo o controle ao Pai, pois julgou que o Projeto dele tinha sido abortado, mas não o foi e Deus-Pai-Mãe substituiu o Espírito do Abraão pelo bisneto dele, o Espírito do José do Egito, que é o próprio Espírito do São João Evangelista. Assim a responsabilidade da liderança dos dois Projetos ficou sobre os meus ombros. (15/04/2014).
O drama é que os teólogos não sabem o que é a Teologia e por isso eles complicam tudo. E Deus respeita a complicação dos teólogos: ver págs. 65 e 74. (“Essa crise manifesta-se com nitidez em dois níveis: no pastora e no da reflexão teológica”. Pág. 115).
Para mim, a razão dessas crises está na falta do conhecimento e do entendimento da Verdade pela hierarquia da ICAR. (09/04/2014). (“Crise dos movimentos apostólicos leigos”. Pág. 116).
Falar em “ofensa a Deus” é sim uma prova completa da ignorância sobre Deus, pois Deus não se ofende! (09/04/2014). (“Tal estado de coisas representa uma ofensa ao homem, e, por consequência, a Deus”. Pág. 117).
Para mim é um absurdo encontrar teólogos, que dão apoio a políticos, que defendem a legalização do aborto! O aborto é sim um crime, que brada aos Céus: todos os que defendem e fazem abortos serão julgados nos Céus e o castigo será aplicado conforme o grau do conhecimento e da responsabilidade de cada um. Todo aquele que defende e ou cria leis abortivas terá uma parcela de culpa em todos os abortos que serão realizados no futuro. (09/04/2014). (“Nessas condições, pode-se dizer honestamente que a Igreja não intervém “no temporal”?”. Pág. 117).
É por isso que o Mestre Jesus já ensinou: “Eis que eu vos envio como ovelhas entre lobos. Por isso, sede prudentes como as serpentes e sem malícia como as pombas” (Mt 10,16). (09/04/2014). (“Guardemo-nos de fazer o jogo dos malvados”. Pág. 118).
Eu vivi a libertação da tutela religiosa em janeiro de 1980, exatamente nos dias 11 e 12/01/1980. Um frei, que foi meu professor no seminário por 6 anos (1958 a 1963) e ainda foi o meu padre espiritual por 3 anos (1961 a 1963), me falou assim no dia 11/01/1980: “Li tudo o que você escreveu e não tem nada de novo. Você precisa é de psiquiatra e não de padre”. Já no dia 12/01/1980 por decisão de outro sacerdote, que também não entendeu o que realmente acontecia, fui levado à Clínica Pinel. Ver pág. 65. (09/04/2014). (“Definimos a secularização como a libertação do homem da tutela religiosa e metafísica, a volta de sua atenção a outros mundos para este mundo concreto”. Pág. 119).
Eu só passei a me compreender melhor e também a compreender melhor os outros após o início do meu autoconhecimento, que aconteceu por meio de uma revelação espiritual ocorrida em agosto de 1982. (Ver a 8ª carta para o frei Basílio). (10/04/2014). (“A secularização é, antes de tudo, o resultado de uma transformação na autocompreensão do homem. De uma visão cosmológica passa-se a uma visão antropológica, graças sobretudo ao desenvolvimento da ciência”. Pág. 120).
Simplesmente falar de verdade a Verdade, que liberta (Jo 8,32) e plena (Jo 1613) e não ficar ensinando dogmas sofistas e irracionais. Ver pág. 101. (10/04/2014). (“É o mundo feito mündig – maior de idade – de Bonhoeffer, raiz de sua angustiada pergunta: como falar de Deus num mundo adulto”. Pág. 121).
Fé. Fé. Fé: ver pág. 107. TS (teologia da secularização): isso nunca foi Teologia!
Tutela da Religião (ver pág. 119): Só consegui encontrar e compreender a Verdade, após ser “abandonado por freis”, que muito me conheciam, pois a ICAR não sabe o que ensina para os católicos e para o mundo (ver pág. 101). (10/04/2014). (“ademais, na luta revolucionária libertam-se de algum modo da tutela de uma religião alienante que tende à conservação da ordem”. Pág. 122).
Um teólogo, que se baseia em pensadores marxistas, nunca irá encontrar e compreender a Verdade, pois os pensadores marxistas são os mais sofistas da história moderna num mundo adulto! (10/04/2014).
Eu sou dualista! Todo aquele que deseja eliminar o “dualismo” tem que ser um defensor do “monismo” ou é um ignorante pleno sobre o assunto. O monismo é uma visão filosófica quase semelhante ao panteísmo, mas existe o monismo materialista e o espiritualista. (“As distinções temporal-espiritual, sagrado-profano têm por fundamento a distinção natural-sobrenatural. A evolução teológica desta última questão, porem, orienta-se precisamente na linha de uma acentuação da unidade tendente a eliminar todo o dualismo”. Pág. 123).
A visão e compreensão de Deus, que é perfeito (Mt 5,48) e plenamente bom para com todos, afeta e muda completamente a mente humana, que passa a compreender bem a natureza humana! (10/4/14). (“Esse desejo apenas provaria que a visão de Deus é simples possibilidade cuja eventual realização não afetaria grandemente a natureza humana”. Pág. 124).
Dualismo: ver pág. 123. (“Rompido, entretanto, o caminho que leva à eliminação do dualismo, a questão sofre uma reviravolta e faculta uma etapa decisiva com a recuperação do aspecto histórico e existencial”. Pág. 124).
O deseja inato de ver a Deus e de conhecer a Deus é realmente o desejo da conquista do conhecimento, do entendimento e da SABEDORIA. Esse desejo é sim uma forma de falar sobre o desejo de se conhecer por meio do autoconhecimento. (10/4/14). (“Começa-se então a falar da presença no homem de um desejo inato de ver a Deus”. “A orientação a Deus é vista aqui como constitutiva do espírito humano: em todo ato de conhecimento está contido implicitamente o desejo de conhecer a Deus”. “As pessoas se realizam plenamente apenas nesse encontro, dependente da livre iniciativa de Deus”. Pág. 124).
Soma perfeita, pois o Ser Humano é uma união entre natural e sobrenatural. (“A ordem natural e a ordem sobrenatural acham-se assim profundamente unidas”. Pág. 124).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom, 18/Set/2016 00:03 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Meus comentários escritos sobre o livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez.
9 – Escrito nas páginas 125 a 129; 132; 137 a 141; 143 a 147.
Todos receberam a graça, mas cada um tem que saber usar e utilizar da graça e isso depende do ser humano ou de cada espírito. (“Concretamente, há uma só vocação: a comunhão gratuita com Deus. De fato, não há, nunca houve uma natureza pura, um ser não convidado à comunhão como o Senhor, não marcado pela graça”. Pág. 125).
Como os teólogos estão perdidos no labirinto mental e teológico criado por eles mesmos! (10/04/2014). (“Essa perspectiva – superando disputas e expressões escolásticas – é hoje geralmente aceita: histórica e concretamente só conhecemos pessoas efetivamente chamadas ao encontro com Deus. Toda consideração que não parte desse fato é especulação órfã de todo conteúdo real”. Pág. 125).
Essa doutrina liga a natureza pura com os eleitos (Mt 24,24 e Mc 13,22), pois muitos já são puros. (10/04/2014). (“Essa foi, mas com matizes importantes, a linha da reflexão teológica até o surgimento da doutrina da natureza pura no século XVI”. Pág. 126).
“Todos em Cristo”: veja uma visão dualista e apresentada como “monista”! Como ficam os ateus, os judeus, os muçulmanos, os budistas, os bramanistas e etc? (10/04/2014). (“Todos os seres humanos, em Cristo, convocados eficazmente para a comunhão com Deus”. Pág. 127).
Paulo: ver pág. 364. (“Adotar o ponto de vista histórico sobre o sentido da existência humana significa reencontrar o tema paulino do senhorio universal de Cristo, em quem tudo subsiste e em quem tudo foi salvo”. Pág. 127).
Nunca um teólogo cegado pela fé irá compreender bem o sentido do sobrenatural, pois quem é cego de fé não sabe ainda quase nada da Espiritologia e da Verdade. (“Tudo isso se traduz no abandono paulatino de expressões como fim sobrenatural, vocação sobrenatural, ordem sobrenatural e no emprego cada vez mais frequente do termo “integral””. Pág. 127).
TM (teologia do mundo): isso nunca foi Teologia. (“Será a Igreja realmente algo distinto do mundo?... A Igreja é do mundo: em certo sentido, a Igreja é o mundo: a Igreja não é um não-mundo”. Pág. 128).
O que fica cada vez mais claro para mim é que os teólogos nada sabem sobre Deus. O “Deus” dos teólogos está sempre envolto sob o mistério da fé. (10/04/2014).
Todo o estudo tem como objetivo buscar a Verdade e encontrar a solução, que seja a melhor para todos (ver pág. 101). Agora entre os líderes e no meio da classe política existem muitos lobos vestidos com peles de ovelhas - veja os atuais líderes do PT, que estão no Poder Central no Brasil: todos são bandidos e corruptos, que irão ser desmascarados num futuro próximo. (“Não levava suficientemente em conta os fatores políticos e, o que é mais grave, mantinha-se em nível abstrato e a-histórico; as sociedades subdesenvolvidas, atrasadas, justapunham-se estaticamente às sociedades desenvolvidas modernas”. Pág. 137).
A Paz Plena, que é a implantação do Reino de Deus na Terra. (“Todas as sociedades se movem paralelas e juntas em direção a uma nova sociedade”. Pág. 137).
O capitalismo é um sistema, que é usado pelas pessoas, então o aspecto mais importante é estudar e entender as pessoas e fazê-las procurar o autoconhecimento. O problema não é o Capital ou capitalismo, mas os seres humanos. (11/04/2014). (“A dinâmica da economia capitalista leva ao estabelecimento de um centro e de uma periferia, e gera simultaneamente progresso e riqueza crescente para a minoria, e desequilíbrios sociais, tensões políticas e pobreza para a maioria”. Pág. 138).
Nos séculos XVI a XVIII a América foi sim explorada e roubada pelos europeus. Os civilizados mataram os que eles consideraram como selvagens: que enganação! (“As sociedades latino-americanas ingressaram na história do desenvolvimento do sistema universal de interdependência como sociedades radicalmente dependentes da colonização ibérica”. Pág. 138).
OK. “Ciências sociais”: isso sim, mas nunca deveria ser usado como sobrenomes de Teologia: como Teologia da Libertação, da Revolução, Política e outros. (11/04/2014). (“O estudo da dinâmica própria da dependência, de suas atuais modalidades e de suas consequências é em dúvida o maior desafio com que se defrontam as ciências sociais na América Latina”. Pág. 138/139).
“Grupos econômicos” (Pág. 140): Os estudiosos devem estudar aqueles que dirigem os grupos econômicos ou grandes corporações multinacionais, que são pessoas jurídicas e essas são dirigidas por pessoas físicas, que possuem vontades e os sentimentos específicos: melhorem as pessoas e os grupos econômicos também serão melhorados. (14/04/2014).
Toda vez, que vejo citações de pensadores marxistas, fico num estado de defesa porque nenhum marxista resolveu os dramas ou problemas de uma comunidade! Veja a história dos países dirigidos pela tirania marxista! Os marxistas tomaram tudo para o Estado e o Estado passou a ser do Partido Comunista e o PC sempre foi controlado por uma minoria, então tudo passou a ser desta minoria. (11/04/2014).
O que se vê aqui é um linguajar tão confuso e que não mostra nenhuma solução para encontrar a saída do problema citado. Ver a solução na pág. 101. (12/04/2014). (“Nada disso, contudo, deve levar a esquecer o que resta por fazer no plano da teoria da dependência. A ciência social latino-americano trabalha pressionada por preocupações de ação política imediata”. Pág. 143).
A luta de classes não é a solução, mas o trabalho de unir as classes é sim a solução, pois uma depende da outra e unidas encontrarão a solução perfeita! (12/04/2014). (“Por isso a teoria da dependência equivocaria seu caminho e levaria a engano se não situasse sua análise no marco da luta de classes que se desenrola em âmbito mundial”. Pág. 144).
O primeiro passo para conseguir a vitória do Bem é uma união perfeita entre todos, que participam do projeto: o interesse e o objetivo passam a ser os mesmos para todos: A SOMA PERFEITA. Ninguém pode ser obrigado a participar da SOMA, mas para participar da DIVISÃO PERFEITA tem que ter participado da SOMA: A SOLUÇÃO ver pág. 101. (Pág. 145).
Ninguém vai encontrar a solução no antagonismo, pois a solução só acontecerá na harmonia e na SOMA PERFEITA e DIVSÃO PERFEITA. (12/04/2014). (“Hegel...: “A América é, pois, o país do futuro em que nos tempos vindouros gravitará a história universal no antagonismo, talvez, da América do Norte com a América do Sul”. Pág. 145).
Cuidado, padre! Todo “grupo revolucionário” (Pág. 146) é fruto de mentes perigosas e ou com menor grau de evolução, estas mentes pertencem a pessoas que agem como lobos entre as ovelhas. Quem comanda um grupo revolucionário está sim buscando o PODER sem ter a condição mínima de ter o PODER. Quando um líder revolucionário, que luta contra um “ditador” e se vencê-lo, ele torna-se outro ditador pior do que aquele que foi vencido. A verdadeira libertação só ocorrerá por meio da conquista da Verdade e da PAZ PLENA. Fidel Castro guerreou e venceu um ditador, e, tornou-se outro ditador pior ainda por mais de 60 anos. Veja até hoje o processo de escravidão: os médicos cubanos são escravos do Governo de Cuba, pois eles trabalham e quem recebe a maior parte dos salários é sim o Governo de Cuba. Isso é sim escravidão e com total apoio do Governo Brasileiro, apesar das leis trabalhistas do Brasil não permitirem pagamentos diferentes para trabalhadores iguais e em trabalhos iguais! (12/04/2014). (“Torna-se cada vez mais evidente que os povos latino-americanos não sairão de sua situação a não ser mediante uma transformação profunda, uma revolução social que mude radical e qualitativamente as condições em que vivem atualmente... Nisto a revolução cubana realizou papel acelerador”. Pág. 146).
Defensores de luta armada nunca irão encontrar a solução, pois são mentes doentias e ou espíritos reencarnados com pouca evolução. (12/04/2014). (“Surgem então os focos guerrilheiros que pretendem mobilizar as massas a curto prazo, arrastando-as antes a uma linha radical que a uma organização partidária... até a subversão sob novas formas de luta armada”. Pág. 147).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom, 23/Out/2016 16:14 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Meus comentários escritos sobre o livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez.
10 – Escrito nas páginas 148 a 150; 152; 153; 155 a 159; 161 a 165.
Essa é sim uma verdade, pois todo ato de violência gera uma reação violenta e foi por isso que Jesus profetizou a bem-aventurança dos mansos (Mt 5,4)... E chegamos à época da realização desta profecia! Fico admirado que alguns teólogos não entenderam isso ainda e deram pleno apoio ao sistema marxista, que é ateu. (“Isto torna ainda mais beligerante a reação e chega, em muitos casos, a severa e brutais formas de repressão, produzindo-se o que D. Helder Câmara denomina graficamente de “espiral de violência””. Pág. 148).
O grave e absurdo erro do marxismo é sim sua ideologia ateia e enganadora, e, por isso o marxismo não resolveu e nem resolve os dramas íntimos de nenhum ser humano, pois todo ser humano é a união perfeita de um espírito em sua quase eterna caminhada evolutiva com um corpo de carne. (12/04/2014). (“Para Mariátegui, o materialismo histórico é antes de tudo, como para muitos hoje na América Latina, “um método de interpretação histórica da sociedade”... Esperamos estudar num primeiro trabalho algumas questões referentes às ambiguidades do uso do termo “materialismo” e às diferentes interpretações do marxismo como concepção total da vida ou como ciência da historia, e por conseguinte à localização da visão do homem e da ideologia ateia no marxismo”. Pág. 149).
O socialismo verdadeiro é o cristão (Atos 2,44 e 45; 4,34 e 35), pois todos doaram com liberdade. O socialismo marxista ateu é sim uma enganação, pois trata-se de um sistema absolutista de 5 a 10% da sociedade sobre os outros 95 a 90% da mesma, pois todos perderam a liberdade. O marxismo nunca foi socialismo! Na atualidade o socialismo perfeito é vivido pelos membros das ordens religiosas da Igreja (franciscanos, dominicanos e outros), pois todos lá estão porque assim decidiram por livre vontade. (12/04/2014). (“... frases feitas nem posições acríticas diante das realizações históricas do socialismo”. Pág. 150).
Pág. 152. A verdadeira libertação só irá se tornar realidade por meio da Verdade (Jo 8,32) e chegamos à Era da Verdade plena (Jo 16,13), pois o Espírito da Verdade já está na terra. Cada ser humano necessita tomar consciência de sua identidade cósmica por meio do autoconhecimento.
Hoje posso dizer que sei quem Eu Sou e sei para o que aqui estou. Eu só venci os teólogos e psiquiatras porque fiquei sabendo quem Eu Sou e descobri a missão que aqui vim realizar por livre decisão tomada ainda no plano espiritual e também assumi a responsabilidade da missão, que seria realizada por outro espírito, que iria reencarnar no ano de1980. Este espírito renunciou a reencarnação porque perdeu toda a confiança no profeta, que ele acreditou e confiou durante a sua vida, pois o profeta Maomé não foi sincero com ele logo após ter desencarnado no ano de 1970, quando foi o líder egípcio Gamal Abdel Nasser. Entenda quem puder entender! Estuda a Espiritologia! (12/04/2014).
A Igreja deve sim ensinar a Verdade, que nos liberta de seus próprios dogmas. (12/04/2014). (“A Igreja no Processo de Libertação”. Pág. 153).
Nenhuma revolução irá encontrar o caminho da harmonia e da conciliação (Mt 5,25) e nem da árvore da vida (Gn 3,24). O caminho para a árvore da vida só será encontrado por meio da Verdade plena (Jo 16,13) e eu estou aqui para mostrar esse caminho para quem quiser colher os frutos da árvore da vida. Muitos querem viver a Vida sem entender a Vida. (12/04/2014). (“Os diversos setores do povo de Deus vão se comprometendo gradualmente e de forma variada com o processo de libertação, e percebendo que essa libertação passa necessariamente por uma ruptura com a atual situação, por uma revolução social”. Pág. 155).
Todo cristão verdadeiro deve amar um marxista, mas não pode existir uma harmonia de diálogo entre eles, pois o marxista é ateu e só quer tomar o que os outros fizeram e têm, já o cristão verdadeiro aceita dividir aquilo que tem. (12/04/2014). (“Concretamente, tudo o que foi dito nas últimas linhas significa, muitas vezes, um compromisso em grupos políticos revolucionários... O caminho do diálogo cristão marxista”. Pág. 156).
Os cristãos procuram ou deviam procurar o AMOR e os marxistas só espalham o ódio e o desejo de vingança! (12/04/2014). (América Latina: “Neste continente, cada vez mais resolutamente, os oprimidos e os que buscam identificar-se com eles enfrentam um adversário comum e, portanto, a relação entre cristãos e marxistas adquire traços diferentes dos de outras latitudes”. Pág. 157).
Os sacerdotes e religiosos devem trabalhar mais como professores e também como orientadores de sistemas produtivos, pois para salvar a “alma” tem que dar o sustento ao corpo também e conhecimento ao “Espírito”. (12/04/2014). (“Sacerdotes e religiosos”. Pág. 159).
Pág. 161. Revolucionário tem correlação com guerreiro, guerrilheiro e até terrorista, e, com armas e mortes: isso não conduz a solução, pois gera mais ódios e vinganças. A solução virá por meio do AMOR e da Verdade. (Jo 8;32; 15,12 a 17 e 16,13); ver pág. 101.
Esses clérigos ou teólogos necessitam entender e viver o que está escrito no próprio Evangelho: perdoar sempre e amar a todos. (12/04/2014). (“Nosso objetivo essencial não é pôr fim à nossa condição de clérigos, mas comprometer-nos sacerdotalmente no processo revolucionário latino-americano”... “Parece-nos, portanto que o próprio compromisso com o homem e com o processo revolucionário é que nos obriga a permanecer clérigos”. Pág. 161).
Os marxistas comunistas também eliminaram os padres quando conquistaram o poder maior, então isso não foi só erro dos militares, que quase nada sabem sobre a verdade do Evangelho porque os padres não souberam e ainda não sabem como ensiná-los, já que estão presos aos dogmas irracionais da Igreja. Os padres só interessam aos marxistas quando necessitam deles para conquistar o poder maior e depois os eliminam. (12/04/2014). (“É frequente hoje, na América Latina, certos sacerdotes serem considerados elementos “subversivos”. Muitos são vigiados ou procurados pela polícia. Outros acham-se na prisão, são expulsos do país ou assassinados por grupo terroristas anticomunistas”. Pág. 162).
Fidel Castro foi um terrível e temível ditador por mais de meio século. Quando ele conquistou o poder, os seus adversários, que não fugiram foram parar no paredão de fuzilamento; você não viu ou entendeu isso, padre Gustavo Gutiérrez? (“Fidel Castro acrescenta: “São as palavras da história: quando vemos setores do clero converterem-se em forças revolucionárias, como podemos resignar-nos a ver setores do marxismo transformar-se em forças eclesiásticas?”” Pág. 162).
Em ideias a ideologia marxista ateia e a Doutrina Social da Igreja são muito semelhantes, mas na prática são antagônicas, pois esta é altruísta e amorosa e aquela é egoísta e cheia de ódio. (12/04/2014). (“Particularmente, os bispos de regiões mais miseráveis e exploradas é que têm denunciado mais energicamente as injustiças de que são testemunhas. Ao assinalar, porém, suas causas profundas, enfrentaram as grandes forças econômicas e políticas de seus países”. Pág. 162/1630).
Quem faz ou defende o ato de excomunhão mostra uma imensa ignorância da Verdade! (13/04/2014). (“É notório o caso de excomunhão de três altos funcionários do governo paraguaio pelo episcopado desse país”. Pág. 163).
Padre! A primeira e essencial reforma da Igreja está na doutrina, pois a doutrina da ICAR não permite a compreensão e o encontro da Verdade! Existem muitos dogmas irracionais e sofistas! (12/04/2014). (“O mais importante – do ponto de vista da autoridade doutrinal e do impacto – dos textos que citaremos é, naturalmente, o da Conferência Episcopal de Medellín (1968)”. Pág. 164).
A Igreja é uma pessoa jurídica e quem age ou peca não é a Igreja, mas são os membros da Igreja. (14/04/2014). (“Nossa Igreja não atuou eficazmente na libertação e promoção do homem salvadorenho”. Pág. 165).
O maior pecado dos membros da hierarquia da ICAR é a omissão dos mesmos com relação à Verdade, que liberta e verdade plena (Jo 8,32 e 16,13). (“A primeira coisa que a Igreja quem a fazer é confessar publicamente o seu pecado”. Pág. 165).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg, 19/Dez/2016 21:47 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Eu não consigo entender como um teólogo, que defendeu a ética do PT e continua defendo esse grupo de corruptos até hoje como o faz o Leonardo Boff.

Eis o que postei no jornal sobre o artigo do Leonardo Boff do dia 22/04/2016, que está nesse endereço:
http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/l ... -1.1283889

Rosário Américo de Resende. Publicado no dia 22/04/2016. 8:37 PM Apr 22, 2016
Paz plena para todos...
O nosso sistema de governo não é uma democracia, mas é sim uma demoniocracia.
O de bom que aconteceu com o Governo Petista é que a mentira dos políticos durante as campanhas para serem eleitos ficou clara para todos... A corrupção dos membros do atual governo não teve limite, os bandidos do passado viraram heróis e receberam polpudas indenizações e gordas aposentadorias, isso foi um assalto ao patrimônio público e de uma forma legalizada pela lei criada por eles mesmos...
Os podres e a corrupção do sistema político brasileiro vieram à tona por meio do mensalão e do petrolão...
O pior ainda está para vir que é o rombão no BNDES, pois já estão falando em algo em torno de 500 bilhões de reais de prejuízo, que virão no futuro...
A dívida interna do Brasil já ultrapassou os 2 trilhões de reais e está se aproximando dos 3 trilhões. No Governo Petista os banqueiros ganharam tanto dinheiro que assusta àqueles ainda aceitam que o PT é o Partido dos Trabalhadores e deu tanto lucro aos banqueiros.
Agora vamos ver se o nosso sistema político vai se tornar mais ético e honesto, pois não haverá mais financiamentos de pessoas jurídicas para as campanhas políticas.
Paz plena... Rosário.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb, 11/Fev/2017 21:47 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.

Eis o que postei no jornal sobre o artigo do José Reis Chaves do dia 13/10/2014, que está nesse endereço:
http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/j ... s-1.931395

Em cinco postagens no site do jornal O TEMPO eu divulguei toda a 3ª carta que escrevi para o teólogo e padre João Batista Libânio.
Essa carta foi conforme a minha compreensão da Teologia da Libertação e já foi divulgada nesse Portal, que está nesses endereços:

viewtopic.php?f=12&t=3650&p=86063#p86063
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=86064#p86064

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 25/Abr/2017 11:46 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.

Eis o que postei no jornal sobre o artigo do José Reis Chaves do dia 13/10/2014, que está nesse endereço:
http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/j ... s-1.931395

Publicado no dia 16/10/2014.
1 - Nestor. Como o meu objetivo era sim trabalhar em prol da Verdade, então 8 anos depois tive outra oportunidade de continuar os meus estudos sobre o Evangelho Segundo São João na minha segunda carta escrita em 07/12/2001 para o bispo dom Aldo Di Cillo Pagotto, que hoje já é arcebispo.
Vou divulgar apenas os textos onde fiz comentários sobre o Evangelho Joanino: Como todos estão buscando a “VERDADE ABSOLUTA”, e só a busca aquele que tem liberdade para pensar, então decidi comentar nessa carta sobre a VERDADE, perscrutando a VERDADE conforme o Evangelho Segundo São João. Farei um complemento ao trabalho exposto na 3ª carta enviada para o Padre João Batista Libânio, em 21/07/1993....
Divulguei os textos no site do jornal o TEMPO em 5 postagens e finalizei com esses dizeres:
Citação:
(Como este bispo só respondeu à minha primeira carta, então ainda escrevi para ele uma terceira, pois assim fui divulgando tudo por cartas para pessoas com muito conhecimento. O princípio pelo qual comecei a escrever as minhas cartas foi para registrar tudo e sabia que as mesmas iriam ser muito úteis para mim e para outras pessoas no futuro, que desejarem compreender melhor a Bíblia, a Verdade, a missão de Jesus e a Vida como um todo).
Quem quiser ler toda a segunda carta que escrevi para o bispo Dom Aldo em 07/12/2001, informo que a mesma está postada nesse Portal nos seguintes endereços:

viewtopic.php?f=12&t=3650&p=86321#p86321
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=86323#p86323
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=86325#p86325
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=86326#p86326

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 19/Mai/2017 18:59 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Eis o que postei no jornal sobre o artigo do José Reis Chaves do dia 27/10/2014 (Continuação):
http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/j ... a-1.938139

O início destas postagens está nesses endereços:
1-Artigo do José R. C. do dia 27/10/2014. Verdade. Imagem de Deus é o Espírito do homem. Deus do AT. Seguidores de Jesus e nova doutrina. Trindade. Labirinto. Fé. 3ª carta para o Dom Célio.
viewtopic.php?f=12&t=6127&p=146665#p146665
2-Visão Cósmica da Vida. Sobrevive o mais sábio e mais forte. Verdade. História da Teologia e das Religiões. Bíblia. Jesus não deixou nada escrito.
viewtopic.php?f=12&t=6127&p=146666#p146666
3-Era da Verdade. TL e TV. Labirinto. Início da 3ª carta do JBL. Jesus não deixou nada escrito.
viewtopic.php?f=12&t=6127&p=146667#p146667

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski.Você escreveu em 7:47 AM Oct 29, 2014:
“Meu amigo,você fala para ingenuos e não para Cristãos.Quando Jesus legitimou e capacitou Paulo em Atos dos Apostoos 9:15,tudo não passa de uma mentira !Realmente não tens o Espirito de Deus mas o "espirito do engano"!”
Se você já tivesse entendido o que estou fazendo nunca iria escrever algo assim. Pelas divulgações de trechos de minhas cartas aqui você chamou todos os teólogos para os quais já escrevi de ingênuos, pois comecei a falar com eles e a escrever para eles em segredo e só após o ano de 2000 foi que comecei a divulgar a Verdade de uma forma pública e isso passei a fazer no jornal O TEMPO na parte dos leitores, o que fiz até por volta do ano 2010. Você faz referência ao que está escrito em Atos 9:15 e ali existe sim uma das informações bíblicas que dão todo apoio ao que ensina hoje a Doutrina Espírita, pois quem orientou o Ananias, que era um discípulo de Jesus foi sim o Espírito de Jesus. Agora quando divulgo que também recebi orientações do Espírito de Jesus você não acredita.
Vou divulgar aqui um trecho da minha 7ª carta para o meu irmão padre, que foi escrita em 20/11/1994, quando recebi uma orientação do Espírito de Jesus, mas isso você já disse que não aceita mesmo, mas tenho que divulgar para que a Verdade fique clara para todos aqueles que estão em condições de compreendê-la:
'Depois de ter escrito esses pareceres em meu diário, tive duas confirmações desses meus dizeres, que se tornaram em mais uma tese minha, que é: “Jesus de Nazaré, o Cristo, teve pai e mãe carnais ou Jesus, como homem, foi filho de José e Maria”. Em complemento ao que já escrevi, vou relatar dois diálogos meus com os espíritos de Jesus e Maria de Nazaré: 1º - A primeira confirmação veio do próprio Mestre Jesus, que iniciou a sintonização comigo em 25 de novembro de 1983, como já escrevi nas cartas para o Papa João Paulo II e para o Narciso. Num de nossos muitos diálogos, logo que Jesus aproximou-se de mim, perguntei: “O que o Senhor, Mestre, me fala sobre os meus escritos relacionados com a sua concepção e seu nascimento?”. Jesus, antes de responder, fez-me a seguinte pergunta: “Por que você está me perguntando isso?” “Mestre, o Senhor já sabe tudo sobre os meus pontos de vista e não quero ensinar nada de errado, a minha responsabilidade é muito grande e até pesada”. Expliquei respondendo. Então, o Mestre Jesus respondeu diretamente à minha pergunta e já me dando orientações: “Você está certo, mas não escandalize aos outros que acreditam de forma diferente”.' Continuamos o nosso diálogo, mas sobre outros assuntos.

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski.Você escreveu em 7:47 AM Oct 29, 2014:
“Me perdoe,se assim desejar,mas se a doutrina espiritualista se baseia na negação do que Cristo disse...lamento,não queiras que pessoas sóbrias e esclarcidas possam dar alguma credibilidade a tal doutrina. Rosario,você ja percebeu a Incoerencia Espirita ?A INCOERENCIA ESPIRITA é afirmar que "Jesus não deixou nada escrito",”.
Isso não é uma incoerência espírita, mas uma absoluta verdade, pois o que Jesus na terra ninguém contou ou escreveu (João 8,6). Agora pessoas que estão ainda presas a certos ensinamentos dogmáticos realmente não vão aceitar nada disso. O primeiro passo a ser dado para começar a pensar com liberdade e iniciar o entendimento da Verdade é sim entender e compreender que a Bíblia não é a Palavra de Deus.

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski.Você escreveu em 7:47 AM Oct 29, 2014:
“MAS, PORÉM, TODAVIA, CONTUDO, ENTRETANTO,quando Jesus "diz" a Nicodemos " vos é necessario Nascer de Novo" voces espiritas "tentam" buscar uma "reencarnação" que não existe !”
Aqui eu concordo com a sua colocação, pois no diálogo de Jesus com Nicodemos de João 3,1 a 10 Jesus fala sim da conversão e do nascimento do alto, isso quer dizer: mudança de vida, como foi o que me falou o tal jovem num templo de pedra da Igreja Deus é Amor, que já divulguei aqui e quando você entendeu que o jovem tinha o nome de Daniel, mas “Daniel” é um título usado na Igreja Deus é Amor para todas as pessoas, que começam a servir na Igreja. Agora nos versículos seguintes de João 3,11: Jesus ensina ao Nicodemos que só se pode falar daquilo que se sabe e testemunhar o que vimos. O já, par mim, o ensinamento secreto sobre a reencarnação está sim no versículo João 3,12, pois a reencarnação é sim um dos ensinamentos das coisas do céu.

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski.Você escreveu em 7:47 AM Oct 29, 2014:
“Quando Jesus em Mateus 7:11,12,diz que " Elias virá" " Elias já veio",os espiritas ávidos e sedentos por uma "reencarnação"...SE ESQUECEM QUE JESUS NÃO ESCREVEU NADA...Interessante,não ?? Quando vocês tentam usar o argumento do "último centil" ( Lucas 12:59),foi tudo falácia do Doutor Lucas,POIS CRISTO NADA ESCREVEU !!!!..como afirmam os espiritas. Rosário, a quem você quer enganar !? Explique a mim e a seu publico que NÃO existe uma Incoerencia na apreciação das Escrituras pela doutrina espirita.Me responda por que uma maçã+uma maçã equivale a duas maçãs quando a doutrina espirita determina que são cinco !! Rosario,você quer ser sabio?...não desdenhe do bom senso das pessoas ! Você e outros "NÃO estão no topo da cadeia alimentar" se me permite a figura de linguagem..! Carlos MIchalski”
Com esse trecho da sua postagem fica claro a sua posição de não aceitar nada do processo da evolução do conhecimento da humanidade sobre tudo e principalmente sobre Deus. Eu só comecei a compreender melhor tudo o que está escrito na Bíblia após a aceitação da verdade das vidas sucessivas e assim fui estudar mais ainda a Bíblia, mas com total liberdade, pois a Bíblia mostra com uma clareza imensa a evolução do entendimento dos seres humanos sobre Deus e quem escreveu, corrigiu, traduziu, acrescentou, eliminou e modificou os textos que conhecemos hoje da Bíblia foi sim uma pessoa humana, que não tinha o entendimento de tudo o que escrevia e cada uma tinha o seu objetivo, mas no controle de tudo estava sim os Espíritos e acima de todos os Espíritos está o Espírito Santo de Deus, que respeita plenamente a liberdade de todos.
(Continua).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 19/Mai/2017 23:09 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Eis o que postei no jornal sobre o artigo do José Reis Chaves do dia 27/10/2014 (Continuação):
http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/j ... a-1.938139
Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski. Você escreveu na sua postagem de 11:42 AM Oct 29, 2014: “Rosario Americo,você afirma (5:40 PM Oct 28, 2014)" Você escreveu: “Em Lucas ,Jesus falando aos discípulos no Caminho de Emaús.."Ó néscios e tardos de coração para crer tudo o que os Profetas disseram.Porventura não convinha que o Cristo padecesse e entrasse na Sua Glória ?...Lucas 24:25...E ESPECIALMENTE Lucas 24:44”. Volto a dizer que quando isso foi dito por Jesus não existia um livro sequer do Novo Testamento! Rosario.era justamente isso que eu queria ouvir”.
Que ótimo! Você está começando a agir com mais sabedoria, pois realmente o que está escrito em Lucas foi sim uma obra de muitas pessoas que queriam endeusar a Jesus e atualmente muitas pessoas não compreendem que a missão de Jesus era sim a de nos ensinar o caminho do nosso aperfeiçoamento como está muito claro no que foi escrito em Mateus 5,48. Agora também em Mateus 5,17 a 19 está escrito que temos que cumprir toda a Lei, mas no próprio Mateus 5,20 a 47 está escrito que Jesus considerou a nova justiça superior à justiça antiga e assim ele começou a destruir o ensino dogmático dos judeus sobre a autoria de Deus com relação ao Antigo Testamento. Jesus veio aqui os ensinar a perdoar e amar sempre (Mt 18,21 e 22,34 a 40; Jo 15,12 a 15). E para nos ensinar o caminho da perfeição foi necessária a vinda do Espírito de Jesus para esclarecer e mostrar o verdadeiro caminho para o nosso aperfeiçoamento, agora muitos dos primeiros seguidores de Jesus fizeram de tudo nos 3 primeiros séculos da Era Cristã para endeusar a Jesus e assim o labirinto em torno da Verdade sobre Deus, Jesus, a Bíblia e a Vida foi sim formado. Só no final do 2º milênio cristão foi que se tornou possível destruir esse tal labirinto mental e teológico, que foi construído há milênios.

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski. Você escreveu na sua postagem de 11:42 AM Oct 29, 2014: “Você afirma e concorda que Jesus validou e legitimou as Escrituras do Antigo Testamento,onde Jesus é Prometido como Deus Forte,Resgatador e alguém que se entrega em morte Sacrificial.É também no Antigo Testamento em que Deus condena a Necromancia e a Idolatria como consta em Levítico,Isaías etc.”
Veja como você só pensa nos trechos que lhe compraz, pois no Antigo Testamento também está escrito o mandamento “Não Matarás” (Ex 20,13 e Dt 5,17), mas em 1Sm 15,1 a 3 está escrito que o próprio deu ordens por intermédio do profeta Samuel para que Saul condenasse ao anátema todo o povo dos amalecistas: homens, mulheres, crianças e recém-nascidos, como também todos os animais. O que aconteceu com o rei Davi, após ter cometido um adultério com Betsabeia (2Sm 11,1 a 5) e como ela ficou grávida, o rei Davi tentou escondeu do marido traído o ato adúltero (2Sm 11,6 a 13) e conseguindo o feito, ainda mandou trair o soldado Urias, que morreu no combate ou melhor foi morto a mando do rei Davi (2sm 11,14 a 25). Agora Davi foi perdoado e a criança morreu (2Sm 12,1 a 19). O perdão do rei Davi foi contrário a Lei, que está em Deuteronômio 24,16. O que fica claro para quem se liberta é que toda a Bíblia não é a Palavra de Deus, mas um compêndio de livros, que mostram para todos, o processo da evolução do conhecimento e das pessoas, que são Espíritos criados simples e ignorantes. E para esclarecer tudo isso foi necessária a vinda do Espírito de Jesus para esclarecer e mostrar o verdadeiro caminho para o nosso aperfeiçoamento, pois existem sim ensinamentos contraditórios em toda a Bíblia e para compreender isso é necessário ter muito discernimento para encontrar a saída do labirinto mental e teológico que foi criado pelos líderes religiosos do passado. Cito aqui que está escrito que Jesus foi condenado por falar blasfêmia, quando ele disse ser o Filho de Deus (Mt 26,63 a 68) e quem condenou a Jesus confiava plenamente nos escritos do Antigo Testamento. Um dos absurdos erros dos primeiros seguidores de Jesus foi ensinar que a humanidade foi perdoada por Deus porque o sangue de Jesus foi derramado na cruz e o Paulo foi sim o primeiro a escrever sobre esse absurdo erro.

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski. Você escreveu na sua postagem de 11:42 AM Oct 29, 2014: “Agora você percebe que você concordou com afirmativas de Jesus,afirmativas que,segundo você,NÃO FORAM escritas por Jesus ! Você percebe que as Escrituras "mentem" quando contemplam a doutrina cristã,entretanto,as Escrituras NÃO MENTEM quando presumes contemplarem o espiritismo ?...não é interessante..Rosário,a Dicotomia da sua avaliação !!”
As Escrituras não mentem, mas são completamente distorcidas pelos ensinamentos dogmáticos dos líderes religiosos do presente, que não compreenderam ainda o processo evolutivo de todos e do conhecimento em geral e por isso aceitaram tudo o que foi escrito na Bíblia como sendo a Palavra de Deus. Muitos autores bíblicos tiveram a sintonia com Espíritos vingativos e por causa da ignorância deles julgaram que fossem a presença do único e próprio Espírito Santo de Deus. Logo após eu ter entregue as armas mentais de defesa da vida única no dia 05/01/1980 e aceitado a verdade da reencarnação eu tive o meu nascimento do alto (Jo 3,3 e 7) e a primeira revelação, que recebi da Espiritualidade sobre a verdade na reencarnação na Bíblica, foi a parábola que está em Mateus 13,44. Vou divulgar aqui o texto da minha 7ª carta escrita para um teólogo em 28/06/992: “O Reino de Céus é semelhante a um tesouro escondido no campo, um homem o acha e torna a esconder e na sua alegria, vai, vende tudo o que possui e compra aquele campo” (da Bíblia de Jerusalém). Em algumas traduções ainda se diz: “... e na alegria de o achar de novo...” Este foi o primeiro trecho bíblico onde vi e compreendi, por revelação, a reencarnação, mas naquele dia (10/01/1980) eu não tinha o controle emocional para escrever a parábola toda, mas apenas em rápidas palavras dei a explicação: nasce, cresce, encontra e morre ( ou nasce, cresce, morre e encontra). O campo é o corpo de carne e o “Reino de Deus” é vivência consciente com a sabedoria, consigo mesmo, com a Verdade.... e.... com Deus.

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski. Você escreveu na sua postagem de 11:42 AM Oct 29, 2014: “...sabe o segredo ?..as Escrituras não se deixam escarnecer. Rosário,agora usando o criterio da Credibilidade Dicotomizada usada por você,Jesus afirma em Atos dos Apostolos 9:15 que o Apostolo Paulo foi escolhido e capacitado por ELE para representa-lo perante reis,gentios e o povo de Israel.Jesus não escreveu isso...segundo você..”
Realmente Jesus não escreveu isso, pois foi escrito pelo autor do Atos dos Apóstolos, mas está escrito que foi dito pelo Espírito de Jesus e digo até que o apóstolo Paulo foi único seguidor de Jesus que foi convertido pelo Espírito de Jesus, como está relatado em Atos 9,1 a 18) e ele ainda ficou cego e sem comer por 3 dias sem comer e beber (Atos 9,9). Já disse isso aqui por várias vezes e volto a dizer que para compreender bem o que aconteceu com o apóstolo Paulo tem sim que viver algo semelhante ao que ele viveu e eu vivi, mas você não aceita o meu testemunho (Jo 3,11). O Espírito de Jesus escolheu o Paulo porque ele tinha sim condições para executar uma difícil missão e de perseguidor ele tornou-se um grande divulgador dos ensinamentos de Jesus. Agora foi Paulo que iniciou todo o processo que resultou no endeusamento de Jesus e 3 séculos depois os pensadores cristãos criaram o dogma do Deus Uno e Trino, que foi sim imposto a ferro e fogo.

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski. Você escreveu na sua postagem de 11:42 AM Oct 29, 2014: “então Paulo teria mentido em Efesios 2:8,9 e em Tito 3:5,6 ??? Como você ( vocês) "julgariam Jesus e Paulo ?!...irresponsáveis !?..talvez mentirosos !...porque espíritas TEM DE ESTAR SEMPRE CERTOS..CONCORDA ? Escolha então,Rosario,que critério você usará daqui por diante para cortejar seu publico alvo,ávidos de "polegares pra cima"..? ?”
Paulo não mentiu, pois ele que foi educado na lei mosaica, na qual existia os sacrifícios de sangue para resgatar pecados, uma grande ignorância de quem o fazia e de quem o faz ainda hoje para agradar a Espíritos inferiores. Jesus ensinou sim muitas verdades, mas deixou o caminho aberto para revelações, que seriam feitas no futuro (João 16,12 a 15) e tal futuro tornou-se presente, pois o Espírito da Verdade está no seio da humanidade. O meu critério a partir de Janeiro de 1980 sempre foi a busca e compreensão da Verdade e para começar a compreender a Verdade é necessário ter a liberdade (Jo 8,32).

Publicado no dia 30/10/2014.
Carlos Michalski. Você escreveu na sua postagem de 11:42 AM Oct 29, 2014: “Fica bastante evidente que,se homens de Lyon e Paris "escreveram" torna-se "verdade absoluta",mas se os capacitados por Jesus e pelo ESPIRITO escreveram,você destitui de credibilidade !!! Sois deuses ?? Reflita ! Carlos MIchalski”.
Eu passei a refletir sim e muito mesmo sobre tudo o que passou a acontecer comigo desde Janeiro de 1980, quando não fui compreendido e nem auxiliado por dois sacerdotes, que muito me conheciam. Um deles, logo após o meu nascimento do alto (Jo 3,3 e 7), me falou assim: ‘Rosário, se você quiser mudar de religião, eu serei a primeira pessoa a defendê-lo perante nossa família. E eu respondi para ele: “Não é isso que eu quero; eu quero é a Verdade”. E aqui estou sim divulgando a Verdade, mesmo que para você tudo não passa de blasfêmia ou heresia. Eu só conheci a Doutrina Espírito no início de 1981 e fui recebido com muito amor por alguém que não me conhecia e esse comportamento de condiz com os ensinamentos de Jesus, como está escrito: “Dou-vos um mandamento novo: que vos ameis uns aos outros. Como eu vos amei, amai-vos também uns aos outros. Nisto reconhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros” (Jo 13,34 e 35). Agora a referência que você fez a Kardec está errada, pois o próprio Kardec ensinou: “Se a Ciência provar alguma coisa contrária a Doutrina Espírita, então fiquem com a ciência”, então ele nunca ensinou a Doutrina Espírita como uma “verdade absoluta”.
(Continua).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 19/Mai/2017 23:43 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Eis o que postei no jornal sobre o artigo do José Reis Chaves do dia 27/10/2014 (Continuação e final):
http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/j ... a-1.938139
Publicado no dia 30/10/2014.
Vou divulgar o início da minha quarta carta para o J. B. Libânio para mostrar como estou trabalhando em prol da Verdade há um bom tempo. Não divulgar a carta toda porque quando faço as defesas das minhas teses eu escrevo muitos versículos da Bíblia.
Esse princípio está nesse endereço:
viewtopic.php?f=12&t=3650&p=86141#p86141

Publicado no dia 31/10/2014.
1 - Todos aqueles que buscam a compreensão e o entendimento da Verdade, têm que analisar o que se recebe escrito do passado longínquo sem preocupar com quem escreveu. Hoje já se sabe que os Evangelhos no seu todo não foram escritos pelos quatro evangelistas, mas então é útil e necessário analisar e compreender bem o que está escrito. Agora quando alguém vai ler, estudar e analisar escritos do presente tem sim que conhecer e estudar o autor, pois cada pessoa escreve conforme a sua crença e o seu modo de viver, pois como a boca fala daquilo que está cheio o coração (Lc 6,45), também a escrita representa a mente e o comportamento do autor e do Espírito que está sintonizado com ele, pois a árvore se conhece pelos frutos. Com base nesses fundamentos passei a usar alguns princípios para mim como:
Esses 14 princípios estão indicados nesse endereço:
viewtopic.php?f=12&t=5628&p=142051#p142051
Citação:
Carlos Michalski. (Publicado no dia 31/10/2014). 11:54 PM Oct 30, 2014
Nestor,Rosario e Luciano Vou dar término aos meus comentarios,afirmando que a Pessoa Única e Exclusiva do Espirito Santo é muito claramente evidenciada nas Escrituras,os textos que deixei foram apenas João 14 e 1 Corintios 12,havendo muitos outros.Realço a gravidade espiritual de divagações e especulações sôbre o Espirito Santo,pensando muitos,erradamente,serem as especulações evidência de Sabedoria. Até o próximo assunto na proxima semana. Carlos Michalski
Publicado no dia 31/10/2014.
Carlos Michalski. O Espírito Santo de Deus é realmente um só, pois Ele é único. Agora a confusão foi implantada no inconsciente coletivo dos seguidores de Jesus por meio do dogma da Santíssima Trindade, quando foi imposto a ferro e fogo o Deus Uno e Trino. Veja o início do meu trabalho sobre Teologia, que pretendo divulgar em breve: I – Deus.
Que está nesse endereço:
viewtopic.php?f=12&t=5819&p=139477#p139477
Citação:
Carlos Michalski (Publicado no dia 01/11/2014). 7:04 AM Nov 01, 2014
João Frazão,são agora 06:47 de 01 11 2014,estou tomando meu café e te passo o que Pedro diz em 2 Pedro 1:16 referente à visão no Monte Tabor. Diz Pedro: "Porque não seguimos fábulas engenhosamente inventadas,quando vos fizemos conhecer o poder e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo,pois fomos testemunhas oculares da sua majestade.Ele recebeu honra e glória da parte de Deus,quando da Suprema glória lhe foi dirigida a voz que declarou:"Este é o meu Filho amado,em quem me regozijo.Ora,nós mesmos ouvimos essa voz vinda dos céus,quando estávamos como Ele no monte santo. No v20 Pedro afirma:"Antes de tudo,sabei que nenhuma Profecia teve origem na "vontade humana",mas HOMENS SANTOS falaram da parte de Deus orientados pelo ESPÍRITO SANTO" Biblia King James pg 2430 Frazão,Pedro estava lá presente e testemunha da Verdade e não de outra versão falaciosa.O que te lembra "fábulas engenhosamente inventadas" ! Não te fala das coisas em que tens acreditado !?? Talvez à tarde eu retorne. Carlos Michalski
- 7:04 AM Nov 01, 2014
Publicado no dia 02/11/2014.
Carlos Michalski. Você escreveu na sua postagem de 7:04 AM Nov 01, 2014:
“estou tomando meu café e te passo o que Pedro diz em 2 Pedro 1:16 referente à visão no Monte Tabor”.
No ano de 1983 fiquei sabendo por meio de revelações que os três apóstolos, que assistiram a transfiguração de Jesus, estavam reunidos, como reencarnados, numa intensa manifestação espiritual nos dias 11 e 12 de Janeiro de 1980. Divulgo isso aqui, mesmo sabendo que você não acolhe o meu testemunho (Jo 3,11), mas o faço em função do meu compromisso com a Verdade. Todo esse diálogo aqui está sim sendo muito importante, pois cada um tem sim o seu conhecimento, entendimento e discernimento sobre tudo o que já aconteceu e está acontecendo. Poucos estão em condições de discernir tudo o que já aconteceu e está acontecendo (Ap 13,18).

Publicado no dia 02/11/2014.
Carlos Michalski. Você escreveu na postagem de 7:11 PM Nov 01, 2014: “Me perdoe mas você NÃO está gabaritado NEM legitimado para tecer considerações sôbre a minha conduta e perfil moral e espiritual.Não houve agressão nenhuma,a não ser que você se sinta "agredido" pela Verdade e se irrite com alguém que não se dobra senão à vontade do Cristo”.
Até ao início de 1980 e principalmente, antes de receber uma revelação dentro da Igreja de Santa Teresa durante a celebração de uma missa dominical em Agosto de 1982, eu até lhe daria razão, mas depois de tudo o que já vivi e das revelações que já recebi cito aqui apenas um versículo de Mateus: “Pois hão d surgir falsos Cristos e falsos profetas, que apresentarão grandes sinais e prodígios de modo a enganar, se possível, até mesmo os eleitos” (Mt 24,24). O mesmo ensino está escrito em Marcos 13,22. Cuidado com os falsos Cristos, pois o Mestre Jesus nunca desejou e nem deseja que alguém se dobre perante a vontade ele, mas os falsos Cristos exigem isso sim! Veja que está escrito: “Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que seu senhor faz; mas eu vos chamo amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu vos ei a conhecer” (Jo 15,15).
Ainda comentando sobre João Batista ser uma reencarnação do Espírito do profeta Elias, vou divulgar aqui o início e dois textos da minha carta escrita para um bispo católico sobre o assunto para quem realmente está em busca da compreensão da Verdade:
Belo Horizonte, 07 de Abril de 2000. Dom Frei Boaventura Kloppenburg ofm, desejo-lhe muita paz e luz em nome do nosso Mestre Jesus. Que o “Espírito Santo” possa nos mostrar a “VERDADE”.
1 - O objetivo dessa minha carta é comentar alguma coisa sobre o seu livro: “Reencarnação”, cujo conhecimento tomei por intermédio de uma pessoa, decepcionada com o mesmo, pois julgou pelo nome, que o senhor era a favor e não contra a reencarnação. Gostei imensamente do seu livro, apesar de apresentar idéias contrárias às minhas. Por causa dele surgiu esta oportunidade, que me permitiu defender e esclarecer mais ainda as minhas teses.
2 - 8.) João Batista e o profeta Elias (Capítulo 4 e item 7 do seu livro). Também compreendi, sem nenhuma viseira ou castração da liberdade de pensar, que, nos ensinamentos dos Evangelhos, está muito claro, que João Batista e o profeta Elias foram dois seres humanos, cujos corpos foram habitados pelo mesmo espírito em sua constante caminhada à busca da perfeição. Lendo os trechos bíblicos de Mateus 11,11 a 15; 17,9 a 13; Marcos 9,9 a 13 e Lucas 1,11 a 17, pode-se ver claramente exposto o ensinamento das vidas sucessivas ou da reencarnação. Existem os que não o vêem ou não o enxergam porque não querem, por algum motivo, com o qual está comprometido, ou estão com viseiras mesmo. A maioria aprendeu desde jovem que só havia uma vida terrena e por isso continua com sua crença sem interrogá-la, como se fosse o certo ou a verdade. Por que em Lucas 1,17, o anjo Gabriel cita: “..., com o espírito e o poder de Elias...” e não diz: “com o Espírito e Poder de Deus”? Por que, o Senhor, Dom Frei Boaventura, citou na página 91 do seu livro o trecho de Mateus 11,14: “pois João era seu contemporâneo, e Elias “há de vir” (Mt 11,14), portanto ainda não veio”? Por que o Senhor não citou e comentou a contradição com Mateus 17,12: “Eu vos digo, porém, que Elias já veio, mas não o reconheceram”, e com Marcos 9,13: “Eu, porém, vos digo: Elias já veio, e fizeram com ele tudo o que quiseram, como dele está escrito”? Nestes dois trechos está escrito que “Elias já veio”. Para mim, o Senhor foi tendencioso, não agiu com honestidade, e está prejudicando a descoberta da VERDADE. Ou só foi ingenuidade mesmo? Quando estamos buscando a verdade com liberdade somos honestos e sinceros, mas quando temos outras intenções, aí escondemos, encobrimos e até ocultamos qualquer coisa, que possa mostrar a VERDADE, que já condenamos sem conhecê-la. A sua observação, com relação ao segundo advento do Senhor Jesus (pág. 91), é realmente uma apelação digna de dó. Esse tipo de apelação é próprio dos pentecostais, que são cegos dirigidos por outros cegos ou por espertalhões mesmos, que tiram deles todo o vil metal possível, com muita esperteza mesmo, às vezes os comparo com o administrador infiel, citado em Lucas 16,1 a 8. Quando o Senhor cita que o próprio João negou, que não era o profeta Elias (Jo 1,21 e pág. 92 do seu livro). Isso não vale como prova, pois ele não sabia, mas o que é, é, mesmo que não saibamos nada sobre o nosso passado remoto, guardado sob muitos segredos, selos e sete chaves. Há 20 anos atrás, eu não sabia o que hoje sei, mas isso não nega a veracidade daquilo que é, ou daquilo que sou: “Eu sou o que sou”.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Qui, 17/Ago/2017 22:36 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6519
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um abraço.
Eis o que postei no jornal sobre o artigo do José Reis Chaves do dia 05/01/2015, que está nesse endereço:
http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/j ... s-1.968854

Publicado no dia 10/11/2015.
Quase todos os estudiosos sobre a Bíblia tentam mostrar que Deus é o responsável por tudo o que está na Bíblia e esse processo dificultou imensamente a busca e compreensão da Verdade. Veja o que escrevi na Encíclica: “A alegria do Evangelho”, de 24/11/2013, do Papa Francisco: Se apenas víssemos este texto, então estava ótimo e muito bem esclarecido. Mas este mesmo “espírito” orienta para “massacrar” outros povos (Êxodo 3,8-9: “Por isso desci a fim de libertá-lo da mão dos egípcios, e para fazê-lo subir daquela terra a uma terra boa e vasta, terra que mana leite e mel, o lugar dos cananeus, dos heteus, dos amorreus, dos ferezeus, dos heveus e dos jebuseus. Agora, o clamor dos filhos de Israel chegou até mim, e também vejo a opressão com que os egípcios os estão oprimindo”); essa destruição está registrada no livro de Josué 1 a 12: todos os povos de 31 reinos foram passados ao fio da espada. E as pragas contra todo o povo egípcio? (Êxodo 7,8 a 12). Isso não foi divino! Não foi de Deus! (Ver pág. 104). Por que o Papa só citou o início do versículo de Êxodo 3,8 e não o versículo todo como citei acima? A Verdade assusta, dói e amedronta, mas tem que ser dita! (21/01/2014). (“Basta percorrer as Escrituras, para descobrir como o Pai bom quer ouvir o clamor dos pobres: “Eu bem vi a opressão do meu povo que está no Egito, e ouvi o seu clamor diante dos seus inspetores; conheço, na verdade, os seus sofrimentos. Desci a fim de os libertar (...). E agora, vai; eu te envio....” (Êxodo 3,7-8.10)”. Pág. 111 – Item 187). O Espírito da Verdade (João 16,13) já está na terra.

Publicado no dia 10/11/2015.
Continuando a explicações anteriores veja o que escrevi no livro “Teologia da Libertação - Perspectivas”, de Gustavo Gutiérrez. Discordo do autor, pois Iahweh libertou os israelitas (Êxodo 3 a 15) com matanças e pragas e ainda deu ordens para destruir outros povos (Ex 3,8 e Dt 7,1 e2), ordens que foram realizadas conforme Josué 1 a 12: Isso não foi algo divino e perfeito, foi então obra de um falso deus! (15/04/2014). (“O Deus que liberta Israel é o Criador do mundo. A libertação do Egito é um ato político. É a ruptura com uma situação de espoliação e de miséria, e o inicio da construção de uma sociedade justa e fraterna. É a supressão da desordem e a criação de uma nova ordem. Os primeiros capítulos do Êxodo descrevem-nos a situação de opressão em que vivia o povo judeu no Egito, nessa “casa de servidão” (Ex 13,2; 20,2; Dt 5,6): repressão ( 1,10-11), trabalho alienado (Ex 5,6-14), humilhações (Ex 1,13-14), política antinatalista forçada (Ex 1,15-22). Javé suscita então a vocação de um libertador, Moises”. Pág. 209). Interessante, pois esse texto está citado na encíclica do papa Francisco: A Alegria do Evangelho (Item 187) - ver página 111 da mesma. Ambos os autores omitem a ordem para matar e destruir outros povos, como também a destruição depois, que foi realizada sob o comando de Josué. (“Tenho visto a aflição de meu povo no Egito, e ouvi o clamor que lhe arrancam seus opressores, pois já lhes conheço os sofrimentos. Baixei para livrá-lo da mão dos egípcios... vi também a opressão com que os oprimem os egípcios. Vai, pois. Envio-te ao Faraó, para que tires meu povo, os filhos de Israel do Egito (Ex 3,7-10)”. (Pág.209). A visão do teólogo Gutiérrez como a do papa Francisco são sim bem estranhas e até ignorantes, pois seria o mesmo de falar hoje para o povo do Haiti e de outros lugares de extrema pobreza que eles deveriam ir para a Europa, mas teriam que matar todos os povos que já habitam lá!

Divulguei o texto dos livros do Bento XVI - Labirinto, que está nesse endereço:
viewtopic.php?f=12&t=4946&p=142913#p142913

Diego Romualdo. (Publicado no dia 11/11/2015).
Olá Rosário.//§ Não é novidade, para um cristão que se proponha a estudar a Bíblia, ouvir afirmações que questionam o amor de Deus em face de sua personalidade "sanguinária".//§ Estou numa nova empreitada pessoal para ler todo o texto bíblico neste ano e, nessa semana que se passou, li um texto no qual Deus diz claramente que a terra da palestina seria entregue aos descendentes de Abraão. Os seus descendentes seriam escravizados por 400 anos, mas depois disso retornariam para a sua terra de origem (Gn 15.13-16).//§ Nesse texto há um detalhe importante: Deus fala que "a medida de injustiça dos amorreus ainda não tinha sido completada". Os amorreus eram um dos povos que habitavam a Palestina, antes dos hebreus. //§ Acredito que na "agenda divina" já estava programado um juízo contra o povo amorreu em razão de sua injustiça para dali a 400 anos, depois de Abraão.//§ Porque, então, insistir em sacrificar a personalidade justa de Deus e reforçar apenas o seu traço amoroso? É amoroso deixar de punir a injustiça? Seria bom se observássemos a paciência de Deus antes de fazer justiça (a medida de injustiça AINDA não está completa). Deus é amor... mas Deus é muuuuito paciente, até se mostrar como um Deus de Justiça também (JEOVÁ TSIDKENU)!! Aguardo ansiosamente pela justiça de Deus nesse mundo em que vivemos nos dias atuais!! Abraços

Publicado no dia 11/11/2015.
Diego Romualdo. Um abraço. Só de falar em “personalidade sanguinária” de Deus deixa no ar muitas interrogações: 1- Por que veio a morte e a vingança em nome de Deus? 2 - Vingança do próprio Deus: 10ª praga? 3 - Será que Deus arrependeu-se da 10ª praga e deu o mandamento “Não Matar”? 4- E por que Deus voltou a permitir e até mandou matar? 5 - Por que Jesus, além de condenar a vingança e o ódio, mandou perdoar setenta e sete vezes e a amar até aos inimigos? 6 - Será que Jesus considerou que os trechos do Antigo Testamento com ordens de matar em nome de Deus estavam errados, julgando assim que Deus-Pai orientou errado? 7 - Se existe “Lei”, até quem promulgou a lei deve obedecê-la? 8 - Ou finalmente será que Deus muda a sua orientação para confundir aos homens? Neste caso Deus não seria honesto, perfeito, sincero e bom. 10 - Será que Deus também necessita de casa para morar? E é só lá que Ele quer ser adorado? 11 - Por que as desigualdades sociais: ricos e pobres, altos e baixos QI? 12 - Por que a dor, o sofrimento, as doenças, os nascimentos com problemas crônicos? 13 - Será que também Deus possui os seus “protegidos”, os seus afilhados até pelo nascimento? 14 - Será necessário “pistolão” para ter a proteção de Deus, pois do contrário seremos desgraçados e perseguidos pelo demônio? 15 - Será que Deus tem um “povo escolhido” ou mesmo pessoas “escolhidas” e só estas podem falar em nome de Deus? 16 - Por que Deus criou os anjos para gozarem no céu (não incluo aqui os anjos revoltados) e os homens, que para conquistarem o céu têm que sofrerem na terra? 17 - Por que Deus já criou aqueles como habitantes ou moradores do céu e estes para alcançarem o céu terão que passar por terríveis experiências e provas sofredoras na terra? 18 - Será que Deus tem sede de sangue, pois para que a humanidade reconquistasse o direito da salvação, Jesus teve que morrer pregado numa cruz? 19 - Que Deus é esse que mais parece um tirano cruel na terra ou mesmo um chefe de estado, que só apaga a sua ira, ódio ou desejo de vingança com a morte... E ainda do próprio filho? 20 - Será que para a própria Igreja pode ser empregado aquele ensinamento de Jesus: “Fazei o que eles dizem, mas não fazei o que eles fazem”? 21 - Como foi e é possível conceber a ideia do Inferno Eterno; isto é: a condenação para a eternidade por causa de uma vida de no máximo “100” anos em crimes? O castigo será muito maior do que a culpa, pois um século do nosso tempo é menos do que um “segundo da eternidade”. Também é considerar a Deus, o Perfeito, o Bom, o Sábio e com um Amor pleno para com todos como um tirano e até mau, pois não poderá perdoar para a eternidade.

Diego Romualdo (Publicado no dia 11/11/2015).
Olá Rosário//§ Consigo observar em seus posts uma clara intenção de contraditar o líder católico, o Papa. É possível observar também que eu e Carlos Michalski não somos católicos e, portanto, tais argumentações não nos incomodam.//§ Entretanto, é bom observar que, aparentemente, a proposta do colunista é discutir o espiritismo à luz da Bíblia. Julgo essa proposta louvável, pois como o Carlos já disse, não é comum os espíritas recorrerem à Bíblia.//§ E o que observamos quando recorremos à Bíblia é Jesus assumindo que deveria passar por um martírio antes de ser levado aos céus. E mesmo que Pedro tenha procurado dissuadi-lo disso, Jesus manteve-se firme no caminho do sofrimento (Mt 16.21-23). Será que alguém já notou que Jesus disse estar ENTREGANDO a sua vida de forma voluntária (Jo 10.17,18)?//§ Assim como Pedro, percebo que o único labirinto que prende a sua mente é a sua própria mente, que aparentemente resiste aceitar as declarações de Jesus (Mt 16.23). Abraços!

Publicado no dia 11/11/2015.
Diego Romualdo. Um abraço. Desde que tive o meu nascimento do alto (Jo 3,3 e 7) em Janeiro de 1980 eu passei a ser um perscrutador da Verdade, que liberta (Jo 8,32) e plena (Jo 1613). Veja um texto da introdução de um trabalho, que passei a publicar a partir de 29/09/2004: “Pedi e vos será dado; buscai e achareis; batei e vos será aberto; pois todo o que pede recebe; o que busca acha e ao que bate se lhe abrirá” (Mt 7,7 e 8.). É meu desejo que quem for ler esta minha 5ª Apostila e ainda não leu as outras quatro anteriores, então pare e vá primeiro ler as outras, pois assim ficará mais fácil o entendimento de tudo o que está sendo divulgado aqui. A Bíblia Sagrada, que é o livro sagrado para judeus e cristãos, é uma fonte inesgotável de ensinamentos e sabedoria. A Bíblia sempre tem razão, pois nela está tudo muito claro. Os erros, que parecem que estão na Bíblia, não são da Bíblia, mas daqueles que não entenderam a Bíblia e disseram, como ainda dizem que a Bíblia é a palavra de Deus. Muitos espertalhões utilizaram e utilizam da Bíblia para enganar e explorar os próprios irmãos. Existem muitos falsos Cristos e falsos profetas que tentarão enganar até aos eleitos (Mt 24,24) e muitos espíritos agiram como ainda agem de uma maneira não correta e nem para o BEM, assumindo ou usurpando o lugar de DEUS. “Aqui é preciso discernimento! Quem é inteligente calcule o número da Besta, pois é um número de homem: seu número é 666!” (Ap 13,18). “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei minha Igreja, e as portas do Inferno nunca prevalecerão contra ela” (Mt 16,18). Veja que existem muitos falsos profetas que fundam novas igrejas e ainda afirmam que a nova igreja é a verdadeira e é a única Igreja de Jesus. Estes agem de uma forma contrária à própria Bíblia (Mt 24,23 a 25)... (Continua).

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 313 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 17, 18, 19, 20, 21  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB