Portal do Espirito

A sua referencia em Doutrina Espirita na Internet
Bem-vindo: Ter, 13/Nov/2018 02:36
Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos


Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 314 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 21  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: Ter, 06/Jan/2009 20:52 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Desde quando aceitei a verdade da REENCARNAÇÃO (05/01/1980) eu me libertei de todos os princípios e ensinamentos dogmáticos, que bitolavam a minha liberdade até de pensar.
Eu passei a me sentir tão livre e tão feliz, que até parecia que tinha tirado uma cadeia invisível, que estava sobre mim, e andava livremente pelas ruas de Belo Horizonte. Quando relatei isso para um psiquiatra em Março de 1980, ele não concordou em nada comigo e me falou mais ou menos assim:
"Mas você não pode ficar se sentindo tão livre assim, você necessita buscar outras formas e outros princípios, que venham retirar essa sua forma de se sentir tão livre assim. Isso não está correto".
Quando comecei a estudar a Doutrina Espírita na prática e na teoria, tudo se encaixou e realmente comecei a entender a verdade, que liberta (João 8,32).
E só em 1987, quando comecei a fazer um Curso Bíblico, aqui em Belo Horizonte, foi que conheci a Teologia da Libertação e ai entendi que a Teologia da Doutrina Espírita é a Teologia da Libertação dentro da forma esotérica.
E dai para frente passei a ser um divulgardor e defensor da Teologia da Libertação.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Editado pela última vez por Rosário em Qui, 25/Fev/2010 21:55, em um total de 3 vezes.

Compartilhar no Facebook
Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 06/Jan/2009 21:20 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas um grande abraço.
Eis alguns endereços, onde já divulguei alguns artigos, que foram publicados no jornal O TEMPO sobre a Teologia da Libertação:

Teologia da Libertação 177 e Gnose 175
viewtopic.php?f=12&t=4946&p=115119#p115119
Citação:
A condenação da Teologia da Libertação como heresia, foi fruto de mentes brilhantes, que a confundiram com as teorias do marxismo ateu. Este sim foi um trabalho das trevas, pois fez tudo ao contrário dos ensinamentos libertadores do Cristo.
Citação:
Os últimos livros bíblicos foram escritos há quase dois milênios por pessoas que não entendiam a espiritualidade como a compreendemos hoje. Assim também foi escrita toda a Bíblia. Qualquer espírito era considerado como o próprio Deus ou um enviado dele e isso complicou a compreensão da Bíblia. Só no século XIX foi que Kardec conseguiu codificar e explicar o processo de comunicação dos espíritos como a humanidade, esclarecendo a grande confusão teológica criada pelos teólogos e pelos autores e tradutores dos livros da Bíblia, pois para todos eles tudo o que aconteceu na Bíblia era obra de Deus.

Teologia da Libertação e Reencarnação (214):
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=117374#p117374
Citação:
Pode-se dizer que com Kardec a Teologia da Libertação é muito bem compreendida e sublimada, pois a verdade da reencarnação abre as portas do inconsciente humano e o caminho para o autoconhecimento. A libertação e a perfeição são ensinamentos sublimes, que nos foram ensinados por Jesus. Veja e analise esses ensinamentos: “Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. Quando vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à verdade plena” (Jo 8,32; 10,10 e 16,13). “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus” (Mt 5,8).

Mistério e impossível (Boff – 215)
viewtopic.php?f=12&t=4615&p=117613#p117613
Citação:
Ficou claro para mim, que o teólogo Boff, ainda não compreendeu a Teologia da Libertação dentro de uma visão esotérica, pois ele ainda não se libertou do mistério e ainda está preso no impossível, como também ainda sonha em escrever um livro só para Deus e com o próprio sangue.
Citação:
No final do 2º milênio tivemos grandes teólogos defendendo a Teologia da Libertação, mas quase todos a confundiram com a ideologia marxista e ai se complicaram, pois o marxismo defendia o ateísmo. Alguns desses teólogos ficaram iludidos com o comunismo ateu e não entenderam que vieram para servir a todos e não para serem servidos por alguns bajuladores.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 06/Jan/2009 21:26 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas um grande abraço.
165 - Teologia da Libertação - publicado em 27/02/2007.
Parabéns ao teólogo J. B. Libânio pelo artigo: “Perspectivas históricas” (Opinião 25/02). É muito bom ler os artigos deste teólogo, que é um pensador cristão e liberal e que também foi um dos defensores da Teologia da Libertação. Esta foi um dos bons frutos do Concílio do Vaticano II, mas que foi considerada como heresia por membros ultraconservadores da Igreja Católica, que já dominaram quase toda a sua cúpula hierárquica. Estes, após a morte do papa Paulo VI, conseguiram tirar todos os defensores da T. L. de posições de destaque dentro da ICAR no Brasil. Esqueceram que Jesus ensinou: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10).
Precisamos de líderes responsáveis, que constroem povos livres, e não líderes populistas, que enganam aos seus eleitores com migalhas do PIB. Os líderes, inclusive os religiosos, da América Latina têm que assumirem a responsabilidade de darem vida e liberdade aos seus povos e não ficarem aumentando seus patrimônios privados e fazendo aquilo, que ajuda aos banqueiros e aos povos dos países do primeiro mundo, pois depositam lá os “reais”, que são frutos de seus atos ilegais ou corruptos.
Os principais e brilhantes pensadores europeus entenderam, após o fim da 2ª Grande Guerra, que a proteção deles contra o comunismo ateu não podia ficar sob o controle dos norte-americanos, mas teria que ser da união de todos os países do Leste Europeu. Eles idealizaram a União Européia e até uma circulação de uma moeda única, mas sabiam das dificuldades futuras e não desistiram. Hoje a U.E. e o Euro, meio século depois, são realidades presentes e de sucesso.
Eis ai o caminho do sucesso para os povos da América Latina: a união de todos para o bem de todos. Temos de deixar de sermos meros exportadores de matérias primas, que enriquecem cada vez mais àqueles, que já levaram o ouro e muitas outras preciosidades do solo da América do Sul para subvencionar vidas de reis e príncipes, e guerras fratricidas, que nunca dão vidas dignas a ninguém. Rosário Américo de Resende. B.Hte. 25/02/2007.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 06/Jan/2009 21:32 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
173 - Teologia da Libertação - publicado em 23/05/2007.
O papa Bento XVI, ainda como o cardeal Joseph Ratzinger, foi o conselheiro do papa João Paulo II para a condenação da Teologia da Libertação como uma das heresias dos tempos modernos.
Esta condenação foi fruto de mentes brilhantes, que confundiram a T.L. como uma das obras do marxismo ateu. Este, sim, foi uma das obras das trevas, que surgiram no século XX, pois, apesar de usurpar o nome de comunismo do cristianismo nascente, foi um dos sistemas de governo mais totalitário de todas as épocas. Os regimes comunistas só permaneceram ativos em vários países e por muitos anos, porque seus defensores não davam nenhum valor à vida e, após conquistarem o poder pelo uso das armas, matavam todos os que lhes eram contrários. Os agentes comunistas tinham o seguinte lema: “Matar para não morrer” ou “Matar ou morrer”, pois tinham que tomar dos outros aquilo que eles não tinham, até o poder. Este processo colocava as pessoas em estado de completa irracionalidade para com os princípios do Evangelho.
A Teologia da Libertação tem suas bases nos ensinamentos mais puros e elevados de Jesus, como: “Não te admires de eu te haver tido: deveis nascer do alto. Em verdade, em verdade, te digo: falamos do que sabemos e damos testemunho do que vimos” (João 3,7 e 11). “Nem eu te condeno. Vai, e de agora e, diante, não peques mais” (João 8,11). “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8,32). “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. Eu sou o bom pastor: o bom pastor dá sua vida pelas suas ovelhas” (João 10,10 e 11). “Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra e os puros de coração porque verão a Deus” (Mateus 5, 4 e 8.).
Quem condenou a Teologia da Libertação como heresia teve uma visão exotérica do assunto e quem a defende já possui uma visão esotérica da mesma, pois é realmente uma teologia de libertação e não de castração. E ninguém consegue toda esta libertação interior se não nascer de novo.
Rosário Américo de Resende. Belo Horizonte, 12/05/2007.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 06/Jan/2009 21:40 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
A aceitação da verdade da reencarnação faz com que tenhamos uma visão compreensiva dos enigmas da vida e isso também nos conduz a uma grande libertação interior, então também considero a reencarnação, que nos abre as portas do nosso inconsciente profundo, como uma das bases da Teologia da Libertação.

210 - Reencarnação - publicado em 22/10/2008.
Aceitei a reencarnação como verdade há quase 29 anos. Além de ser uma questão de justiça, como muito bem demonstra o pesquisador da religião, o Luciano Ribeiro, no artigo: “Reencarnação é uma questão de justiça” ((Leitor 16/10), é também uma comprovação da perfeição, bondade e sabedoria de Deus.
Agora o artigo: “Reencarnação” (Leitor 18/10) do leitor Solon Diniz Cavalcanti é decepcionante, principalmente o que ele escreveu no final: “Olha a justiça de Deus sendo feita na cruz!”.
Não consigo mais imaginar como existem pessoas que dizem que Deus é bom, sábio e perfeito, e também aceitam que a morte de Jesus foi um acontecimento da justiça de Deus. É também irracional aceitar que Deus só perdoou o gênero humano porque Jesus foi traído, julgado injustamente à morte como blasfemo, açoitado, flagelado e pregado numa cruz. Esses ensinamentos nos apresentam um Deus não bom e nem perfeito, pois Ele só perdoou a desobediência de Adão e Eva, após o sangue de Jesus ter sido derramado na cruz.
Sobre a lei de causa e efeito citada pelo leitor pode-se dizer que essa também está sendo aperfeiçoada, pois a Era de Provas e Expiações está chegando ao fim e a Era de Regeneração está sendo iniciada.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 20/10/2008.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 06/Jan/2009 21:45 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Esse artigo não foi publicado, mas estou também incluindo-o aqui:

94 - Teologia da Libertação.
A busca da libertação é um dos caminhos sublimes, que nos foi ensinado por Jesus e só o encontra aquele que o busca. No final do 2º milênio tivemos grandes teólogos defendendo a Teologia da Libertação, mas quase todos a confundiram com a ideologia marxista e ai se complicaram, pois o marxismo defendia o ateísmo. Esses teólogos só viram a Teologia da Libertação dentro de uma visão exotérica e não esotérica.
A libertação possui a sua base e defesa no Evangelho. Veja e analise esses ensinamentos: “Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. Quando vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à verdade plena” (Jo 8,32; 10,10e16,13). “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus” (Mt 5,8).
Jesus veio nos ensinar o caminho do nosso aperfeiçoamento (Mt 5,48), só falamos do que sabemos e damos testemunho do que vimos (Jo 3,11). Os defensores da Teologia da Libertação ficaram iludidos com o comunismo ateu e não entenderam que vieram para servir a todos e não para serem servidos por alguns bajuladores.
Só consegui compreender essa teologia, quando conheci a Codificação de Kardec e já tinha os meus 35 anos.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 22/11/2008.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 06/Jan/2009 22:27 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Pa plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Eis outros endereços onde cito ou faço comentários sobre a Teologia da Libertação:
viewtopic.php?f=13&t=4651&p=109081#p109081
Citação:
É isso que sempre estou falando e é nesse sentido que defendo a Teologia da Libertação.

viewtopic.php?f=2&t=5236&p=116037#p116037
Citação:
Eu passei a ser um defensor da Teologia da Libertação, após ter aceito a Teoria ou Teologia da Evolução e, à medida que vamos aprendendo cada vez mais, então vamos agindo com mais liberdade e responsabilidade. Isso é a vivência do livre arbítrio em toda a sua plenitude

viewtopic.php?f=12&t=4946&p=117614#p117614
Citação:
Eu conheci a Teologia da Libertação por volta de 1988 e fiz uma ligação da mesma com todo o aprendizado que tive da Doutrina Espírita, pois a DE nos ensina o caminho da libertação e também nos ensina uma Teologia da Evolução, como ensinou o grande teólogo Teilhard de Chardin.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Qui, 08/Jan/2009 10:03 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Quando tomei conhecimento da Teologia da Libertação, por volta de 1987, pois tinha decidido a fazer um curso livre de exegese bílblica, vi e entendi rapidamente que tudo o que tinha aprendido em teoria e prática no meio espírita era a forma mais clara, perfeita e pura da Teologia da Libertação.
E assim fui estudar mais ainda os Evangelhos e principalmente o 4º Evangelho.
Posso dizer que nos versículos a seguir do Evangelho Joanino encontrei a base da minha atual Teologia, que é a Teologia da Libertação:
“Veio para o que era seu e os seus não o receberam” (Jo 1,11).
“És mestre de Israel e ignoras essas coisas? Em verdade, em verdade, te digo: falamos do que sabemos e damos testemunho do que vimos” (Jo 3,10 e 11).

“Ele, porém, lhes disse: “Tenho para comer um alimento que não conheceis”. Meu alimento é fazer a vontade daquele que me enviou e consumar a sua obra” (Jo 4,32 e 34).
“Meu Pai trabalha até agora e eu também trabalho” (Jo 5,17).
“O espírito é que vivifica, a carne para nada serve. As palavras que vos disse são espírito e vida" (Jo 6,63).
“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8,32).
“Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida” (Jo 8,12).
“Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo” (Jo 9,5).

“Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10b).
“Se, portanto, eu, o Mestre e o Senhor, vos lavei os pés, também deveis lavar-vos os pés uns aos outros. Dei-vos o exemplo para que, como eu vos fiz, também vós o façais” (Jo 13,14 e 15).
“Dou-vos um mandamento novo: que vos ameis uns aos outros. Como eu vos amei, amai-vos também uns aos outros” (Jo 13,34).
“Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros como eu vos amei. Vós sois meus amigos, se praticais o que vos mando” (Jo 15,12 e 14).
“Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que seu senhor faz; mas eu vos chamo de amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu vos dei a conhecer. Isto vos mando: amai-vos uns aos outros" (Jo 15,15 e 17).
“Tenho ainda muito que vos dizer, mas não podeis agora suportar.Quando vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à verdade plena...” (Jo 16,12 e 13a).
..........
Foi pena que o atual papa Bento XVI, ainda como o principal cardeal, que assessorava ao papa João Paulo II, considerou a Teologia da Libertação como heresia, pois os teólogos que a defendiam não souberam separar os ensinamentos da mesma dos ensinamentos do marxismo ateu.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg, 12/Jan/2009 06:46 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Nos estudos da Teologia da Libertação e para uma compreensão melhor da mesma temos que aceitar que a Teologia de Sangue, que está intimanete ligada à Teologia do Calvário e ou da Cruz, foi um dos grandes erros dos primeiros teólogos cristãos, que consideraram tudo como sendo atos e sacrifícios agradáveis a Deus.
Se hoje qualquer teólogo cristão aceita e defende que os sacrifícios de animais feitos por qualquer membros de outras religiões como sendo atos pagãos e que não são agradáveis a Deus. Como é interessante ver que todos teólogos cristãos aceitam os mesmos sacrirfícios de sangue, que estão na Bíblia desde o sacrifício de Abel até a morte de Jesus na cruz, quando o sangue dele foi derramado até a última gota, como atos agradáveis a Deus.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom, 18/Jan/2009 20:17 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Os primeiros passos que temos de dar para ficarmos livres dos princípios bitoladores da nossa liberdade até de pensar é aceitar e depois entender que a Bíblia não é a palavra de Deus.
E assim estaremos em condições de entender que todos os sacrifícios de sangue, que estão relatados na Bíblia do princípio ao fim, incluindo o sangue de Jesus derramado na cruz, não foram e nem atos agradáveis a nenhum mais evoluído, então também nunca poderiam ter sidos aceitos como atos agradáveis a Deus.
Pode-se até dizer que esse foi o maior erro cometido pelos escritores dos livros da Bíblia e depois pelos teólogos cristãos, que também aceitaram que tudo tinha a ver com o sacrifício de Jesus na cruz. E a morte de Jesus na cruz acabou com a era dos sacrifícios para agradar a Deus.
Depois que tudo foi aceito como atos exigidos até por Deus, pois Deus não podia perdoar ao erro da desobediência do ingênuo casal Adão e Eva e ficou até furioso com a desobediência e castigou aos dois e a todos os descentes deles a sofrerem pela vida afora. E só com o sangue de Jesus foi que a condenação de Deus para com todos os seres humanos foi anulada.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Qui, 29/Jan/2009 15:21 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Todos somos livres para pensar e para dizer tudo o que desejarmos, mas não podemos esquecer de que somos também responsáveis por tudo aquilo que falamos ou que deixamos de falar se tivermos que falar.
E quem compreender tudo isso muito bem, irá também compreender a Teologia da Libertação, pois Deus nos dá todo o direito de liberdade para agirmos ou não e Ele respeita plenamente o nosso livre arbítrio.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sex, 06/Fev/2009 08:46 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Vou postar aqui o que já fiz em outro tópico e digo que a Lúcia já vive dentro dos princípios da Teologia da Libertação, pois encontrou a caminho para compreender a VERDADE, que liberta:

viewtopic.php?f=12&t=4946&p=119465#p119465

Citação:
E veja que você colocou muito bem a REGRA de OURO: "nunca fazer aos outros o que não gostaríamos que fosse feito a nós".
Nunca irei me ofender com as suas palavras, Lúcia, elas sempre me soam como vindas de uma pessoa que já possui um grande AMOR dentro de si e isso é uma conquista sua e só sua.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 10/Fev/2009 10:31 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Quando conheci a Telogia da Libertação em 1987, então passei a ser um defensor da mesma.
Logo que aceitei a reencarnação como verdade (05/01/1980) e comecei a sentir a presença dos espíritos ao meu lado, comecei a me sentir tão livre, que um psiquiatra me disse que sentir-se livre era um processo errado e eu tinha que busca novos freios para mim, pois não podia ficar tão livre como estava me sentindo.
Fiquei tão satisfeito em entender que não existem "penas eternas", pois pela reencarnação todos irão conquistar a plenitude da perfeição (Mateus 5,48.), mesmo que isso leve trilhões de anos.
E por tudo o que aprendi, vivi e continuei aprendendo passei a compreender muito mais a liberdade até de pensar, que todos possuem e isso tudo nos explica a Teologia da Libertação.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Sáb, 14/Fev/2009 18:16 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande abraço.
Eis mais um artigo que escrevi sobre a Teologia da Libertação e que enviei para o jornal O TEMPO:
95 - Teologia da Libertação.
Parabenizo ao teólogo Leonardo Boff pelo artigo: “O Mundo e o Fórum Mundial de Teologia e Libertação” (Opiniã0 13/2), pois quanto mais se fala sobe a vida, mas se compreende a necessidade de viver bem e conviver em paz com todos.
Está escrito: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10) e é necessário compreender e conciliar bem esses ensinamentos: “Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (Jo 8,32) e “Faz também com que todos, pequenos e grandes, ricos e pobre, livres e escravos recebem uma marca na mão direita ou na frente, para que ninguém possa comprar ou vender se não tiver a marca, o nome da Besta ou o número do seu nome” (Ap 13, 16 e 17).
Nos Fóruns Sociais existem agentes do trigo e do joio e todos estão muito bem misturados e não se consegue saber quem é quem. Todo elemento que deseja derrubar qualquer tipo de poder constituído já está agindo como joio e esse foi o caminho de todos os defensores do comunismo.
Quem deseja assumir o poder tem que obedecer e seguir as leis, que existem para esse objetivo, pois só assim o poder fica legal. O verdadeiro e legítimo poder advém do amor com sabedoria e é esse o poder que vem de Deus, que é a meta da evolução de todos, como está escrito: “Portanto, deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito” (Mt 5,48).
A base da Teologia da Libertação está na compreensão da verdade (Jo 8,32) e só podemos falar o que sabemos e testemunhar o que vimos (Jo 3,11). E essa teologia nos conduz a libertação dos ensinamentos impostos, como esse: ‘nossa salvação veio do sangue derramado de Jesus na cruz’. A salvação vem sim da prática do perdão e da vivência do amor, que são as bases da missão de Jesus. E por ter ensinado ao povo, então Jesus passou a ser considerado como um perigo para os líderes religiosos, que só queriam mordomia e poder, então tramaram contra Jesus e finalmente o entregaram a um político, que só queria manter-se no poder e que condenou Jesus a morrer na cruz.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 14/02/2009.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 17/Fev/2009 10:24 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6541
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena... Irmãos foristas, um grande e fraternal abraço.
A verdadeira LIBERTAÇÃO só pode acontecer com o entendimento da VERDADE, que liberta.
E cada um tem a sua VERDADE e todos juntos vamos em busca da VERDADE ABSOLUTA.
Vejam o que está escrito em Mateus 5,8 e 48.
"Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus" e "Portanto, deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito".
E também em João 8,32:
"E conheceresi a verdade, e a verdade vos libertará".
E Apocalipse 13, 18:
"Aqui é preciso discernimento! Quem é inteligente calcule o número da Besta, pois é um número de homem: seu número é 666".

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 314 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 21  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Bing [Bot] e 7 visitantes


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB